Fenasoja confirma construção de arena esportiva e cultural – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Fenasoja confirma construção de arena esportiva e cultural

Publicado

em



 

A quinta-feira, 18 de julho de 2019, ficará na história da Fenasoja. Foi neste dia que a feira deu um passo importante para a Construção de uma Arena, um Centro Poliesportivo e Cultural que terá a capacidade para cerca de 12 mil pessoas, e será construída no Parque de Exposições de Santa Rosa.

O projeto só será possível graças a cedência da área, feita pela Associação Santa-rosense de Automobilismo (ASA). A assinatura do termo de repasse ocorreu no Gabinete do Prefeito de Santa Rosa, por volta das 16h. O prefeito em exercício, Migue Knorst, o presidente da Fenasoja 2020, Elias Dallalba e o presidente da ASA, o médico Carlos Alberto Benedetti, assinaram os termos de uso da área. Com isso, a ASA passa para a Fenasoja a área, garantindo que a feira possa iniciar a construção já no mês de agosto.

Benedetti, presidente da Associação que tinha a concessão do terreno, explicou a motivação para repassar a área: “Na época ganhamos a área em comodato porque sonhávamos em ser referência em automobilismo e realizamos dois grandes eventos a nível nacional, mas hoje em dia ao percebermos que essa área poderia ser utilizada para um bem maior, incluindo esporte, lazer e cultura, então em comum acordo rescindimos a concessão cinco anos antes, assim, liberando a área para a Fenasoja. Mas para não deixar o sonho do automobilismo morrer, em contrapartida seremos apoiados pela Fenasoja e Prefeitura para breve continuar em outro local”, disse. Tanto Elias, quanto Migue, agradeceram a Benedetti e todos os integrantes da ASA pela disponibilidade e contribuição no projeto.

O projeto que contempla quadras de esportes, palco para shows e pistas de atletismo começa a sair do papel. “No dia 1º de agosto já começamos o trabalho para construção da Arena, e esperamos inaugurá-la no dia 01 de maio de 2020, na abertura da Fenasoja”, disse Elias Dallalba. Ele salientou que o projeto foi pensado em benefício da comunidade, incentivando o esporte e a cultura. “Queremos usar o espaço para formar atletas e também incentivar as ações culturais da cidade”, comemorou.

Segundo o arquiteto e urbanista Cristiano Goulart Dallagnol, trata-se de uma área desenhada para receber apresentações musicais, teatrais ou eventos esportivos. Serão 3,5 mil metros quadrados (50mX70m) de área construída, que contemplará espaço multiuso para prática esportiva e apresentações musicais ou cênicas, palco de espetáculos, três quadras poliesportivas cobertas, mais duas descobertas, pista de atletismo coberta e outra descoberta, acesso para logística de carga e descarga de equipamentos, banheiros, camarins, espaço para imprensa e camarotes.

O projeto está orçado em R$ 2,2 milhões e tem a capacidade de receber 12 mil pessoas na área coberta. Dallagnol explicou que as fundações serão com blocos de concreto a cada cinco metros de eixo, contando também com uma estrutura metálica com treliças com 50 metros de comprimento apoiadas por duas linhas intermediárias de pilares em “V” a 10 metros das bordas. Haverá quadras com pisos de concreto e areia. A cobertura será com telhas de aluzinco e pintura branca.

Elias reiterou que o investimento para a obra será repassado pelo Conselho Consultivo Permanente Fenasoja (CCPF), formado por todos os ex-presidentes da feira, além de representantes da comunidade. “No primeiro momento vamos construir com recurso próprio e buscar empresas parcerias para concluir o projeto”, destacou.

Compartilhe
Clique para comentar

0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curiosidades

Exercício ilegal da profissão é crime? Saiba Mais

Publicado

em



Todo profissional que exerce uma profissão regulamentada por lei e não possui formação específica ou uma habilitação legal ( registro, inscrição) está trabalhando de forma ilegal.
Por tanto, para exercer funções regulamentadas não basta apenas aprender ou ter uma habilidade, é necessário preencher as condições exigidas por lei.
De acordo com a lei de contravenções penais, esse tipo de atitude é considerado crime e a pena é de 15 dias à 3 meses ou multa.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Mantei libera R$ 1 milhão em obras

Publicado

em



Santa Rosa comemorou nesta quarta-feira (10), 91 anos de emancipação. No dia do aniversário do município, quem recebeu os presentes foi a comunidade. O Prefeito Anderson Mantei autorizou na manhã do feriado municipal, o início de mais duas obras. Mais de R$ 1 milhão vão ser investidos para facilitar a mobilidade urbana e melhorar a infraestrutura da cidade.
O bairro Central vai ser contemplado com 5.757,26 m² de pavimentação asfáltica, sinalização, drenagem e serviços complementares. As melhorias vão ser implementadas nas Ruas Ângelo Zenni (965,54 m²), Ijuí (1.120,26 m²), Tapera (690,51 m²), São José (845,49 m²), Farroupilha (722,79 m²) e Francisco Meinerz (1.412,67 m²). Ao todo, vão ser investidos R$ 774.601,15. O Prefeito Anderson Mantei, ressaltou os projetos em andamento e os novos desafios que têm o objetivo de preparar a Santa Rosa do centenário, “Nossa cidade vive um momento ímpar de evolução e desenvolvimento. É uma alegria poder, no dia em que Santa Rosa completa seus 91 anos, assinar o início de novas obras que vão melhorar a infraestrutura do município. Estamos trabalhando para deixar aos nossos filhos e para as futuras gerações, uma cidade próspera e cada dia melhor para se viver”.
A segunda ordem de início assinada na quarta-feira, vai beneficiar os moradores da Vila Progresso. O projeto contempla a realização da obra de drenagem pluvial na Rua Marechal Floriano, no bairro Cruzeiro. O município está investindo com recursos próprios, R$ 310.759,57, para a implementação das melhorias. O prazo de execução para as duas obras, é de 90 dias corridos, conforme contrato. A empresa responsável pela execução dos serviços, é a ENPHASE PAVIMENTAÇÕES LTDA.
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Bebê “gigante” nasce com 5,5 quilos no RS

Publicado

em



O nascimento de um bebê com 5,580 quilos e medindo 53 centímetros, em Sapiranga, no Vale do Sinos, chamou a atenção no município.  Mariana Luana veio ao mundo em 1º de agosto e as fotos da “bebê gigante” atraem olhares curiosos. A mãe, Denise Luana Krummenauer, 32 anos, conta que tem outros cinco filhos, e que todos foram considerados grandes ao nascer.

O menor deles nasceu com 3,900 quilos, outros dois nasceram com mais de 4 quilos e os outros dois com mais de 5 quilos.

De acordo com o médico pediatra e obstetra William Hara, responsável pela cesárea, Denise tem pressão alta e apresentou diabetes gestacional, condição se deve ao aumento da resistência insulínica causada pelos hormônios da gestação e é comum em casos de bebês grandes. Nas gestações anteriores Denise não apresentou hipertensão nem diabetes.

Para garantir a chegada de Mariana com saúde ao mundo, Denise teve a diabetes gestacional controlada por meio da alimentação, com dieta, sem necessidade de medicação.

De acordo com a Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, o peso médio dos bebês ao nascerem fica entre 3 quilos e 3,3 quilos.

Depois do parto, Mariana Luana ficou em observação por 48 horas, mas não apresentou hiperglicemia (nível alto de glicose no sangue) nem hipoglicemia (nível baixo de glicose), e recebeu alta.

O pai, Leomar Farias, afirma que a reação do casal foi de muita alegria com o nascimento da filha e que não esperavam tanta repercussão pelo tamanho e peso da menina ao nascer.

A gestação foi de 41 semanas, e Denise conta que teve de  parar de trabalhar quando chegou aos oito meses porque estava difícil até para se movimentar.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×