Foragido é preso após perseguir mulher com uma tesoura em Santa Rosa – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Foragido é preso após perseguir mulher com uma tesoura em Santa Rosa

Publicado

em



 

Na madrugada de sábado (10/08), por volta da 00h15 a Brigada Militar foi informada que um homem estava na rua Coronel Bicaco no centro de Santa Rosa, seguindo uma mulher funcionária de uma lancheira próxima ao local com uma tesoura na mão.

A Guarnição da BM chegou ao local e confirmou a veracidade dos fatos denunciados, sendo que o individuou ao perceber a presença dos policiais jogou a tesoura atrás de uma cerca que após a abordagem foi recolhida.

O meliante é conhecido da guarnição, pois há pouco tempo havia sido condenado por tentativa de homicídio, foi realizado contato com o presídio aonde foi informado que homem encontrava-se na condição de foragido, sendo confirmado através de busca no sistema de consultas integradas, o homem estava cumprindo pena no semiaberto.

Meliante foi conduzido ao hospital para exame de lesões corporais e contatado com a equipe volante da Polícia Civil, sendo o preso, sem lesões, e o objeto, apresentados na delegacia para o registro do fato, preso e conduzido ao presídio estadual de Três Passos.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Sábado com máxima de 41°C em Santa Rosa

Publicado

em



Com a previsão de mais um sábado com muito calor em Santa Rosa, uma das melhores opções é procurar uma piscina, ou a beira de um rio para se refrescar. Dia de Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Mínima de 27°C e máxima de 41°C;

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Concurso do IBGE recebe 1,1 milhão de inscrições

Publicado

em



O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) afirma que recebeu 1,1 milhão de inscrições para o concurso do Censo Demográfico 2022. O prazo para o cadastro de interessados terminou às 16h desta sexta-feira (21).
O concurso prevê preencher 206.891 vagas de trabalho temporário nas operações do Censo. Há oportunidades para recenseadores e agentes censitários.
Inicialmente, o prazo de inscrições iria até 29 de dezembro de 2021. Contudo, o IBGE precisou estender o intervalo até esta sexta-feira para conseguir ampliar o número de participantes.
A expectativa do instituto era de pelo menos 1 milhão de inscrições, marca alcançada na quinta-feira (20).
O Censo é considerado o levantamento mais detalhado sobre as características demográficas e socioeconômicas do país. As informações apuradas servem como base para políticas públicas e podem influenciar até decisões de investimento de empresas em determinadas regiões.
As 206.891 vagas de trabalho temporário são divididas da seguinte forma: 183.021 para recenseadores, 18.420 para a função de ACS (agente censitário supervisor) e 5.450 para a tarefa de ACM (agente censitário municipal).
Das 1,1 milhão de inscrições feitas até esta sexta-feira, 588,5 mil foram para as vagas de recenseador, e 513,5 mil, para as oportunidades de agente censitário (ACS e ACM).
Segundo o IBGE, o nível de concorrência varia de acordo com a procura e o número de vagas disponíveis em cada região. Esse detalhamento ainda não foi divulgado pelo órgão.
O instituto afirma que os números definitivos sobre inscrições validadas serão conhecidos após 16 de fevereiro. É que o prazo de pagamento das taxas de inscrição se encerra nessa data.
“Após esse prazo, o IBGE vai avaliar se o número de candidatos está favorável nos 5.297 municípios onde foram oferecidas vagas”, diz o órgão.
Caso os postos de trabalho não sejam preenchidos em determinadas localidades, o instituto pode abrir processos seletivos emergenciais, por exemplo.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Aposentados receberão R$ 960 milhões em atrasados do INSS

Publicado

em



O CJF (Conselho da Justiça Federal) divulgou nesta sexta-feira (21) que liberou o lote mensal de atrasados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para 63,7 mil beneficiários que ganharam processos judiciais para concessão ou revisão de aposentadorias, pensões e outros benefícios.
No total, foram pagos aos tribunais regionais federais R$ 960 milhões em atrasados. Segundo o conselho, 50.518 processos serão contemplados.
O dinheiro será destinado ao pagamento das RPVs (Requisições de Pequeno Valor) que foram autorizadas pela Justiça no mês de dezembro. Para ter direito a uma RPV, a ação judicial precisa ter sido concluída, com o pagamento definido pela Justiça, e com atrasados de, no máximo, 60 salários mínimos (o que corresponde a R$ 66 mil em 2021).
O cronograma de liberação dos valores em conta bancária no Banco do Brasil ou na Caixa depende de cada tribunal. O TRF-3 (Tribunal Regional Federal da Terceira Região), que atende São Paulo e Mato Grosso do Sul, informou que já começou a processar as informações e o procedimento de liberação do dinheiro aos beneficiários deve ser finalizado em até sete dias. Na região, serão pagos R$ 167,7 milhões em RPVs.

Como o lote atual contempla os atrasados autuados em dezembro, ele será o último com o valor de até R$ 66 mil, já que as RPVs autuadas a partir de janeiro passarão a considerar o salário mínimo de 2022, de R$ 1.212. Ou seja, o novo limite para receber via RPV, que sai mais rápido, passará a ser de R$ 72.720 na próxima liberação.
Os benefícios em atraso, garantidos pela Justiça, vão de revisões da aposentadoria a auxílios-doença, pensões e outros direitos.
A verba total liberada pelo CFJ em dezembro soma R$ 1,18 bilhão, mas esse montante inclui também outras RPVs, que não estão relacionadas a ações de benefícios previdenciários e assistenciais.
Para saber se seu atrasado entrou neste lote de pagamentos, o segurado pode consultar seu advogado ou entrar no site do tribunal responsável pela ação. Lá será necessário confirmar se o atrasado gerado é uma RPV e se aparece o mês de dezembro na data de autuação do atrasado.
Quem ganhou ação com valores acima de 60 salários mínimos tem direito a um precatório, e não RPV, que tem outra regra de liberação do pagamento.

COMO CONSULTAR

A consulta deve ser feita no site do Tribunal Regional Federal que atende a região. Em São Paulo, o acesso é feito pelo site do TRF-3 (https://www.trf3.jus.br/). Siga o passo a passo:
– Clique em “Consulta processual”, no quadro verde à direita;
– Clique em “Número do processo”;
– Escolha “Requisições de pagamento”;
– Clique em “Consultas por OAB, Processo de origem, Ofício Requisitório de origem ou Número de protocolo”;
– Insira seu CPF, número do processo ou OAB do advogado;
– Clique em “Não sou um robô”;
– Clique em “Pesquisar”;
– Sua RPV deve aparecer na tela;
– A data de recebimento pode ser conferida em “Data protocolo TRF”; em janeiro, são pagas as RPVs cuja data nesse campo é de dezembro de 2021.

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×