Informalidade no mercado de trabalho é recorde, aponta IBGE – Portal Plural
Connect with us

Geral

Informalidade no mercado de trabalho é recorde, aponta IBGE

Publicado

em



 

Houve discreto aumento no número de pessoas ocupadas no país, que chegou a 93,8 milhões no trimestre encerrado em setembro, um aumento de 0,5% na comparação com o trimestre encerrado em junho deste ano, equivalente a 459 mil pessoas, e de 1,6% na comparação anual.

Porém, o contingente de pessoas que conseguiu trabalho no período está em condição de informalidade, que atingiu um recorde da série histórica, iniciada em 2012, chegando a 41,4% da força de trabalho ocupada no Brasil.

É o que apontam os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), divulgada hoje (31), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa de desocupação caiu de 12% para 11,8% na comparação entre o trimestre terminado em junho e o terminado em setembro, somando 12,5 milhões de pessoas. No terceiro trimestre de 2018 a taxa ficou em 11,9%. A gerente da Pnad, Adriana Beringuy, destaca que essas pessoas estão se inserindo no mercado na condição de trabalhadores por conta própria e de empregados no setor privado sem carteira assinada.

“A gente ressalta que estamos diante de uma melhora quantitativa desse mercado de trabalho, ou seja, de fato há mais pessoas trabalhando. Mas a forma de inserção que esses trabalhadores estão tendo nesse mercado é mais aderente a postos de trabalho associados à informalidade e com todas as repercussões que isso causa no mercado”, disse Adriana.

Ocupação

O número de empregados que trabalham no setor privado sem a carteira assinada chegou a 11,8 milhões de pessoas no trimestre encerrado em setembro, um aumento de 2,9% na comparação com o trimestre anterior e de 3,4% em relação ao terceiro trimestre de 2018.

A categoria trabalhadores por conta própria também apresentou recorde na série histórica, com 24,4 milhões de pessoas nesta condição, um aumento de 1,2% em relação ao trimestre anterior e de 4,3% no mesmo período do ano passado. Desse total, 4,9 milhões tem CNPJ, ou seja, registro como empresa, e 19,5 milhões não têm.

Segundo Adriana, o crescimento da ocupação ocorre desde 2018, mas não em setores que tradicionalmente apresentam grandes contratações, como indústria, construção e comércio, sendo uma reação concentrada em determinados segmentos.

“O panorama não difere de outras divulgações que nós tivemos. Alguns setores isoladamente tiveram destaque nessa absorção de trabalhadores, como é o caso da construção, em edificações e serviços básicos, não são grandes obras de infraestrutura. Também observamos a continuidade do fenômeno do crescimento de trabalhadores na área de transporte terrestre de passageiros, os motoristas, e um pouco ali também de reação na parte de terceirização de mão de obra”, disse.

Rendimento

Com o crescimento da informalidade, os dados apontam uma estagnação do rendimento médio habitual, fechando o período analisado em R$ 2.298, ante R$ 2.297 no trimestre anterior e R$ 2.295 no terceiro trimestre do ano passado.

A pesquisa também indica a diminuição contínua da proporção da população ocupada que contribui para a Previdência Social, que passou de 62,8% no trimestre terminado em junho para 62,3% no período terminado em setembro, somando 58,5 milhões de pessoas. No mesmo período de 2018, a taxa era de 63,7%.

A gerente da pesquisa do Pnad disse que o mercado de trabalho está se estabilizando e desde 2017 apresenta a sazonalidade anual esperada, porém em níveis muito acima da baixa histórica de desocupação do país, verificada no fim de 2013, quando a taxa foi de 6,2%, com um contingente de 6,5 milhões de pessoas sem trabalho.

“De 2017 para cá o mercado de trabalho tem mostrado a sua sazonalidade mais característica, que é o crescimento da desocupação no primeiro trimestre e nos trimestres posteriores essa desocupação vai cedendo e a população voltando ao mercado de trabalho. Isso é interessante porque durante os anos de 2016 e 2015 não havia essa sazonalidade, você só tinha uma população desocupada que crescia em qualquer momento do ano”.

Adriana enfatiza que o mercado de trabalho está mostrando recuperação, porém sem o “fôlego” necessário para retomar os patamares observados até 2014.

AGB

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Brasileiro de 12 anos acha 2 asteroides e ganha certificado da Nasa

Publicado

em



Esse menino tem futuro! O brasileiro Raul Aires, de 12 anos, descobriu dois asteroides e recebeu um certificado da Nasa, agência americana de aeronáutica e espaço.
 
Raul é nordestino e estuda em uma escola pública em Carpina, município no interior de Pernambuco.
 
Os asteroides que o garoto identificou ficam entre Marte e Júpiter, em uma área conhecida como Cinturão de Asteroides.
 
“Mostrei para os meus pais. E eu contribuí bastante com a ciência, e eu fiquei feliz com isso. É bom porque você passa o tempo e ainda assim você ajuda muito a ciência”, dissem o jovem o pernambucano.
 
Como conseguiu
 
Raul usou o computador de casa e acessou imagens de satélite de um megatelescópio da Nasa que fica no Havaí, Estados Unidos. Agora, ele abriu uma vaquinha para comprar um computador ideal para continuar suas buscas.
 
O garoto se inscreveu em um programa desenvolvido pela Nasa por meio do Departamento de Colaboração Internacional de Pesquisa Astronômica, que recruta voluntários em diferentes partes do mundo.
 
Quem encontra, colabora com a ciência e ajuda a popularizar a astronomia.
 
Depois de localizar o asteroide, o caçador envia um relatório para a Nasa com o tamanho, localização e velocidade em que ele está. Os especialistas analisam tudo antes de confirmar a descoberta.
 
Chegada do certificado
 
O certificado do Raul chegou uma semana depois e virou troféu na sala de casa.
 
Todo orgulhoso do filho, o pai se disse impressionado com a inteligência do menino:
 
“Um aluno de escola pública. Eu ensinei o básico do básico. Ele é autodidata, vai pesquisando e hoje muita coisa ele que me ensina. Com certeza um orgulho”, disse o pai, Júlio Aires.
 
Programa no Brasil
 
Esse programa começou a ser desenvolvido no Brasil em 2020.
 
Mais de 13 mil pessoas já participaram, mas poucas como o Raul encontraram asteroides.
 
Fonte: SóNotíciaBoa
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Após viver 10 anos nas ruas, pai se livra das drogas e volta para filha

Publicado

em



Foi a dependência química que afastou o Jaime de Paula Oliveira, de 55 anos, da família, há aproximadamente 10 anos. Ele viveu nas ruas de Curitiba todos esses anos e agora conseguiu reencontrar a filha e poder matar a saudade de todo esse tempo longe.
 
Juliane de Paula Oliveira, de 25 anos, também quer recuperar o tempo perdido longe do pai e disse que agora está mais tranquila em tê-lo por perto e poder contribuir para a recuperação dele.
 
“Eu estou muito feliz em ver em quem ele se transformou, ele é uma outra pessoa, tranquila e muito esforçada”, contou Juliane.
 
Vergonha com as drogas
 
Jaime se afastou da família e foi parar nas ruas por causa das drogas. Nos primeiros cinco anos, ele chegou a fazer poucos contados com a filha, mas depois desapareceu de vez.
 
“Eu era usuário, vivia sujo e fedido. Não queria que minha filha me visse naquela situação e nem transferir para ela o meu problema”, explicou.
 
Felizmente, ele se sentiu desconfortável com a situação que vivia e decidiu buscar ajuda. O apoio veio de uma fundação que ajuda pessoas em situação de rua. Lá ele foi acolhido e arrumou emprego por duas vezes, mas acabou retornando para as ruas.
 
Livre para recomeçar
 
Somente em 2021 Jaime conseguiu “se livrar” da dependência química e, finalmente, foi ajudado pela fundação.
 
Na fundação, ele fez cursos profissionalizantes e se preparou para poder trabalhar e reencontrar a filha.
 
Também em 2021 veio o primeiro telefonema para Juliane, que passou a visitar o pai com frequência na unidade de acolhimento e procurava conversar com a equipe para acompanhar o processo.
 
“Eu nunca quis mudar o número do meu telefone porque sabia que era o único meio que meu pai tinha de me encontrar. Eu sabia que um dia ele podia me ligar”, contou.
 
Superação
 
Para Juliane, o pai tem o maior mérito pela nova vida que conquistou. “Quando a pessoa não quer, não adianta. Há muito tempo tentamos fazer com que ele melhorasse, até internado ele foi, mas logo saia”, contou.
 
O trabalho, segundo ela, foi a alavanca que ele precisava para a virada de chave. “Ele viu que com o trabalho ele podia ter uma casa, ter as próprias coisas.”
 
“Única pessoa na minha vida”
 
Ter a filha por perto foi o que motivou Jaime a sair das ruas. “Ela sempre foi meu foco e hoje é minha alegria. Como não tenho pai e mãe, ela é a única pessoa na minha vida”, contou.
 
Jaime comemora cada momento com a filha. “Ela vem na minha casa, nós saímos almoçar. Já avisei que daqui pra frente eu serei um carrapato”, brincou.
 
“Era muito difícil saber que você tem tudo, mas seu pai está na rua. E muito triste não ter contato, não poder ligar e nem veê-lo em datas especiais, como o Dia dos Pais”, disse a jovem.
 
Passada a fase ruim, Jaime agradeceu: “Deus foi muito bacana comigo, me abriu várias portas. Eu sai da rua, reencontrei minha filhotinha, além de ter arrumado um emprego e alugado uma quitinete. Estou, com certeza, no paraíso”, concluiu o pai. 
Fonte: SóNotíciaBoa
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Vagas atualizadas no SINE Santa Rosa

Publicado

em



15/08/22- SEGUNDA-FEIRA- OPORTUNIDADES DE TRABALHO
________________________
‼️ Auxiliar de Montagem-(Linha de manutenção Mecânica em Indústrias Alimentícias)
‼️ Auxiliar Administrativo (M) (Concessionária de Veículos)
‼️ Auxiliar Administrativo (M)
‼️ Analista de Controle de Qualidade
‼️ Auxiliar de Logística
‼️ 02 Vagas- Frentista
‼️ 03 Vagas- Operador(a) de Caixa
‼️ Auxiliar de Carga e Descarga
‼️ Auxiliar de Manutenção Predial
‼️ 02 Vagas- Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interna
‼️ Auxiliar de Eletricista
‼️ Auxiliar de Encanador
‼️ Instalador Hidráulico
‼️ Instalador de Ar- Condicionado
‼️ 02 Vagas- Auxiliar de Marceneiro
‼️ 06 Vagas- Estoque
‼️ Auxiliar de Expedição
‼️ Fiscal de Trânsito
‼️ 02 Vagas- Gari ( Para Trabalhar em Giruá)
‼️ Auxiliar de Mecânico de Máquinas Agrícolas
‼️ 04 Vagas- Eletricista de Manutenção Industrial
‼️ 02 Vagas- Babá
‼️ Costureira
‼️ 04 Vagas- Empregada Doméstica
‼️ Motorista de Carreta- ( Cnh “E”)
‼️ Mecânico de Motos
‼️ Mecânico de Máquinas Industriais
‼️ Mecânico de Tratores
‼️ 02 Vagas- Mecânico de Veículos
‼️ Auxiliar de Funilaria
‼️ Auxiliar de Marceneiro
‼️ 02 Vagas- Zincador
‼️ Trabalhador Rural
‼️ Auxiliar de Produção
‼️ Lavador de Ônibus
🔷 COMÉRCIO
_______________
‼️ 02 Vagas- Consultor de Vendas
‼️ 02 Vagas- Representante Comercial
‼️ 03 Vagas- Vendedor(a) Interno(a)
‼️ 06 Vagas- Vendedor(a) Pracista
🔷GERÊNCIA
________________
‼️ Coordenador Comercial
‼️ Supervisor de operações (experiência no ramo industrial ou metalúrgico)
🔷SETOR METALÚRGICO/ INDUSTRIA
________________
⚠️ 02 Vagas- Pintor Industrial
⚠️ Operador de Máquinas de Dobra/ Prensa
⚠️ 05 Vagas- Programador de Usinagem
⚠️ 03 Vagas- Torneiro CNC
⚠️Operação de máquina CNC/Operação de máquina Furadeira
⚠️ Operador de Máquina de Produção com Polímeros (plástico)
⚠️ 20 Vagas- Inspetor de Qualidade ( curso ou experiência no ramo Metalúrgico)
⚠️ 10 Vagas- Operador de Logística (curso de op. de empilhadeira)
⚠️02 Vagas- Técnico de Manutenção Eletrônica
⚠️15 Vagas- Soldador
⚠️ Operador de Serra Automática
⚠️ Operador de Oxicorte
⚠️ Operador de Corte Laser
⚠️ Operador de Retro-Escavadeira
⚠️ Operador de Robô de Soldagem
⚠️ Operador de Serra Cnc
⚠️ Operador de Guilhotina
⚠️ Operar Máquina Dobradeira de Metais
👉👉‼️ Para encaminhamento nas vagas, é necessário comparecer na agência com currículo e documentos pessoais(CPF/RG).
⏰Atendimento: segunda á sexta-feira das 08h ás 16:30h sem fechar ao meio-dia

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×