Homem é encontrado morto em residência na Avenida Inhacorá – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Homem é encontrado morto em residência na Avenida Inhacorá

Reporter Cidades

Publicado

em



Homicídio na área verde da Avenida Inhacorá, próximo ao frigorífico em Santa Rosa.

Vítima Gilmar Lopes, de 41 amos

Gilmar Lopes, de 41 anos estava desaparecido desde sexta-feira e no domingo foi registrado boletim de ocorrência, seu irmão estava na busca por Gilmar, entrou em um bar próximo ao local do crime onde foi informado que o desaparecido estava na companhia do um homem, que é tratado como suspeito do assassinato.

Seu irmão saiu do bar e foi até a casa da namorada de Gilmar e acabou avistando o veículo, então foi até a casa e pela janela visualizou o corpo de seu irmão, existe sinais de briga dentro da residência.

O Corpo de Gilmar apresentava sinais de agressão e estava em estado de putrefação A perícia foi realizada pela equipe volante da Polícia Civil, o corpo será encaminhado para o IML de Ijuí para necropsia que será realizada na terça-feira, após liberado para família realizar os atos fúnebres.

Registro de desaparecido:

Gilmar Lopes estava desaparecido dêsde a tarde da ultima sexta-feira, 22, ele havia saído de casa com o veículo de e sua sogra Ford/Fiesta Placas MEA 5128 e não informou para onde iria. O registro do desaparecimento foi efetuado pelo irmão Nerci Lopes às 20h02min de domingo dia 23. Gilmar deixa uma filha e uma neta.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Programa Biblioteca de Rua necessita de doações de livros

Pável Bauken

Publicado

em



Semear o hábito da leitura: este é o principal objetivo do “Programa Biblioteca de Rua”, idealizado pela ACISAP Santa Rosa. Neste momento, o Programa, necessita de doação de livros literários (infantis, juvenis, adultos), para manter o projeto ativo. Para doar basta ir até o ponto de coleta permanente, na sede da ACISAP (Rua Dr. João Dahne, 328).

O Programa iniciou em julho de 2015, sendo mantido com o auxílio de entidades parceiras, que organizam e cuidam dos armários. Atualmente são sete estações, dispostas em praças e parques da cidade.

Ao longo dos anos, com a ajuda de voluntários, eram feitas também atividades recreativas, para atrair os leitores. No entanto, durante a pandemia, a Biblioteca de Rua precisou se adaptar. Os livros são distribuídos em cestas básicas e por meio de entidades assistenciais. Exemplo disso foi a ação de Natal, onde todas as crianças que visitaram a Vila do Papai Noel, na praça da cidade, receberam livros entregues pelo próprio Papai Noel.

Por sua forma tão inovadora de trabalho, o Programa Biblioteca de Rua, recebeu em 2018, o Prêmio Inovação na Prática 2018 do PGQP – Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade.

Desta forma, para seguir instigando a leitura e o conhecimento, doe e contribua com a Biblioteca de Rua, afinal livro parado na estante não gera novas histórias.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Sojão vai disputar Gaúcho e Sulbrasileiro de basquete

Pável Bauken

Publicado

em



O técnico da equipe adulta do SOJÃO Basquete, Eduardo Garcia, realiza semana de aprendizados no tradicional Clube Pinheiros, de São Paulo.

Este ano o SOJÃO participa novamente do campeonato Gaúcho além do Sulbrasileiro de Clubes, ambas competições programadas para o segundo semestre.

Já as categorias de base, tanto masculino como feminino, devem começar a partir de março.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

“NENHUM ALUNO SERÁ REPROVADO”, DIZ COORDENADORA DA 17ª CRE

Conselho Nacional de Educação recomendou que as instituições não deem faltas durante a pandemia

Andre Garcia

Publicado

em



Apesar de não impedir a reprovação em 2020, a decisão do Conselho Nacional de Educação recomenda que os sistemas de ensino não retenham os estudantes. Se houver avaliação, a sugestão é usar métodos como trabalhos e pesquisas no lugar das provas tradicionais. Não vai haver exigência de registro de presença nem orientação para a aprovação ou reprovação.

A principal preocupação ao reduzir a reprovação é evitar a evasão dos alunos, que tende a aumentar bastante após a pandemia.

ALUNOS IRÃO REPROVAR?

Durante entrevista concedida ao Programa Imprensa Livre, a Coordenadora da 17ª Coordenadoria Regional de Educação, Beatriz Cancian Milbradt, foi questionada se, algum aluno iria reprovar no ano de 2020?

“Não, mas alguém ficou com deficiência de aprendizagem. Nós tivemos alunos que aprenderam mais do que se fossem aulas presenciais, tivemos alunos que foi preciso acolhermos no momento em o governo do estado voltou com as aulas presenciais em setembro, onde a 17ª Coordenadoria foi a que mais retornos as escolas. Agora estamos fazendo um trabalho com aqueles alunos que não tiveram acesso, que ficaram com dificuldade, estamos buscando eles para dar um reforço. Mesmo assim tivemos alunos que não quiseram retornar as aulas presenciais, não fizeram as tarefas, nem on-line, nada. E eles também serão contemplados e terão avanço para a próxima, série”.

NÃO CONCORDO COM ISSO

“Eu não concordo com isso, tiveram todas as possibilidades. Quem fica prejudicado é o aluno que correu atrás, pois agora os professores terão que travar para poder ajudar estes que não fizeram nada em restrição aos que fizeram? isto não é justo. Mas esta foi uma decisão do Conselho Municipal de Educação, através do Ministério Público, então não há o que questionar. Também tivemos situações em que o diretor teve que no sábado, ir na família do aluno, com o carro dele, entregar material para ele, em 15 dias o diretor retornava para recolher e deixar o próximo material e o aluno simplesmente não tinha feito nada, não entregou, daí eu pergunto, ele tem que ser contemplado? Temos até situações que o aluno se inscreveu para as aulas presenciais e simplesmente não foi, a escola telefonou para o aluno, a mãe atendeu e foi informado que ele não veio e nem estava on-line, a mãe respondeu que ele estava dormindo, aí dói”.

BUSCA ATIVA

O ano letivo de 2020 termina dia 31 de janeiro, para os alunos que fizeram suas tarefas, o ano encerrou dia 08, para os outros o governo federal fez com que fosse realizada a busca ativa, ou seja, procurar eles em casa, tentando trazê-los de volta e a expectativa é que 10% destes alunos continuem nesta situação.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×