Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Estatuto do Torcedor passa a punir torcedores violentos com mais rigor – Portal Plural
Connect with us

Esportes

Estatuto do Torcedor passa a punir torcedores violentos com mais rigor

Pável Bauken

Publicado

em



 

O Diário Oficial da União publicou nesta terça (26) uma lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro que modifica o Estatuto de Defesa do Torcedor (Lei nº 10.671, de 15 de maio de 2003) tornando mais rígidas as punições a torcedores violentos.

Segundo a nova legislação, “a torcida organizada que, em evento esportivo, promover tumulto, praticar ou incitar a violência ou invadir local restrito aos competidores, árbitros, fiscais, dirigentes, organizadores ou jornalistas será impedida, assim como seus associados ou membros, de comparecer a eventos esportivos pelo prazo de até 5 anos”. Antes a punição tinha a duração de 3 anos.

Além disso, a lei estabelece que a punição será voltada àqueles que cometerem atos violentos mesmo em locais e ocasiões diferentes aos relacionados à uma competição esportiva específica.

Desta forma estarão sujeitos a esta penalização torcedores que invadirem locais de treino, que participarem de confrontos com outras torcidas e que realizarem atos ilícitos contra esportistas, competidores, árbitros, organizadores de eventos esportivos e jornalistas.

Mudança positiva

Segundo o sociólogo e pesquisador na área de futebol e violência Maurício Murad, as mudanças são positivas: “Acho positivo o aumento da pena porque é um endurecimento da aplicação da lei, e também considero positivo ampliar a extensão dela, para além do outro torcedor adversário, pois o torcedor violento não se limita a agredir o adversário, mas agride o árbitro, o jogador, o profissional de imprensa. Então é necessário que a lei se atualize, e a ampliação é uma atualização da mesma pelo que acontece nos estádios e fora deles”.

Murad afirma que, em 32 rodadas do Campeonato Brasileiro, foram contabilizados 151 eventos violentos dentro e fora dos estádios: “Isto é muito, uma média de 5 por rodada”.

Aplicação da lei

Para o pesquisador, o maior desafio é a aplicação da lei. “As mudanças na legislação devem ser aplicadas na prática. As punições devem ser aplicadas até as últimas consequências nos termos da lei, pois, de outra forma, a melhoria, que é boa, cai no vazio, fica a letra morta”, conclui.

AGB

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Tite convoca seleção para Eliminatórias da Copa do Mundo, em novembro

Vinicius Junior, Arthur e Éder Militão voltam a compor o elenco

Pável Bauken

Publicado

em



O técnico da seleção brasileira Tite divulgou nesta sexta-feira (23) a lista de convocados para os dois próximos jogos pelas Eliminatórias para Copa do Mundo do Catar 2022. O Brasil enfrenta a  Venezuela, no Morumbi, e o  Uruguai, no estádio Centenário, na capital Montevidéu, nos dias 14 e 17 de novembro, respectivamente. Entre os relacionados, os destaques foram os retornos de Vinicius Junior (Real Madrid), Arthur (Juventus) e Éder Militão (Real Madrid), que ficaram de fora dos primeiros confrontos, com a Bolívia e Peru.

Além do trio, o atacante Gabriel Jesus (Manchester City) que estava lesionado voltou a ser chamado. O jogador do Manchester chegou a constar na última convocação, entretanto foi sacado da lista após sofrer lesão. Após o corte de Jesus, o treinador brasileiro optou por Matheus Cunha (Hertha Berlim).

Em relação aos jogadores que atuam nos Brasil, apenas quatro foram lembrados por Tite: o zagueiro Rodrigo Caio e o meio-campista Everton Ribeiro, ambos o Flamengo e o goleiro Weverton e o lateral-direito Gabriel Menino.

A seleção venceu a Bolívia e Peru nas duas primeiras rodadas das Eliminatórias, e ocupa o primeiro lugar na tabela de classificação.

Confira abaixo a lista completa de convocados:

Goleiros

Alisson – Liverpool (ING)
Ederson – Manchester City (ING)
Weverton – Palmeiras

Laterais

Alex Telles – Manchester United (ING)
Danilo – Juventus (ITA)
Gabriel Menino – Palmeiras
Renan Lodi – Atlético de Madrid (ESP)

Zagueiros

Éder Militão – Real Madrid (ESP)
Marquinhos – Paris Saint-Germain (FRA)
Rodrigo Caio – Flamengo
Thiago Silva – Chelsea (ING)

Meio-campistas

Arthur – Juventus (ITA)
Casemiro – Real Madrid (ESP)
Douglas Luiz – Aston Villa (ING)
Everton Ribeiro – Flamengo
Fabinho – Liverpool (ING)
Philippe Coutinho – Barcelona (ESP)

Atacantes

Everton – Benfica (POR)
Gabriel Jesus – Manchester City (ING)
Neymar – Paris Saint-Germain (FRA)
Richarlison – Everton (ING)
Roberto Firmino – Liverpool (ING)
Vinicius Jr – Real Madrid (ESP)

ebc

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Seleção brasileira permanece em terceiro no ranking da Fifa

Reporter Plural

Publicado

em

LUCAS FIGUEIREDO

Bélgica continua na liderança, com França em segundo

A Fifa divulgou nesta quinta-feira (22) mais uma edição de seu ranking de seleções. A classificação não sofreu grandes modificações, especialmente nas dez primeiras posições, onde a Bélgica permanece na liderança, a atual campeã mundial França continua em segundo, e a seleção brasileira em terceiro.

O ranking foi divulgado após a realização dos jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo e da Liga das Nações (competição entre seleções europeias).

Entre os 10 primeiros colocados da classificação, aconteceram poucas modificações, com a Espanha assumindo a sexta posição no lugar de Portugal (sétima), e a Argentina assumindo a oitava posição no lugar da vice-campeã mundial Croácia (nona).

A equipe que mais ganhou posições no ranking foi Malta, que ultrapassou seis seleções para alcançar a 180ª colocação. A próxima edição do ranking de seleções da Fifa será divulgado no dia 26 de novembro.

 

FONTE AGENCIA BRASIL

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Fifa anuncia sorteio das Eliminatórias Europeias da Copa de 2022 em 7 de dezembro

Reporter Plural

Publicado

em

Ilustração Google

O sorteio das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022 no Catar vai ser realizado em 7 de dezembro, em uma cerimônia sem representantes das federações por causa da pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito, nesta quinta-feira, pela Fifa.

As 55 seleções serão divididas em cinco grupos com seis equipes cada e outras cinco chaves com cinco times cada. Todos vão se enfrentar em sistema de jogos ida e volta entre os meses de março e novembro de 2021. Os dez primeiros colocados se classificam diretamente para o Mundial.

Os dez segundos colocados vão disputar uma repescagem, juntamente com os melhores colocados da Liga das Nações 2020/2021, que não se classificaram direto para a Copa do Mundo e nem ficaram em segundo lugar em seus grupos.

As 12 seleções que disputarão a repescagem serão divididas em eliminatórias diretas em março de 2022, que apontarão os classificados para a Copa do Catar.

FONTE: CONTEUDO ESTADÃO
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×