Governo quer dobrar transporte de carga por ferrovias, diz ministro – Portal Plural
Connect with us

Geral

Governo quer dobrar transporte de carga por ferrovias, diz ministro

Pável Bauken

Publicado

em



 

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse hoje (8), em São Paulo, que o governo pretende praticamente dobrar o percentual de cargas transportadas por trens nos próximos oito anos. “Com o que nós planejamos, a gente tira a participação do modo de transporte ferroviário de 15% para 29% em oito anos”, afirmou durante palestra.

Ele disse que estão sendo buscadas soluções criativas para contornar a falta de recursos e tirar os projetos do papel. “Nós vamos fazer ativos sem depender de orçamento”, destacou.

Como exemplo, Freitas disse que parte da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, que deverá escoar a produção de grãos da região, deverá ser construída pela mineradora Vale como contrapartida pela renovação do contrato de concessão da Estrada de Ferro Vitória-Minas. “Aquela outorga que você ia pagar para o Tesouro, você vai construir uma ferrovia, vai me entregar o ativo pronto”, enfatizou Freitas sobre o acordo.

Relicitação

O ministro comentou ainda que vão ser preparados os modelos de acordo para encerrar os contratos das concessionárias de estradas e aeroportos que enfrentam dificuldades financeiras.

“A gente tem que fechar com o mercado a metodologia para indenizar os investimentos não amortizados. A gente quer estabelecer acordos, e acordo tem que ser bom para todo mundo. Eu tenho que criar os incentivos para aquele concessionário aderir ao acordo”, disse o ministro a respeito da estratégia para romper os contratos antes do fim do prazo de vigência.

Entre as concessionárias que já demonstraram interesse em devolver os ativos está a administradora do Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), e da BR 040, que passa por Goiás, Distrito Federal e Minas Gerais.

Segundo o ministro, as empresas apresentaram problemas tanto pelo modelo de licitação, como pelo envolvimento de alguns empreendedores em casos de corrupção descobertos pela Operação Lava Jato.

“Nós temos um problemaço para resolver que são aquelas concessões que deram errado. Deram errado por problema de modelagem. Em algum momento, a ideologia substitui a aritmética. Quando isso acontece, as coisas não dão certo”, ressaltou.

A ideia é fazer aditivos nos contratos para manter as rodovias e aeroportos em bom estado e funcionando até que seja possível passar os ativos para outros empreendedores. “Manter esses ativos operando para que a gente consiga estruturar novas concessões, em novos parâmetros”, finalizou.

Fonte Agência Brasil

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Imprudência representa 90% dos afogamentos dos últimos 4 anos no litoral norte

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Uma série de fator contribui para um afogamento, mas a imprudência segue liderando o número de casos. O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, analisou dados de salvamentos dos últimos 4 anos, no litoral norte gaúcho.

 

 

O estudo levou em conta salvamentos e óbitos ocorridos no litoral norte nos últimos 4 anos. Segundo o levamento, 90% dos afogamentos estão relacionados a fatores como imprudência e desatenção.

“Um dos fatores preponderantes é o pessoal estar se banhando em águas sem a supervisão, sem a tutela da vida por parte dos guarda-vidas. Alguns fatores que levam ao afogamento são o excesso de bebida alcoólica, o comportamento agressivo, imprudente com brincadeiras, permanência na água, depois o pessoal superestima a sua capacidade física de natação”, explicou o Chefe de Operações do Corpo de Bombeiros, Major Antunes.

É importante prestar atenção na formação do mar e nas bandeiras de sinalização para curtir a praia com segurança. “O nosso mar nos últimos dias tem apresentado uma variação e uma oscilação na sua profundidade e com formação de valas muito incidentes e profundas e com aberturas de correntes de retorno. Então, o mar nos últimos dias está muito perigoso”, destacou Antunes.

 

 

FONTE: O Sul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Salários dos prefeitos das capitais brasileiras variam de R$ 17,6 mil a R$ 31 mil; vereadores recebem até R$ 18,9 mil

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Os salários dos prefeitos das 26 capitais brasileiras chegam a variar 76% dependendo da cidade. Segundo um levantamento feito pelo site G1, a remuneração bruta dos chefes do Executivo municipal oscila de R$ 17,6 mil em Rio Branco (AC) a R$ 31 mil em Belo Horizonte (MG).

 

 

Já o valor pago aos vereadores pode superar o dobro de acordo com a capital. Isso ocorre, por exemplo, na comparação da menor remuneração – em Vitória (ES), de R$ 8,9 mil – com as maiores – em Aracaju (SE), Campo Grande (MS), Rio e São Paulo (R$ 18,9 mil, o teto do cargo).

Os prefeitos e os vereadores tomaram posse no início de janeiro de 2021 e vão exercer um mandato de quatro anos. Durante esse tempo, porém, os salários ainda podem sofrer alterações.

Em São Luís (MA), o salário do prefeito chega a ser 13 vezes o rendimento médio da população que vive na cidade. Em Teresina (PI), os vereadores ganham dez vezes mais do que a média da população, de acordo com dados da Pnad Contínua, do IBGE.

Em Porto Alegre, o salário bruto do prefeito é de R$ 19.477,40. Já os vereadores ganham R$ 14.573,78 mensais.

FONTE: O Sul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Licenciamento no RS: Detran diz que taxa cairá 10% e pede que proprietários aguardem novo valor.

Reporter Regional

Publicado

em



O Detran-RS projeta redução de ao menos 10% no valor da taxa anual de licenciamento de veículo para o ano de 2021. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (25) pela Direção-Geral do Detran, e o valor exato proposto para a taxa será definido nos próximos dias.

 

– É difícil dizer o valor exato (que será cobrado pelo licenciamento em 2021), mas certamente vai reduzir 10%, talvez um pouco mais – garantiu o diretor-geral do Detran-RS, Enio Bacci.

A partir de 2021, com a digitalização do licenciamento, o Detran-RS não terá mais os custos de impressão do documento em papel-moeda e de envio pelos Correios. Apesar disso, a taxa de licenciamento seguirá sendo cobrada, pois, de acordo com o Detran-RS, há outros custos operacionais envolvidos, como os de tecnologia da informação.

Os valores das taxas em 2021 serão definidos pelo Detran-RS nos próximos dias e encaminhados em projeto de lei para análise da Assembleia Legislativa. As cifras devem ser votadas pelos deputados estaduais em fevereiro, quando a Assembleia retorna do recesso parlamentar. Até que os novos valores entrem em vigor, a orientação é que os proprietários de veículos não paguem o licenciamento de 2021.

 

– Algumas pessoas têm o receio de trafegar sem o licenciamento de 2021 pago. É importante lembrar que o licenciamento de 2021 vence a partir de abril, portanto, até lá, o licenciamento de 2020 está em vigor. Como o valor será reduzido, não há vantagem em ter pressa (para pagar o licenciamento de 2021) neste momento – reforça Bacci.

 

Ainda não há definição, segundo Bacci, sobre a viabilidade de devolver parte do valor do licenciamento de 2021, para quem fizer o pagamento antes da atualização das taxas. Conforme Bacci, a intenção no Detran é devolver os valores a quem pagar o valor desatualizado, contudo, ainda é preciso analisar a viabilidade jurídica e técnica do reembolso.

Como acessar

O CRLV digital pode ser gerado no aplicativo Carteira Digital de Trânsito, junto com a Carteira Nacional de Habilitação. Quem não quiser baixar o documento digital pode optar por imprimir em papel comum pela Central de Serviços do Detran-RS, no site, ou pelo portal de serviços do governo do Estado. A impressão pode ser feita em qualquer impressora – tanto em casa quanto em livrarias ou lojas.

 

Ainda estará disponível a opção de solicitar a impressão do documento em qualquer Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA). Neste caso, será cobrado um valor de R$ 8.

 

Para os veículos de pessoa jurídica, a obtenção do CRLV só está disponível com login por Certificado Digital, ou presencialmente, no CRVA.

 

Formas de obtenção do CRLV na internet (serviço gratuito)

Pela Central de Serviços do Detran-RS

 

O login é feito com os dados do cadastro no portal gov.br, informando o CPF e a senha. Usuários novos precisarão se cadastrar, seguindo o passo a passo informado.

 

Na seção “meu(s) veículo(s)”, clicar em “consultas adicionais”.

 

Localizar o veículo cujo documento deseja emitir e informar o código de segurança do documento de propriedade (consta em CRVs emitidos a partir de 2007).

 

Imprimir o documento em papel branco e formato A4, com tinta preta, em página única.

 

Pelo Portal de Serviços do Denatran ou pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito

 

O login é feito com os dados do cadastro no portal gov.br, informando o CPF e a senha. Usuários novos precisarão se cadastrar, seguindo o passo a passo informado.

 

Na seção “meus veículos”, clicar no link que remete ao veículo cujo documento o motorista deseja imprimir.

 

Baixar o arquivo de nome “CLRVDigital.pdf”, gratuitamente.

 

Imprimir o documento em papel branco e formato A4, com tinta preta, em página única.

 

Obtenção presencial (serviço pago)

Pelo Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA)

 

Comparecer a qualquer CRVA e apresentar o documento de identificação que comprova que o motorista é proprietário do veículo, ou representante legal.

 

Pagar um valor de R$ 8 no próprio CRVA.

 

Receber o CRLV impresso no CRVA.

Fonte: GZH

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×