Governo do RS prepara retorno gradual para escolas e confirma aulas remotas em junho – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Governo do RS prepara retorno gradual para escolas e confirma aulas remotas em junho

Planejamento projeta volta integral de todos os níveis de ensino apenas em setembro

Pável Bauken

Publicado

em

Atividades remotas fazem parte "Etapa 1" do planejamento do governo estadual ao retorno das atividades de ensino | Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini / CP


O governador Eduardo Leite anunciou, nesta quarta-feira, que o retorno das atividades escolares no Rio Grande do Sul irá ocorrer de forma remota a partir do dia 1º de junho para as instituições públicas e privadas de ensino. As aulas estavam suspensas desde 13 de março, embora muitas instituições privadas já atuem com essa modalidade de ensino à distância. A regulamentação será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) até esta sexta-feira.

“Por ora, prioridade é fortalecer as aulas remotas e a aprendizagem em casa”, destacou o governador. Como já havia sido antecipado pelo chefe do Estado, o modelo de retomada irá ocorrer por etapas. Entre cada fase haverá um período de 15 dias que, segundo Eduardo Leite, servirá para “analisar o sucesso da fase anterior”. As orientações anunciadas hoje fazem parte da “Etapa 1” do planejamento do governo do Estado.

Um protocolo de saúde específico para o retorno das aulas está sendo organizado pelo governo do RS para entrar em vigor quando as aulas presenciais iniciarem. Conforme o governador, elas retornam “mais adiante”, e a “Etapa 2” deverá ser anunciada no dia 15 de junho, com atividades a partir de 1 de julho. Na segunda etapa, conforme explicou o governador, deve retornar as atividades práticas existentes no ensino superior, como as atividades de laboratórios. Também voltam a ser presenciais o calendário acadêmico de pesquisas e estágios superiores.

As atividades que devem integrar a “Etapa 3” ainda não estão definidas. Entretanto, o governo do RS trabalha com alguns cenários possíveis. Um deles é retorno prioritário das aulas presenciais nas escolas de ensino infantil. Um segundo cenário seria o retorno do ensino infantil junto ao ensino fundamental.

A volta prioritária do ensino médio também não está descartada dos possíveis cenários, que serão definidos de acordo com a análise do controle da pandemia no Estado. Independente da escolha, Eduardo Leite ressaltou que orienta que “as crianças permanecem em casa”, caso possível, mesmo com o retorno da rede infantil de ensino. De acordo com o planejamento do governo, o retorno integral de todos os níveis de ensino deve ocorrer apenas no mês de setembro.

Para a tomada de decisão, o governo considerou a capacidade de autocuidado do educando, o uso de aulas não presenciais, o número de alunos por turma, os recursos financeiros necessários para a adoção de Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Além disso, também foi analisado a complexidade do uso do transporte escolar, da circulação de pais e alunos nas escolas, a logística de refeitórios, a situação em que pais e alunos decidem apenas manter o ensino domiciliar, protocolos de saúde, sala de isolamento na escola para alunos que apresentem sintomas.

O novo método deve obedecer aos protocolos do Distanciamento Controlado do governo estadual e aos protocolos específicos que serão publicados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Além disso, um Comitê de Emergência será instalado nas escolas para monitoramento da execução dos protocolos de saúde.

 

 

Correio do Povo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Brigada Militar de Horizontina cumpre mandado de prisão em DR° Mauricio Cardoso

Portal Plural News HZ

Publicado

em



BRIGADA MILITAR – 4º CIA DE HORIZONTINA
Nesta tarde de segunda-feira 06/07/2020 Policiais Militares integrantes da Brigada Militar de Horizontina, efetuaram a abordagem e prisão de um homem, na rua 7 de Setembro de Doutor Mauricio Cardoso, contra o qual Havia um Mandado de Prisão expedido pela comarca de Três de Maio, condenação definitiva pelos crimes de Tráfico de Drogas. O Homem será conduzido a Delegacia de Polícia Civil e posterior o preso deverá ser conduzido ao Presidio Regional de Santa Rosa.
BRIGADA MILITAR – Proteger a sociedade, contribuindo para a qualidade de vida e desenvolvimento no Rio Grande do Sul.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Brigada Militar de Horizontina apreende Caminhão com carga avaliada em quase R$ 80.000,00

Portal Plural News HZ

Publicado

em



No início da tarde (06/07/2020) guarnições da Brigada Militar de Horizontina, após denúncias de transporte de ilícitos recebidas através do fone 190, abordaram um homem conduzindo um caminhão. Após vistoria no caminhão os policiais localizaram cerca de 8 toneladas de alumínio e cobre, sem procedência. Segundo a denúncia os produtos foram trazidos da Argentina na costa de Dr. Mauricio Cardoso e seriam levados a região central do Estado. Foram utilizados cães farejadores durante as buscas não sendo localizados outros produtos criminosos. O Caminhão e a carga avaliada em quase R$ 80.000,00 foram apreendidas e conduzidos ao 4º BPAF conforme procedimentos da Receita Federal do Brasil.
*BRIGADA MILITAR – Proteger a sociedade, contribuindo para a qualidade de vida e desenvolvimento no Rio Grande do Sul*.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Neste ano UPA registra cerca de 25 mil atendimentos

Pável Bauken

Publicado

em



A Unidade de Pronto Atendimento teve uma redução no número de atendimentos este ano. Nos seis primeiros meses, foram 24.898 atendimentos, sendo que no ano passado foram pouco mais de 30 mil no mesmo período. Maio, junho e julho, são meses que normalmente ocorrem um aumento na UPA, mas esse ano esta sendo diferente. Maio e junho, registraram 3.230 pacientes de média, sendo que no mesmo período em 2019, a média mensal era de 5 mil atendimentos.

O Gerente Silvano Cervo destaca que a redução ocorreu em função do coronavírus, “Como os atendimentos gerais de sintomas de gripe e problemas respiratórios ficaram centralizados no Dom Bosco, o nosso número de atendimento clínico na UPA teve uma redução”. Os atendimentos de urgência aumentaram nesses seis primeiros meses, de 11% foram para 14%.

Mesmo com as restrições, em função do coronavírus, os treinamentos e as qualificações dos profissionais continuam, de forma diferenciada e individual, mas seguem como prioridade. Nesses primeiros meses, foram realizadas diversas ações, segundo a Diretora Geral Vanderli de Barros, “Nossa rede de urgência, assim como, demais setores da Instituição, estão em constante processo de qualificação”. Os mais de 120 profissionais que atuam na Unidade desde 2014, já realizaram mais de 349 mil atendimentos desde que a UPA foi aberta.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

×