Governo pede esclarecimentos a 11 países sobre origem do óleo – Portal Plural
Connect with us

Geral

Governo pede esclarecimentos a 11 países sobre origem do óleo

Publicado

em



 

O governo federal notificou 11 países cobrando esclarecimentos sobre 30 navios mapeados dentro da investigação sobre a origem do vazamento de óleo que atingiu diversas praias do Nordeste. A informação foi dada pelo coordenador de operações navais da Marinha, almirante de esquadra Leonarndo Puntel, em entrevista a jornalistas no sábado (26).

A investigação conduzida pela Marinha trabalha com a tese de que o responsável teria sido um navio-tanque. A apuração inicial avaliou 1.500 embarcações e afunilou a análise para 30 veículos marinhos de 11 países. O comandante não detalhou que nações estariam neste grupo, mas disse que o requerimento pede informações para os governos para saber se têm conhecimento de algum acidente.

Os 30 navios estão entre os que passaram pela costa do Nordeste no período, identificados por fazerem comunicações por sistemas marítimos. Conforme Puntel, os investigadores calculam que o vazamento teria ocorrido no mês de agosto, com o óleo chegando às praias no fim daquele mês.

O almirante não descartou a possibilidade de que o episódio tenha sido causado por embarcações não oficiais, denominadas “dark ships”. Neste caso, contudo, a apuração será mais complexa e terá de envolver outras fontes de informação, como análise de imagens de satélite.

Puntel declarou que não é possível afirmar que o veículo era venezuelano. Mas que pesquisas da Petrobrás teriam identificado o óleo como proveniente daquele país. “Laudo da Marinha concluiu que óleo não era brasileiro. O laudo da Petrobrás foi além, porque tem amostras de óleos de outros países. Ele é de bacias venezuelanas. O navio a gente não sabe”, comentou.

Manchas

A coordenadora-geral de emergências ambientais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Fernanda Pirilo, afirmou na entrevista coletiva que não há novo óleo nas praias.

“Não há mais chegada de óleo novo, mas algumas praias ainda têm vestígio de óleo, temos os pontos identificados em que ainda há óleo residual, a maioria nos estados de Pernambuco e Bahia”, pontuou.

O comandante Leonardo Puntel acrescentou que a despeito da dificuldade de monitorar a evolução das manchas, dado que elas se deslocam debaixo da água a partir das correntezas marinhas, o exame realizado pelos órgãos envolvidos no grupo de acompanhamento detectou que houve um decréscimo da quantidade.

“As manchas de óleo tiveram dinâmica diferente. No início de setembro e outubro ela estava tranquila, não tinha grandes quantidades. Teve período na semana passada que houve aumento do volume no óleo na Bahia, Sergipe, Alagoas e Sul de Pernambuco. E este volume começou a decrescer agora”, observou.

A coordenadora do Ibama orientou a população dos locais a não entrar em contato com a substância. Já as condições de banho de cada praia são avaliadas pelos órgãos de saúde dos estados e municípios e devem ser verificadas juntamente a esses órgãos.

Brasília

O grupo de órgãos federais encarregados da coordenação das atividades mudou sua base para Brasília. Durante esta semana, várias autoridades do governo federal estiveram em Pernambuco. O comandante da Marinha relatou que ainda permanecem coordenações locais montadas em Recife e Salvador.

A coordenadora de emergências ambientais do Ibama acrescentou que a mudança facilita a atuação do grupo, já que aproxima seus integrantes do centro de decisão política do país. Questionada por jornalistas, ela negou dificuldades na interlocução das entidades tanto em relação ao Executivo quanto no tocante a administrações estaduais.

AGB
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Santa Rosa sedia o XII Fórum Gaúcho de Arborização

Publicado

em



Fias 21 e 22 de outubro

Santa Rosa vai sediar o XII Fórum Gaúcho de Arborização Urbana. O evento vai ser realizado pela prefeitura por meio da Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a Sociedade Brasileira de Arborização Urbana – SBAU. As atividades vão ser realizadas no hotel Imigrantes, de forma online e presencial.

O objetivo do fórum é desenvolver a economia local, promover difusão do conhecimento e a troca de experiências técnicas, incentivar melhorias ambientais, fomentar o turismo e promover o desenvolvimento local e regional. O evento vai acontecer nos dias 21 e 22 de outubro.

Depois de concorrer com Caxias do Sul, Santa Rosa foi o município escolhido para sediar o evento. O ponto decisivo para a escolha feita pela comissão do Fórum, foi a história da “Árvore Lunar”, localizada no Parque de Exposições. A XII edição do Fórum vai abordar o tema: “Insolação e Sombra: dilema cultural”. O foco é a mudança de conceitos em relação ao meio ambiente e arborização urbana para trazer mais qualidade de vida aos cidadãos santa-rosenses.

Para o Secretário de Meio Ambiente, João Carlos Dorneles, Santa Rosa é um ponto de referência para as demais cidades da região.

Os profissionais da área podem realizar a inscrição pelo site: www.forumdearborizacao.com.br.
O Fórum integra os arboriculturistas do Rio Grande do Sul e pela tradição de excelentes debates, atrai também profissionais de várias áreas e diferentes estados do Brasil.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Coopermil lança mais uma edição do Concurso de Produtividade do Programa Produz Mais Soja

Publicado

em



O Concurso de Produtividade do Programa Produz Mais Soja da Coopermil tem por objetivo valorizar aqueles produtores que adotam e implementam o posicionamento de manejo técnico desenvolvido junto a área de validação de pesquisas da Coopermil, incentivando desta forma os associados a buscarem maiores produtividades na cultura da soja.

O Concurso de produtividade do Programa Produz Mais Soja é ofertado com exclusividade para associados da Coopermil e contará com mais de 22 mil reais em premiação, sendo a participação espontânea com prazo de inscrição até o dia 08 de novembro, junto as unidades da Coopermil.

Para participar o associado deverá inscrever uma área de 10 ha, com aquisição da semente e dos produtos a serem utilizados realizados na sua totalidade junto as Lojas Agropecuárias da Coopermil. Participam como apoiadores do projeto as empresas Syngenta, Basf, Bayer, Mosaic, Yara, Fortgreen e Bioagro e todas áreas serão inscritas gratuitamente no concurso nacional realizado pelo CESB (Comitê Estratégico Soja Brasil).

Segundo o Supervisor Técnico da Coopermil, Eng. Agr. João Gabriel Dias, todos os associados participantes estarão concorrendo a mais de R$ 22 mil em premiação divididos da seguinte forma: para o associado classificado em 1º lugar: R$ 10.000,00 em produtos adquiridos na Coopermil mais 05 ha de mapa do programa de Agricultura de Precisão da Coopermil; o produtor classificado em 2º lugar: R$ 7.000,00 em produtos adquiridos na Coopermil mais 03 ha de mapa programa de Agricultura de Precisão da Coopermil e o associado classificado em 3º lugar: R$ 5.000,00 em produtos adquiridos na Coopermil mais 02 ha de mapa programa de Agricultura de Precisão da Coopermil.

Também serão premiados os assistentes técnicos da Coopermil que prestam serviço aos associados vencedores desta edição do concurso.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Almoço de Ideias marca os 90 anos da ACISAP

Publicado

em



Evento ocorre na quinta-feira, 21

Na quinta-feira, 21 de outubro, a ACISAP realiza mais um Almoço de Ideias, com uma edição especial comemorativa aos seus 90 anos.
O convidado especial é o advogado e Presidente da Federasul, Anderson Tratumann, que abordará o tema “A hora da retomada e os desafios do cenário pós-pandemia”.

A Almoço de Ideias será realizado no Clube Concórdia, á partis das 11h30m.
Maiores informações quanto a cartões, junto a ACISAP, fone 3512- 5280.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×