Inscrição para vagas remanescentes do Fies começa nesta quarta-feira – Portal Plural
Connect with us

Ensino

Inscrição para vagas remanescentes do Fies começa nesta quarta-feira

Pável Bauken

Publicado

em



 

O processo seletivo para vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referente ao segundo semestre de 2019 começa nesta quarta-feira (4). As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo sitedo programa.

As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas durante os processos seletivos regulares do Fies. Por exemplo: desistência dos candidatos pré-selecionados ou pela falta de documentação.

edital com os prazos foi publicado na edição dessa segunda-feira (2) do Diário Oficial da União.

Como ocorre desde o segundo semestre de 2015, houve o estabelecimento de cursos prioritários. Até sexta-feira (6), serão ofertadas somente as vagas remanescentes nas áreas de saúde, engenharia e ciência da computação, licenciatura, pedagogia normal e superior.

A partir de sábado (7), as inscrições são abertas para todas as áreas. Os prazos para participar do processo seletivo dependem da situação do estudante. Candidatos não matriculados em Instituição de Educação Superior têm até 11 de setembro para se inscrever. Para os matriculados, o prazo é 29 de novembro.

Para a inscrição, o candidato tem que atender às seguintes condições: ter participado do Enem, a partir da edição de 2010, obtendo média igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero; e possuir renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

A ocupação das vagas será ocorrerá de acordo com a ordem de conclusão das inscrições, que garantem ao candidato apenas a expectativa de direito à vaga remanescente para a qual se inscreveu. Após a conclusão da inscrição, o candidato tem dois dias úteis para validar as informações na instituição de ensino.

Não pode fazer a inscrição o candidato que não tenha quitado financiamento anterior pelo Fies ou pelo Programa de Crédito Educativo ou aquele que atualmente possua financiamento do Fies.

Agência Brasil
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ensino

Secretaria de Desenvolvimento Educacional inaugura obras de revitalização da EMEI Vovó Shen

Pável Bauken

Publicado

em



A secretaria de Desenvolvimento Educacional, através de uma parceria com o Frigorífico Alibem, entregou na manhã desta terça-feira (11) a revitalização e a nova denominação da EMEI “Vovó Schen”, na Avenida Inhacorá, em frente ao Frigorífico Alibem. A unidade recebeu reforma do piso, instalação de toldo na entrada, portão eletrônico, reforma dos banheiros, pintura geral, novo parquinho com piso sintético, entre outros serviços. Durante a solenidade, registraram presença o prefeito Alcides Vicini; a secretária de Desenvolvimento Educacional, Maria da Graça Zimmermman, o conselheiro do Alibem, Juscelino Gonçalves; o diretor administrativo do Alibem, Ângelo Meneguetti; o diretor do Alibem, Alexandre Turra; a diretora Jurídica do Alibem, Inês Cademartori; a diretora da Escola, Tanise Vedoin; a gerente Pedagógica da SDE, Josiane Heck; a mãe de aluno Marlene Pinheiro, e demais assessores do Governo Municipal e do Frigorífico Alibem.

Ao fazer o uso da palavra, o prefeito ressaltou a parceria com o Frigorífico Alibem que investiu na revitalização da EMEI com melhorias necessárias. “Um ambiente agradável contribui com o aprendizado das crianças e essa parceria é louvável, pois além de investir com mais de dois mil empregos o Alibem também investe na educação, assim como também tem contribuído nas ações de enfrentamento a COVID-19. É uma justa homenagem que o município presta a memória da Vovó Shen que por muitas vezes esteve aqui em Santa Rosa e cativou inúmeras amizades”, destacou o prefeito..

A Vovó Shen, (Che Ying Shen Shen), nasceu na China em 1921. Chegou ao Brasil em 1963, onde, em Porto Alegre, fixou residência e construiu sua vida. Mãe de 6 filhos, sempre zelou pela família e educação. A filha mais nova, Sra Ângela, casou com o Sr. Carlos Lee, fundador da Alibem. Em maio de 2010, esteve pela última vez em Santa Rosa participando do Dia do Trabalhador. Faleceu no dia 03 de maio, aos 88 anos.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Culinária

Escolas de Educação Infantil do Sesc/RS promovem Festival Sesquinhos na Cozinha

Crianças são incentivadas a desenvolverem uma receita culinária

Pável Bauken

Publicado

em



Um domingo para uma atividade divertida em família é a proposta do Festival Sesquinhos na Cozinha. No dia 16 de agosto, os alunos das Escolas de Educação Infantil do Sesc/RS e a comunidade em geral são convidados a desenvolverem uma receita e a postarem uma foto ou vídeo no evento do Facebook Sesc/RS (www.facebook.com/sescrs) durante qualquer hora do dia.

A iniciativa visa incentivar as programações em família com atividades lúdicas que desenvolvam conhecimento e memórias afetivas nas crianças e promover um senso de união e compartilhamento. Os pequenos já participaram de ações envolvendo música, esporte e brincadeiras para manter a integração, mesmo que virtual, com colegas e professores.

O Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac segue atendendo as recomendações de evitar aglomerações e com cuidado redobrado com a saúde das equipes e clientes. Por isso, a recomendação é que o público siga cumprindo as orientações dos órgãos de saúde. A programação on-line e gratuita segue sendo atualizada nas redes sociais e no site www.pertodevc.com.br.

Festival Sesquinhos na Cozinha

Data: 16/08 (domingo)

Horário: dia todo

Onde compartilhar a imagem: no evento do Facebook Sesc/RS (www.facebook.com/sescrs)

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Ensino

Governo do RS propõe retomada das aulas presenciais a partir de 31 de agosto

Reunião com a Famurs discutiu datas e possibilidades do retorno nas escolas gaúchas

Pável Bauken

Publicado

em

Foto: Reprodução/TV Anhanguera

O governo do Estado e a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) começaram, na manhã desta terça-feira (11/8), o debate sobre a retomada das aulas presenciais no Rio Grande do Sul em modelo híbrido. Na conversa, foram apresentadas algumas sugestões de datas e possibilidades que, agora, serão debatidas internamente dentro das 27 associações regionais de municípios e analisadas novamente em reuniões que ocorrerão ao longo das próximas semanas.

A sugestão inicial apresentada pelo Estado propõe o retorno gradual e escalonado das aulas a partir de 31 de agosto para as redes pública e privada. O primeiro nível a voltar seria o Ensino Infantil. O Ensino Superior retornaria em 14 de setembro, o Médio e Técnico, em 21 de setembro, os anos finais do Ensino Fundamental, em 28 de setembro e os anos iniciais, em 8 de outubro. O retorno às aulas presenciais ocorrerá, pela proposta do Estado, somente nas regiões que estiverem em bandeira amarela e laranja.

“Sabemos que é um tema muito sensível, mas não podemos nos resignar. Quem lida com educação sabe que não podemos deixar assim. É evidente que não colocaremos nossas crianças e nossa equipe de educação em risco sem termos segurança dessa redução de contágio. Vamos reduzir o nível de exposição presencialmente, dividindo turnos e horários, mas é importante que se mantenha algum nível de contato entre professor e aluno para reduzirmos os danos de aprendizagem devido à pandemia”, ponderou o governador Eduardo Leite.

Caso todas as 21 regiões previstas no modelo de Distanciamento Controlado permaneçam em bandeira amarela ou laranja entre setembro e dezembro, o valor reservado para investimento na rede estadual em aprendizagem, capacitação, equipamentos de proteção e materiais de desinfecção e contratação de professores e profissionais de apoio (serventes e merendeiras) para professores e alunos terá um custo extra de R$ R$ 270 milhões.

Um dos investimentos do Estado é a aquisição de chromebooks (modelo de notebook) para os professores. Serão 50 mil equipamentos, dos quais 25 mil já foram adquiridos e devem chegar até o final de setembro. A entrega dos outros 25 mil se dará até o fim do ano.

Para garantir a segurança dos alunos e dos professores, o Estado prevê a compra de equipamentos de proteção individual para alunos e professores da rede estadual, como mais de 9,8 mil termômetros de testa, mais de 328 mil máscaras de uso infantil, mais de 1,9 milhão de máscaras de tamanho infanto-juvenil e mais de 1,3 milhão de máscaras para adultos (alunos e funcionários). No total, o investimento somente em EPIs será de cerca de R$ 15,3 milhões.

O secretário da Educação, Faisal Karam, deixou claro que os prefeitos darão a palavra final para o retorno nos municípios. “Não será uma imposição. Estamos sugerindo um calendário e, se o quadro do contágio por coronavírus não apresentar um achatamento da curva, tudo será revisto. A autonomia de levar os filhos para a escola é dos pais. Se preferirem não fazer isso, será necessário que o Estado e os municípios busquem alternativas para a continuidade da educação. Os prefeitos terão a autonomia para, dentro da realidade da sua cidade, decidir se há condições para o retorno presencial”, explicou.

A reunião desta terça-feira abriu a conversa sobre a retomada das aulas. Ainda não há definição e, de acordo com o secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Agostinho Meirelles, os presidentes das 27 associações regionais levarão o tema aos demais prefeitos para formularem suas posições e depois unirem todas em uma proposta única da Famurs, a ser novamente debatida com o Estado em breve.

Há, ainda, previsão de uma reunião com o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) para tratar do tema, que deverá ser agendada nos próximos dias.

Cronograma proposto de retorno às aulas

31/8 – Ensino Infantil (público e privado)
14/9 – Ensino Superior (público e privado)
21/9 – Ensino Médio e Técnico (público e privado)
28/9 – Ensino Fundamental – anos finais (público e privado)
8/10 – Ensino Fundamental – anos iniciais (público e privado)

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

×