Gangorra que uniu imigrantes no muro da fronteira dos EUA ganha prêmio – Portal Plural
Connect with us

Good News

Gangorra que uniu imigrantes no muro da fronteira dos EUA ganha prêmio

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Lembra das gangorras que permitiram que famílias mexicanas brincassem de lados opostos do muro da fronteira EUA-México?

 

 

O projeto das três gangorras ganhou o prêmio “Design do Ano 2020” pelo Museu de Londres.

O arquiteto norte-americano Ronald Rael é o criador das gangorras instaladas entre as barras de ferro da cerca metálica que separa os Estados Unidos (EUA) do México, e que foi uma promessa de Donald Trump.

Aliás, o novo presidente dos EUA, Joe Biden, já anunciou inclusive a suspensão da construção, motivo de comemoração para os mexicanos.

 

Surpresa

“Estamos totalmente surpresos com esta honra inesperada”, disse Ronald Rael, que idealizou as gangorras juntamente com a arquiteta Virginia San Fratello.

O projeto de arte transformou a parede da fronteira de 6 metros em um plaground – convidando famílias de cada lado para se divertirem juntas.

Três gangorras rosa foram colocadas nas aberturas da parede e permitiram que crianças, e até mesmo alguns adultos, de Juárez e do subúrbio de Sunland Park, no Novo México se unissem de alguma maneira.

Ele usou a barreira do governo norte-americano como suporte para instalar o brinquedo e fazer com que pessoas dos dois lados possam brincar. O resultado? As imagens viralizaram nas redes sociais (vídeo abaixo)

 

Inovação

O projeto foi indicado junto com 70 outros, que incluíam uma renderização em 3D do vírus que causou Covid-19.

Entre eles, cenografia de Lee Ha Jun do filme sul-coreano vencedor do Oscar Parasite – Parasita – e o colete à prova de facadas da bandeira projetado por Banksy que foi usado pelo rapper britânico Stormzy em Glastonbury em 2019.

Os Beazley Designs of the Year são o Oscar do mundo do design “, disse Razia Iqbal, jornalista que presidiu o painel de jurados do Design Museum.

O prémio, observou ela, destaca trabalhos que ultrapassam os limites da criatividade e inovação.

 

 

 

FONTE: Só Noticia Boa

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Good News

Novo ônibus limpa o ar enquanto viaja pela cidade

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Um projeto piloto denominado “Purifygo” ou “Purify and Go”- purifica e anda – já está funcionando em Ancona, na Itália.

 

4 ônibus estão rodando pela cidade. Eles filtram e limpam o ar enquanto viajam no trajeto Ancona-Jesi.

A ideia é reduzir o nível de poluição e partículas finas no ar por meio do ônibus chamado “smog-eating”- “devorador de fumaça”.

O ônibus foi desenvolvido pela empresa de transporte público Conerobus, em colaboração com a Universidade Sapienza de Roma, a Ansaldo Trasporti e Agt Engenharia, com financiamento da Região de Marche.

É o primeiro modelo na Itália e o segundo na Europa.

Ele é equipado com um sistema de filtragem que analisa os níveis de particulas e poeira fina presentes no ar e os captura, purificando o ar e reduzindo a poluição atmosférica.

 

Capacidade

O sistema é capaz de filtrar 486 mil litros de ar por hora.

Estima-se que ao final dos três primeiros meses de testes, os ônibus terão filtrado 4,2 bilhões de litros de ar, além de coletar informações importantes sobre os diferentes níveis de poluição nas áreas percorridas.

Os dados coletados pelos diferentes filtros dos diversos ônibus serão analisados ​​pela Universidade La Sapienza de Roma.

 

Laser

Filippo Ugolini, presidente da Agt Engineerin explicou que também será desenvolvido um sistema de laser a bordo dos ônibus.

Isso vai permitir o monitoramento da região e o envio imediato dos dados sobre a poluição detectada em campo.

A experiência foi apresentada no Palazzo Raffaello durante uma conferência de imprensa e o prefeito da Região de Marche, Francesco Acquaroli.

“Queremos acabar com o mito de que o transporte público local polui. Em Ancona existe uma tradição muito forte de mobilidade suave e sustentável. Decidimos, portanto, experimentar aqui esta iniciativa que esperamos, venha a ser uma boa prática regional e nacional ”.

A ideia é estender o projeto para mais cidades italianas.

“A qualidade do meio ambiente é um dos principais objetivos a serem perseguidos na Itália e na Europa”, concluiu Acquaroli.

 

Foto: Divulgação

 

FONTE: Só Noticia Boa

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Good News

Agente paga passagens de avião para casal surdo e filhos ao ver que caíram em golpe: ‘Pedi licença e fui chorar’

Reporter Regional

Publicado

em



Por alguns segundos, o agente de aeroporto Raphael Cavaleiro, de 35 anos, pôde se esquecer da pandemia de Covid-19 para curtir um abraço coletivo recebido de um casal de surdos com os filhos pequenos, em Campo Grande, no início de fevereiro.

O gesto foi a forma encontrada pela família – que havia caído em um golpe ao comprar passagens áreas falsas – para agradecê-lo depois que ele se ofereceu para pagar, de última hora, parte do valor dos bilhetes verdadeiros.

De acordo com o agente, uma das filhas do casal, uma garota de 9 anos, foi quem conversou com ele.

Segundo Raphael, o expediente já havia terminado, mas ele continuou o serviço para atender clientes de um voo cancelado. “Eu já tinha finalizado os trabalhos administrativos e um casal me abordou. Eles tinham mais duas crianças de colo e a menina de 9 anos, porta-voz deles. Muito eloquente, ela conversou comigo, disse que estava indo viajar para uma cidade do Nordeste e me entregou o papel dos bilhetes. De cara, quando abri, já desconfiei que era um golpe”, relembrou.

Ao confirmar que realmente não havia reserva no sistema e também o relato da menina, a qual contou que o pai comprou a passagem com um contato da rede social Facebook e a pessoa o bloqueou logo após mandar a foto do comprovante, ele explicou o ocorrido para a família.

“Eles são leigos, mas eu bati o olho no papel e vi que tinha algo errado ali. Logo que informei a menina, ela repassou a informação e os pais ficaram bem agitados e logo a menina começou a chorar. Ela falou que eles não tinham como custear a passagem, principalmente porque o pai está desempregado. Pedi licença, fui para a sala perto do meu armário e desabei a chorar. Pensei um pouco, me recompus e chamei o meu coordenador, dizendo que estava disposto a custear as passagens”, contou.

 

Em seguida, chamou a família e informou que estava disposto a pagar integralmente as passagens. Foi aí que a menina disse que a família tinha um restante de dinheiro e ele complementou. “A menina ficou tão feliz. Ela disse: ‘tio, você vai viajar com a gente?’ E eu respondi: ‘Não, meu coração. O tio trabalha aqui interno’. E ela complementou: ‘Poxa, queria que fosse com a gente'”, falou.

Diante a atitude carinhosa da menina, ele continuou acompanhando a família até a sala de embarque. “Foi neste momento que a menina me disse que era a primeira vez que estava viajando. Mostrei o avião chegando para ela, lembro que nem piscava direito. Quando chegou, nós seguimos os protocolos de assepsia por conta da Covid e depois iniciamos o embarque. Mas, antes, eles me deram um abraço repentino, o casal por cima e a menina pela cintura. Senti toda a gratidão deles”, explicou.

Agente recebeu ligações parabenizando pela atitude dele — Foto: Raphael Cavaleiro/Arquivo Pessoal

Reconhecimento

 

Três dias depois, Cavaleiro foi surpreendido com a ligação do presidente da companhia aérea. “Ele estava agradecendo o que eu havia feito e também falei ontem com o CEO das linhas aéreas. Tinha feito tudo de forma bem discreta, falando baixo com eles para não gerar constrangimento, comentei somente com um amigo meu que ajudou a pegar a bagagem. Não imaginava toda essa repercussão”, afirmou.

No entanto, ainda conforme Cavaleiro, a gerência ficou sabendo do ocorrido. Mesmo assim, com 5 anos de experiência, o agente conta que não foi a primeira vez que ajudou pessoas que estavam em situação vulnerável. Diz, entretanto, que nunca divulgou, que sempre preferiu que “as histórias ficassem nos bastidores”, já que a intenção era somente solucionar os problemas.

“Já aconteceu com outras pessoas aqui, de comprarem em sites genéricos. Não é a primeira vez que eu ajudo. Teve um senhor que havia sido sequestrado, vítima do golpe do falso frete e tinha somente a passagem de avião da empresa dele. Levaram até a roupa. Ele tinha um sapato porque o policial havia dado a ele e me mostrou o boletim de ocorrência. Percebi na hora do raio-x e ele confessou que estava 48 horas sem comer. Me emocionei da mesma forma e almoçamos juntos antes dele pegar o voo. São coisas que a gente guarda, jamais esquece”, finalizou.

Fonte: G1

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Good News

Cientistas descobrem força de composto do chá verde para evitar câncer

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Um dos compostos do chá verde – consumido na China há 4 mil anos – pode ser a chave para evitar o câncer, de acordo com uma nova pesquisa publicada este mês na Nature Communications.

 

Ele ativa um gene chamado p53, que bloqueia o desenvolvimento de tumores.

Conhecido como o “Guardião do Genoma”, por sua capacidade de reparar danos ao DNA e destruir células cancerosas, o p53 é classificado como um supressor de tumor.

O novo estudo mostra que um antioxidante encontrado na bebida tradicional chinesa pode aumentar os níveis de p53 e melhorar sua eficiência, garantem os pesquisadores da Rensselaer Polytechnic Institute em Troy, Nova York, EUA.

 

Remédio

Estudar a interação direta entre o p53 e o composto do chá verde, galato de epigalocatequina (EGCG), oferece esperança de que uma nova droga possa ser criada para imitá-lo.

“Mutações em p53 são encontradas em mais de 50% do câncer humano”, disse o autor do artigo, o professor Chunyu Wang, que a chamou de “indiscutivelmente a proteína mais importante do câncer humano”.

Uma técnica de varredura de última geração, chamada espectroscopia de ressonância magnética nuclear, mostrou que o EGCG protege o ‘domínio N-terminal’ da estrutura celular da degradação.

 

Chá verde

EGCG é um antioxidante natural, o que significa que ajuda a desfazer os danos quase constantes causados ​​pelo metabolismo do oxigênio.

Encontrado em abundância no chá verde, o EGCG também é embalado por muitas empresas como um suplemento de ervas.

A equipe de Wang identificou o mecanismo específico – a interação benéfica entre EGCG e p53 – pela primeira vez.

Combinação do antioxidade e gene

“Quando o EGCG se liga ao p53, a proteína não está sendo degradada … então o nível de p53 aumentará com a interação direta.”

“Isso significa que há mais p53 para a função anticâncer”.

Quando operando em plena capacidade, o p53 ativa os mecanismos de reparo do DNA e evita que as células com DNA danificado se dividam.

Se o dano ao DNA for irreparável, o p53 induz a célula a se destruir por meio de apoptose, ou morte celular programada.

“Ao desenvolver uma compreensão dos mecanismos de nível molecular que controlam as principais interações bioquímicas ligadas a doenças devastadoras – como o câncer e a doença de Alzheimer -, a pesquisa de Chunyu está preparando as bases para novas e bem-sucedidas terapias”, disse Curt Breneman, reitor da Rensselaer School of Ciência.

 

FONTE: Só Noticia Boa

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×