Geromel evita falar sobre o Flamengo e cita Grêmio focado no Brasileirão

Zagueiro foi o autor do primeiro gol do Grêmio na vitória por 2 a 1 contra o Ceará pelo Brasileirão | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP
Apoiadores:

 

Autor do primeiro gol do Grêmio na vitória por 2 a 1 contra o Ceará pelo Brasileirão, justamente na partida em que retornou aos gramados após quase um mês de afastamento por conta de uma lesão, Pedro Geromel evitou falar sobre o confronto contra o Flamengo pela semifinal da Libertadores, e garantiu que o time tem metas a serem cumpridas no campeonato nacional. “Temos ainda três jogos pelo Brasileiro para acertar muitos pontos e não vamos ficar falando de Flamengo. Temos objetivos que é figurar perto dos líderes e entrar no G-4. Vamos focar nestes compromissos”, disse. Atualmente, o Tricolor está na sétima colocação da tabela com 38 pontos.

Sobre o mata-mata decisivo do dia 23 de outubro, no Maracanã, o camisa 3 resumiu que “teremos que ser impecáveis para sair classificados”. “É um time bastante experiente, mas sabemos como lidar com situações como essa. O time deles realmente tem elenco formidável, os melhores jogadores em casa posição. Contrataram muito bem, não só no ataque. É um time com ideias bem claras, bem treinado”, avaliou.

Geromel afirmou que os médicos preferiram não apressar o processo de recuperação e que ele voltou apenar quando se sentiu muito bem. “Venho trabalhando muito forte, pois, se não treinasse diariamente, dificilmente teria condições de jogar. Me preparei muito para estar 100% e fiquei muito feliz pelo resultado”, comentou. O zagueiro também comentou sobre sua rotina de recuperação. “Fiquei quatro semanas afastado e, nos últimos 15 dias, estava fazendo trabalhos físicos, técnicos e táticos para evoluir e não sentir tanto. Chegava no clube às 8h e saia às 15h. É a rotina do Marcelo Oliveira e vai ser do Leonardo Gomes. Fazemos o possível para, quando voltar, não sentir tanto”, contou.

O zagueiro ainda disse que recebeu muito apoio do técnico Renato Portaluppi e considerou que ele é um dos principais responsáveis pelo bom momento da equipe. “Desde 2016, conquistamos seis títulos e isso passa pela manutenção do elenco e do treinador. É difícil um técnico ficar tanto tempo e isso faz com que a gente conheça as ideias dele e saiba o que temos que fazer dentro de campo. Ele lança jogadores da base, que fazem sucessos e chegam a Seleção, como é o caso do Matheus Henrique. Conhece o clube por dentro, sabe das carências e mostra o que quer”, avaliou.

Para o capitão gremista, um dos diferenciais do ex-camisa 7 é tratar todos os atletas da mesma forma. “Cobra o menino da base do mesmo jeito que me cobra. Isso é um grande diferencial”, ressaltou.

Questionado sobre os comentários de Renato de que Luan ainda precisa melhorar, Geromel avaliou que o técnico faz a cobrança porque sabe do potencial que o jogador tem. “O Renato não cobra só o Luan, cobra a mim, ao Maicon, sobre a nossa postura, o que a gente faz dentro do campo. Ele foi o melhor jogador da América e isso não é fácil. Ajudou a gente ganhar um título. Tá crescendo na hora certa”, falou.

CP

Apoiadores:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui