Exagerou na Ceia de Natal? Confira 5 sucos detox para aliviar o desconforto
Connect with us

Saúde

Exagerou na Ceia de Natal? Confira 5 sucos detox para aliviar o desconforto

Publicado

em

portal plural exagerou na ceia de natal confira 5 sucos detox para aliviar o desconforto
Divulgação

Nuveratopo humbeto pluralAcademia PersonaFAST AÇAÍ

Exagerou na ceia e está se sentindo cheio? Algumas opcções de suco, podem ajudar a  aliviar o desconforto e reduzir o inchaço.

Os sucos detox atuam como diuréticos naturais em nosso organismo, os ingredientes combinados eliminam resíduos e toxinas, como o sódio, por exemplo.

Além disso, esses sucos possuem alta concentração de água, contribuindo para a limpeza do corpo humano. Além de purificar e desintoxicar o organismo, os sucos detox contribuem para a saúde e são simples de preparar.

Podem ser consumidos a qualquer momento do dia, e, devido à rica presença de fibras, auxiliam no controle da fome.  O  suco de couve, pepino e maçã, por exemplo,  é reconhecido por suas propriedades diuréticas, que ajudam a regular o excesso de líquidos corporais.

Abaixo estão cinco opções  que podem te auxiliar a  desintoxicar o organismo:

1-Suco de couve, pepino e maçã

2-Suco de couve, beterraba e gengibre

3-Suco de limão, laranja e alface

4-Suco de abacaxi e couve

5-Suco de hibisco e morango

Fonte: Só noticia boa

Compartilhe

Saúde

Ministério da Saúde aumenta para R$ 755 o auxílio pago a pessoas com transtorno mental

Publicado

em

portal plural ministério da saúde aumenta para r$ 755 o auxílio pago a pessoas com transtorno mental
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
FAST AÇAÍAcademia PersonaNuveratopo humbeto plural

O Ministério da Saúde aumentou o valor do auxílio concedido a pessoas com transtorno mental que ficaram internadas por longos períodos em hospitais psiquiátricos e de custódia, de R$ 500 para R$ 755 – um reajuste de 51%.

“A estratégia busca favorecer a ampliação da rede de relações dessas pessoas e o seu bem-estar, além de estimular o exercício pleno dos seus direitos civis, políticos e de cidadania, fora da unidade hospitalar”, informou o ministério.

Segundo a pasta, o benefício mensal visa estimular a reinserção social e o bem-estar de pessoas que ficaram internadas de forma ininterrupta por dois anos ou mais. O auxílio faz parte do programa De Volta para Casa, que já atendeu mais de 8 mil pessoas em 20 anos.

No ano passado, o Ministério da Saúde criou um departamento especializado em saúde mental, focado na habilitação de novos serviços e na recomposição dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e Serviços Residenciais Terapêuticos.

Outra estratégia para ampliar o acesso à saúde mental é a construção de unidades de atendimento. O Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) prevê a criação de 150 novos CAPS em todas as regiões do País, o que permitirá o atendimento de 13,4 milhões de pessoas.

Fonte: Jornal o Sul

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Medicamentos desenvolvidos em hospital do RS reduzem necessidade de uso da bombinha contra asma

Publicado

em

portal plural medicamentos desenvolvidos em hospital do rs reduzem necessidade de uso da bombinha contra asma
Foto: Reprodução/ RBS TV
Nuveratopo humbeto pluralFAST AÇAÍAcademia Persona

A chegada do inverno, que começa nesta sexta-feira (21), aumenta a preocupação de quem sofre com doenças respiratórias. A data também marca o Dia Nacional de Controle da Asma.

Para aliviar os sintomas da asma, que não tem cura, pesquisadores da Santa Casa de Porto Alegre desenvolveram novos medicamentos disponibilizados pelo SUS para pacientes asmáticos. Esses imunobiológicos injetáveis ajudam a prevenir crises de falta de ar e reduzem a necessidade das tradicionais bombinhas.

Adalberto Rubin, chefe do Serviço de Pneumologia da Santa Casa, explica que o princípio ativo desses remédios age “no alvo da asma” e é aplicado com uma seringa semelhante a uma caneta.

“São medicamentos extremamente complexos, mas eficazes para qualquer tipo de asma. Esses imunobiológicos envolvem aplicações mensais de uma injeção subcutânea. Com isso, a cada mês, o paciente vai ao centro, recebe a aplicação do imunobiológico e tem a sua asma praticamente controlada”, afirma Rubin. Ele destaca a importância histórica das bombinhas no combate à asma, mas reconhece que as novas descobertas são mais eficazes.

“Cada dispositivo tem uma substância específica. O spray é apenas um método de administração do medicamento. Temos substâncias cada vez mais modernas e eficazes dentro dos nebulizadores e sprays, capazes de controlar a asma do paciente”, complementa Rubin.

A Santa Casa desenvolveu cinco tipos de medicamentos, dois dos quais estão disponíveis no SUS, enquanto os outros podem ser acessados por planos de saúde.

A Santa Casa também abriga o Centro de Asma Grave, um espaço semelhante a uma sala de treinamento físico, que auxilia pacientes na readaptação do organismo. Um exemplo é a aposentada Ana Luiza Mambrini, que aguarda um transplante de pulmão.

“Eu tenho bronquite asmática e enfisema pulmonar devido ao cigarro, mas principalmente por usar venenos de forma inadequada em casa. Coloquei veneno nas pedras para proteger os cachorros, mas fiz isso de maneira errada e acabei entrando em coma”, relembra Ana Luiza.

O Centro de Asma Grave oferece tratamento gratuito. Para ser atendido, o paciente deve ser indicado por um médico do posto de saúde ou hospital de referência.

Além do clima frio, os gaúchos enfrentam um problema adicional: a umidade e o mofo nas estruturas de muitos imóveis que ficaram submersos por até um mês.

“Além das casas com mofo e umidade, muitas pessoas estão em abrigos, onde o risco de transmissão de vírus aumenta. A recomendação é fazer o tratamento regularmente, especialmente agora que o frio está chegando”, aconselha Waldo Mattos, diretor da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia.

A recomendação tem base estatística: metade da população interrompe os tratamentos sem orientação médica. “Se as pessoas usarem a medicação diariamente, a chance de uma crise grave ou fatalidade diminui drasticamente. Existem remédios gratuitos na farmácia popular e nas farmácias do SUS”, destaca Mattos.

Na Farmácia Popular, os medicamentos para controle da asma são distribuídos gratuitamente mediante apresentação de receita médica.

Anualmente, ocorrem 80 mil hospitalizações de pacientes com asma no Brasil, resultando em cerca de 2,8 mil óbitos — uma média de oito mortes por dia, segundo a Sociedade de Pneumologia.

Fonte: G1

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Ansiedade: especialista ensina 5 técnicas simples para controlar crises

Publicado

em

portal plural ansiedade especialista ensina 5 técnicas simples para controlar crises
Foto: Freepik
Nuveratopo humbeto pluralFAST AÇAÍAcademia Persona

Você já sentiu aquela sensação incômoda de nervosismo ou preocupação intensa? Quando esses sentimentos se intensificam, pode ser caracterizado como ansiedade, mas um especialista oferece cinco técnicas simples para reduzir esses episódios e melhorar sua qualidade de vida.

Wagner de Lara Machado, psicólogo, especialista em saúde mental e professor universitário, acredita que incorporar algumas práticas simples no dia a dia pode fazer toda a diferença para o bem-estar.

Para Wagner, as técnicas começam com um cuidado maior consigo mesmo, cultivando bons hábitos e desenvolvendo habilidades pessoais. É fundamental também aceitar que nem sempre podemos controlar todas as situações que enfrentamos.

A ansiedade, segundo especialistas, é uma experiência humana normal, caracterizada por sentimentos de nervosismo e desconforto. Quando esses sentimentos se tornam crônicos e disruptivos, podem indicar transtornos como ansiedade generalizada, síndrome do pânico ou fobias.

No Brasil, aproximadamente 9,3% da população sofre com transtornos de ansiedade, conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Baseado em estudos, o especialista listou cinco dicas diárias para ajudar a controlar a ansiedade e seus sintomas:

  1. Autocuidado: Dedique tempo para cuidar da mente e do corpo, através de práticas como meditação, sono adequado e exercícios de respiração. Reconheça os sinais internos, como pensamentos e emoções, e busque compreendê-los.
  2. Aceitação: Entenda que nem tudo está sob nosso controle. Aceitar essa realidade pode reduzir fontes de ansiedade e frustração. Não busque a perfeição, mas estabeleça metas realistas e valorize seus progressos.
  3. Autoconhecimento: Identifique quais situações ou estímulos provocam ansiedade. Ao reconhecer padrões de pensamento e sentimentos, você pode aprender a controlá-los gradualmente.
  4. Bons hábitos: Reduza o consumo de cafeína, açúcar e alimentos industrializados, que podem desencadear sintomas de ansiedade. Pratique exercícios físicos regularmente para ajudar na regulação das emoções.
  5. Cultive seu potencial: Conheça suas habilidades e busque desenvolvê-las. Envolva-se em atividades que promovam absorção e emoções positivas, como voluntariado, gratidão e otimismo.

Os transtornos de ansiedade se distinguem por sintomas intensos e persistentes, como preocupações excessivas, medos irracionais, obsessões e compulsões. Tratamentos eficazes podem incluir medicamentos prescritos, psicoterapia com psicólogo e acompanhamento psiquiátrico.

Se você enfrenta esses desafios, não hesite em buscar ajuda profissional. Adiar o tratamento pode prolongar o sofrimento desnecessariamente.

Fonte: Só notícia boa

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×