Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
IGP alerta para pedidos desnecessários de carteiras de identidade neste período de restrições – Portal Plural
Connect with us

Geral

IGP alerta para pedidos desnecessários de carteiras de identidade neste período de restrições

Pável Bauken

Publicado

em

Na capital, serviços foram concentrados no Departamento de Identificação, no bairro Azenha - Foto: Divulgação / IGP


A pandemia de Covid-19 alterou a rotina de emissão de carteiras de identidade no Estado. Para evitar o contágio pelo novo coronavírus, o Instituto-Geral de Perícias (IGP) suspendeu temporariamente o atendimento para o público geral e montou um esquema especial que prevê agendamento por telefone. Apenas nos casos em que a urgênia é comprovada o cidadão é encaminhado para o Posto de Identificação.

Situações consideradas urgentes:

• retirar receitas em farmácias;
• internações e cirurgias de emergência;
• vítimas de roubos e furtos, desde que outros documentos também tenham sido roubados;
• viagens de avião agendadas com urgência.

Em todos esses casos, é necessário apresentar documentos, como receitas médicas, boletins hospitalares, boletins de ocorrência e passagens aéreas que comprovem o relato. Os agendamentos acontecem a cada 30 minutos, o que garante o tempo necessário para que a estação de trabalho seja higienizada.

Em Porto Alegre, todos os serviços foram concentrados no Departamento de Identificação (avenida Azenha, 255). Os três números de telefone disponibilizados muitas vezes são insuficientes diante da demanda e é preciso que o cidadão realize algumas tentativas até conseguir completar a ligação. São eles: (51) 3223-6122, 3223-2798 e 3223-2727.

A diretora do Departamento de Identificação do IGP, Kátia Reolon, pede que a população compreenda o momento e espere a pandemia passar. “Alguns alegam que a foto não está boa, que a carteira está velha ou que precisam dela para ir aos cartórios, mas eles estão fechados. Há ainda os que nos procuram presencialmente, contrariando o pedido para que fiquem em casa. Em todos esses casos, o atendimento é negado”, afirma a diretora.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Senado aprova destinação de 10% de multas de Trânsito para obras de acessibilidade

Reporter Plural

Publicado

em

Senado aprova destinação de 10% de multas de Trânsito para obras de acessibilidade

O Senado aprovou um Projeto de Lei (PL) que destina 10% dos valores arrecadados com multas de trânsito para elaboração de projetos e execução de obras para adequação de passeios já existentes às normas técnicas de acessibilidade. O projeto vai à Câmara, para nova análise.

Segundo o relator, senador Romário (Podemos-RJ), os 10% estabelecidos pelo projeto devem representar cerca R$ 1 bilhão em multas no país, entre órgãos federais, estaduais e municipais. Em seu relatório consta que o Ministério do Desenvolvimento Regional investiu, no ano passado, em todas as ações federais de infraestrutura urbana, pouco mais de R$ 50 milhões.

O projeto também determina que os critérios básicos de acessibilidade também devem ser respeitados em novos trechos urbanos de vias rurais, além de novas pontes, túneis ou viadutos. “Apesar da ampla legislação existente sobre o assunto, nossos passeios públicos, em geral, são um acinte à liberdade de ir e vir de qualquer pessoa, especialmente aqueles com mobilidade reduzida”, disse Romário em seu relatório.

“Quando não são tomadas de obstáculos, faltam rampas, pisos táteis, e mesmo semáforos ou faixas de pedestre em quantidade suficiente para assegurar a travessia em todas as direções”, acrescentou o relator.

Romário acatou diversas emendas, entre elas uma que inclui no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) a tipificação da conduta de estacionamento em local proibido quando houver meio-fio rebaixado destinado ao acesso de pessoas com deficiência. O autor da emenda, Fabiano Contarato (Rede-ES) sugeriu infração gravíssima para essa conduta, mas Romário entendeu que a infração média, comumente usada para veículos estacionados em locais proibidos, era adequada o suficiente.

“É urgente, primeiro, que paremos de produzir espaços inadequados, pois o custo de adaptação sempre é maior do que a construção correta desde o início. Em seguida, devemos criar mecanismos de correção do enorme passivo de infraestrutura sem acessibilidade – e, para tal, o financiamento constante dessa ação é primordial”, afirmou Romário em seu parecer.

 

 

 

FONTE AGENCIA BRASIL

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Urgente 🟥 Prefeita eleita em Santo Antônio das Missões, falece vítima da Covid 19

Reporter Plural

Publicado

em

Prefeita eleita em Santo Antônio das Missões, falece vítima da Covid 19

A comunidade de Santo Antônio das Missões e região foi surpreendida com a notícia do falecimento da prefeita eleita de Santo Antônio, Izalda Barros Bocacio, ocorrido nesta quinta-feira (03/12). Ela estava internada, diagnósticada com a Covid 19 e não resistiu à doença.

Vice-prefeita de Puranci, Izalda disputou as eleições municipais pelo Progressistas ao lado de seu correligionário, Felisberto Ferreira, vencendo e tornando-se a primeira mulher eleita prefeita da história do município.

Fonte: Rádio Missioneira

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Secretaria da Agricultura divulga relatório de monitoramento de surto de gafanhotos

Pável Bauken

Publicado

em

ilustrativa google

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) divulgou nesta quinta-feira (3/12) relatório de monitoramento de surto de gafanhotos no Estado. Os levantamentos foram realizados na região Noroeste, de 30 de novembro a 2 de dezembro, de acordo com a notificação da ocorrência de focos de gafanhotos.

Segundo o engenheiro agrônomo e chefe da Divisão de Defesa Sanitária Vegetal da Seapdr, Ricardo Felicetti, no local foram coletados gafanhotos para identificação das espécies que estão ocorrendo na região, informando, também, a incidência e a intensidade de desfolha nos cultivos e áreas de mata.

Conforme Felicetti, os municípios com relatos de focos foram Santo Augusto, São Valério do Sul, Chiapeta, Coronel Bicaco, Campo Novo e Bom Progresso.

“Foram identificadas pelos especialistas duas espécies de gafanhotos pertencentes à família Romaleidae, Zoniopoda iheringi e Chromacris speciosa. Não se tratam de gafanhotos migratórios da família Acrididae, pela qual foi motivada a Portaria de Emergência Fitossanitária devido ao risco de ingresso pela Argentina em maio”, esclarece o agrônomo.

• Clique aqui e acesse o relatório completo

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×