Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Havan anuncia boicote à Globo em apoio a Bolsonaro – Portal Plural
Connect with us

Geral

Havan anuncia boicote à Globo em apoio a Bolsonaro

Pável Bauken

Publicado

em



 

Uma das maiores redes de lojas de departamento do país anunciou que vai boicotar a Rede Globo por causa de sua postura em relação ao presidente Jair Bolsonaro. O presidente da Havan, Luciano Hang, amigo e aliado do presidente desde a campanha eleitoral, disse que não compactua com o “jornalismo ideológico” da Globo. E, por isso, suspendeu a veiculação de propaganda da empresa nos intervalos do Bom Dia Brasil, do Jornal Hoje, do Jornal Nacional, do Jornal da Globo, de Malhação e do Caldeirão do Huck. O apresentador Luciano Huck é nome cotado para a sucessão de Bolsonaro. O boicote à emissora foi sugerido pelo próprio Bolsonaro, na semana passada, a empresários que o apoiam. Ele também ameaçou não renovar a concessão da TV.

“Não compactuaremos com o jornalismo ideológico e algumas programações da Rede Globo nacional e estamos sendo cobrados pela sociedade e nossos clientes”, justificou Hang. “Enquanto esses programas prestarem um desserviço à nação e irem contra os valores da família brasileira, não voltaremos a anunciar”, acrescentou o empresário no comunicado (veja a íntegra na imagem abaixo).

A empresa decidiu manter as propagandas nas afiliadas e nos jornais locais vinculados à Globo, que, segundo Hang, “ainda informam a sociedade de forma mais isenta e conservadora”. Segundo o empresário, as eleições de 2018 mostraram que os eleitores querem mudança e um país mais conservador.

Na última segunda-feira (4), uma das maiores redes de supermercados do Paraná, a Condor, decidiu suspender a veiculação de anúncios publicitários no intervalo dos jornais e das novelas da TV Globo. Segundo o grupo, a medida é uma maneira de protestar contra a veiculação de matérias “sensacionalistas” que atacam a imagem do presidente Jair Bolsonaro.

A pressão de aliados de Bolsonaro contra a Globo aumentou desde a divulgação, na semana passada, de reportagem do Jornal Nacional que relata o depoimento de um porteiro que citou o nome do presidente nas investigações do caso Marielle.

Luciano Hang já apareceu em lives de Bolsonaro e participou de cerimônias no Palácio do Planalto. No ano passado o empresário foi acusado por funcionários de constrangê-los a votar em Bolsonaro. Na quinta passada, o presidente disse que perseguição de servidores da área ambiental está prejudicando os negócios de Hang.

“Eu tenho ascendência, porque os diretores, o presidente, têm mandato, porque se não tivessem, eu cortava a cabeça mesmo. Quem quer atrapalhar o progresso vai atrapalhar na ponta da praia, aqui não”.

Na ditadura, militares usavam o termo “ponta de praia” para se referir à base da Marinha na Restinga de Marambaia (RJ), para onde eram encaminhados opositores do regime marcados para morrer. A associação de servidores de órgãos federais do meio ambiente anunciou que vai denunciar Bolsonaro no Brasil e no exterior pela declaração.

Congresso em Foco

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Promoção e Despedida de Militares do 19º RC Mec

Pável Bauken

Publicado

em



Na manhã de quarta-feira, dia 2 de dezembro, o 19º Regimento de Cavalaria Mecanizado realizou uma formatura geral em homenagem aos oficiais e praças promovidos no dia 1º de dezembro do corrente ano.

Durante a cerimônia, o Comandante do Regimento, Coronel Márcio Saldanha Walker, cumprimentou os militares recém promovidos, destacando não só o merecimento individual, como também o reconhecimento e a expectativa do Exército Brasileiro para com cada um.

No mesmo dia, o Regimento prestou as despedidas ao Tenente Coronel Vânius Joelmar Franzon, transferido para o Comando da Artilharia Divisionária da 3ª Divisão de Exército (AD/3), em Cruz Alta-RS.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Toda Hora passa a atender Bela União

Pável Bauken

Publicado

em



Com importante mediação da vereadora Lires Zimmermann Führ, a vila Bela União passa a contar com o transporte coletivo de passageiros da Expresso Toda Hora a partir desta semana. O serviço foi estabelecido pela direção da empresa, após aprovar o pedido encaminhado por Lires na Câmara e no Departamento de Mobilidade Urbana. “Estou muito feliz em saber que a população daquela comunidade viu um antigo pleito se tornar realidade”, ressalta a vereadora.

Uma linha urbana regular, em caráter experimental, passou a vigorar na terça-feira, 01, interligando Bela União ao Centro de Santa Rosa. O valor da passagem é o mesmo que a Toda Hora cobra em seus roteiros na cidade. O itinerário será mantido de segunda a sexta-feira, levando em consideração os horários dos deslocamentos de trabalhadores.

Transporte nos seguintes horários, de segunda a sexta-feira:
06h30min – Bela União/Centro
12h – Centro/ Bela União
12h30min – Bela União/ Centro
18h – Centro/Bela União

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Governo prevê privatizar oito empresas em 2021, como Correios e Eletrobras

Reporter Global

Publicado

em



 

Os dois certames, no entanto, ainda dependem de aprovação do Congresso para serem tocados.

 

 

O governo prevê realizar leilões de desestatização de oito empresas em 2021, entre elas os Correios e a Eletrobras, que passará por um processo de capitalização. Os dois certames, no entanto, ainda dependem de aprovação do Congresso para serem tocados. No caso dos Correios, o projeto de lei que irá permitir a desestatização da empresa ainda nem foi enviado pelo governo ao Legislativo.

A secretária do Programa de Parcerias de Investimentos, Martha Seillier, afirmou nesta quarta-feira (2) que o texto deve ser encaminhado nos “próximos dias”. “PL dos Correios é importante para atrair parceiro privado”, disse Seillier em coletiva à imprensa após a 14ª reunião do conselho do PPI.

A expectativa do governo é de que a privatização das duas estatais aconteça no 4º trimestre de 2021. Sobre a Eletrobras, a secretária do PPI ressaltou que o processo de capitalização é “prioridade” do governo. “A empresa não participa de leilões há anos. Não abriremos mão do objetivo para a Eletrobras”, disse Seillier.

Além das duas empresas, o governo também prevê para 2021 realizar leilões de desestatização da Emgea, Ceasaminas, Porto de Vitória (Codesa), Nuclep, Trensurb e da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Além disso, para o próximo ano, o Executivo planeja avançar com a liquidação da Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF). Para 2022, a expectativa é de que possam ser feitos os certames de desestatização da Serpro, Dataprev e Telebrás.

 

 

Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×