Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Idosa de 103 anos vence Covid-19 e comemora tomando cerveja gelada – Portal Plural
Connect with us

Mundo

Idosa de 103 anos vence Covid-19 e comemora tomando cerveja gelada

Família não acreditava que a mulher conseguiria superar a doença

Reporter Global

Publicado

em

(Foto: Reprodução/Instagram)


Jennie Stejna, uma idosa de 103 anos e torcedora icônica da equipe de beisebol Boston Red Sox, dos Estados Unidos, teve sua história viralizada nas redes sociais após conseguir se curar do novo coronavírus (Covid-19) e comemorar da mesma forma que costuma celebrar as vitórias do seu time: com muita cerveja gelada.

Em entrevista ao portal de notícias TMZ, o neto de Stejna, Adam Gunn, contou que a avó contraiu o vírus no início de maio e não se sabe de quem veio o contágio, já que ela foi a primeira pessoa a testar positivo na casa de repouso que vive na cidade de Wilbraham, em Massachusetts.

Após apresentar os primeiros sintomas, a idosa foi transferida para um local isolado da casa para evitar o risco de contaminar os outros moradores. Segundo Gunn, ele e os demais familiares não acreditavam na recuperação da idosa, tendo inclusive se despedindo dela por telefone.

O neto chegou a perguntar à avó se ela estava “pronta para ir para o céu”, recebendo uma resposta grosseira, mas positiva. “Sim, inferno!”, teria dito Jannie.

Porém, o quadro de Jannie Stejna foi evoluindo positivamente com o passar das semanas até que ela se visse totalmente livre da doença e fosse recompensada com uma garrafa de sua cerveja favorita para celebrar essa que, até aqui, foi a sua maior vitória.

Veja abaixo o momento da comemoração:

Rede TV

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Nasa escolhe Nokia para montar rede 4G na Lua

Reporter Plural

Publicado

em

A Nokia foi escolhida pela Nasa para construir a primeira rede celular na Lua

HELSINQUE (Reuters) – A Nokia foi escolhida pela Nasa para construir a primeira rede celular na Lua, disse a empresa finlandesa nesta segunda-feira, enquanto a agência espacial dos Estados Unidos planeja um futuro em que os humanos retornem e estabeleçam assentamentos lunares.

A Nasa pretende mandar humanos novamente à Lua até 2024 e trabalhar para uma presença de longo prazo no satélite por meio do programa Artemis.

A Nokia disse que o primeiro sistema de comunicação de banda larga sem fio no espaço será construído na superfície lunar no final de 2022, antes que humanos voltem para lá.

A companhia fará parceria com uma empresa privada de design de naves espaciais sediada no Texas, a Intuitive Machines, para entregar o equipamento na Lua por meio de um módulo lunar. A rede se configurará sozinha e estabelecerá um sistema de comunicações 4G/LTE na Lua, disse a Nokia, embora o objetivo seja no final mudar para 5G.

A rede dará aos astronautas capacidades de comunicação por voz e vídeo e permitirá a troca de dados biométricos e telemétricos, bem como a implantação e o controle remoto de veículos lunares e outros dispositivos robóticos, de acordo com a empresa.

Ela será projetada para suportar as condições extremas de lançamento e pouso lunar e para operar no espaço. Terá que ser enviada à Lua de uma forma extremamente compacta para atender às rígidas restrições de tamanho, peso e energia das cargas espaciais.

A Nokia disse que a rede utilizará 4G/LTE, em uso mundial na última década, em vez da mais recente tecnologia 5G, em razão do maior conhecimento sobre a primeira, bem como confiabilidade comprovada. A empresa também “buscará aplicações espaciais da tecnologia sucessora do LTE, o 5G”.

FONTE : G1

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Modelo fatura R$ 56 mil vendendo água do próprio banho em site de fetiches

Modelo já vendeu vídeo arrotando e soltando pum; vídeos são vendidos por cerca de R$ 250

Reporter Global

Publicado

em

Emily Knight fatura em site de fetiches inusitados (Reprodução/Instagram)

A modelo americana Emily Knight, de 21 anos, está faturando 7,8 mil libras esterlinas por semana, algo em torno de R$ 56 mil, ao vender algo bastante esquisito: água do próprio banho.

Em um site para fãs com fetiches inusitados, a modelo faz a festa e já vendeu vídeos, acredite, arrotando e soltando pum. Esse tipo de vídeo bastante estranho é vendido por cerca de R$ 250. Peças íntimas também são itens disponíveis aos interessados.

“O pedido mais estranho que fiz foi provavelmente dormir diante das câmeras. Alguns caras só querem me ver dormir, eu acho”, contou Emily ao site britânico Daily Star.

SBT

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Importar pequena quantidade de sementes de maconha não é crime

Reporter Plural

Publicado

em

Ilustração Google

A decisão é da terceira seção do Superior Tribunal de Justiça

Em julgamento de embargos de divergência, a Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou que a importação de poucas sementes de maconha não é suficiente para enquadrar o autor da conduta nos crimes previstos na Lei de Drogas. Ao reconhecer a atipicidade da conduta, o colegiado determinou o trancamento da ação penal.

Com a decisão, tomada por maioria de votos, a seção resolveu a divergência entre a Sexta Turma ? que já tinha essa orientação ? e a Quinta Turma ? que defendia o reconhecimento da lei.

A relatora dos embargos, ministra Laurita Vaz defendeu que a substância psicoativa encontrada na planta Cannabis sativa – o tetra-hidrocanabinol (THC) – não existe na semente, razão pela qual fica afastado o enquadramento do caso julgado como crime de tráfico.

Laurita Vaz destacou ainda que o entendimento firmado pelo STJ está em consonância com decisões recentes do Supremo Tribunal Federal (STF), que também tem reconhecido a ausência de justa causa e determinado o trancamento de ações penais nos casos que envolvem importação de sementes de maconha em reduzida quantidade, especialmente porque tais sementes não contêm o princípio ativo da droga.

O réu do caso havia importado 16 sementes da Holanda.

Fonte: SBT NEWS
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×