Especialista em nutrição fala sobre os benefícios dos chás – Portal Plural
Connect with us

Saúde

Especialista em nutrição fala sobre os benefícios dos chás

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Existem chás para uma infinidade que nos ajudam em diversos problemas de saúde. Isso aprendemos desde cedo, geralmente com nossas avós, que sempre possuem um deles para gripe, dor de cabeça ou problemas no estômago.

 

 

Mas engana-se quem pensa que isso é apenas cultura das vovós e não possui de fato propriedades imprescindíveis para o nosso dia a dia.

Os chás são comprovadamente um remédio natural.

Segundo Ermelinda Vela Bertoldi, especialista em nutrição, isso ocorre por eles serem fitoterápicos, ou seja, apresentam funções que auxiliam o nosso organismo. Existem chás de ervas, de flores, e cada um possui uma propriedade específica. Ermelinda exemplifica, os mais comuns que são chás como os de camomila, de hortelã e de maracujá que ajudam na ansiedade. ‘Também há os chazinhos emagrecedores, que são termogênicos, como um chá de hibisco, ou de canela com gengibre e hortelã.

Eles são excelentes para serem tomados durante o dia, por auxiliarem na questão de retenção de líquidos e também promovem mais energia para atividades físicas.’

Além disso, essa bebida tão tradicional entre os ingleses, e há muito tempo adotada pelos brasileiros, é capaz de auxiliar no aperfeiçoamento das funções cognitivas, devido a presença de cafeína em algumas composições. Esse item também ajuda na concentração e na capacidade de aprendizado. E para quem sofre com problemas de tensão pré-menstrual (TPM), a especialista afirma que chás de ervas e sálvia tem o poder de diminuir a irritação e a ansiedade características do período Completando os inúmeros benefícios apresentados por essa bebida, seguidamente a ciência tem feito novas descobertas sobre o assunto.

Assim, chegou-se à conclusão que ingerir três xícaras de chá por dia proporcionam a quebra da gordura no fígado, facilitando no combate da cirrose, doenças hepáticas crônicas. ‘Além de reduzir o desenvolvimento de doenças arteriais coronárias, como as do coração, morte cardíaca, infarto cerebral e até mesmo hemorragia intracerebral’, destaca a especialista. E para preparar um chá que mantenha todas as propriedades adequadas, é muito simples.

Primeiro de tudo, Ermelinda ressalta que não se deve ferver a água com as ervas ou as flores junto, pois elas podem tornarem-se tóxicas.

O correto, é a preparação através da infusão. Deixa-se que a água ferva, e depois, faça-se uma infusão com os ingredientes desejados. Abafa-se o recipiente, e deixe agir entre 5 e 8 minutos. Estará pronto para o consumo, podendo ser bebido quente ou frio. Mas antes de tudo, a especialista aconselha: ‘O ideal é consultar um nutricionista fitoterápico, que é conhecedor da área, e com essa indicação estar fazendo o chá correto, pois existem ervas que acabam sendo tóxicas e não são indicadas para chá.’

 

 

FONTE: Estadão

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

SARS-CoV-2: Estudo revela que vírus sobrevive três dias em tecidos

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Três dos tecidos mais frequentemente usados ​​por profissionais de saúde no exercício da profissão representam um risco significativo de transmissão do vírus

Um estudo da De Montfort University, em Leicester, alerta que o vírus que causa a Covid-19 pode sobreviver em tecidos usados até três dias, segundo a BBC.

Os pesquisadores testaram um modelo semelhante ao coronavírus em poliéster, poli algodão e 100% algodão.

A experiência foi realizada adicionando gotículas do vírus aos tecidos. Depois, foi medida a estabilidade do mesmo em cada material por 72 horas.

Os resultados mostraram que o poliéster apresenta o maior risco de transmissão, com o vírus ainda presente após três dias e com a capacidade de se transferir para outras superfícies. No algodão 100%, o vírus permaneceu durante 24 horas, enquanto que no poli algodão, o vírus sobreviveu apenas seis horas.

“Quando a pandemia começou, havia muito pouco conhecimento de quanto tempo o coronavírus poderia sobreviver em tecidos”, explicou a microbiologista e líder do estudo, Katie Laird. “As nossas descobertas mostram que três dos tecidos mais frequentemente usados ​​na área da saúde representam um risco de transmissão do vírus. Se enfermeiros e outros profissionais de saúde levarem os seus uniformes para casa, eles podem deixar rastro do vírus em outras superfícies”, acrescentou.

O estudo também analisou o método de lavagem mais confiável para remover o vírus do tecido 100% algodão. O vírus foi completamente eliminado quando o detergente foi usado e a temperatura aumentada para acima de 67°C.

O estudo está atualmente sob revisão de pares.

 

FONTE: Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Gordura localizada: Três dos piores alimentos para a barriga

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Existem alguns alimentos que parecem causar um aumento de peso quase instantâneo. Sim, falamos sobre a temida gordura da barriga.

 

Segundo a Eat This, Not That!, esse tipo de aumento de peso é conhecido como ‘tecido adiposo profundo’ e pode até levar a alguns problemas mais sérios, como doenças cardíacas, diabetes e Alzheimer.

Então, quais os alimentos culpados pela ‘barriga instantânea’?

Pão branco: O pão branco é altamente refinado e deve ser evitado para perder gordura da barriga. Estudos mostraram que comer as versões integrais pode, na verdade, diminuir os depósitos de gordura visceral da sua barriga.

Chocolate: Nem todo chocolate é mau. Na verdade, o chocolate amargo traz benefícios para a saúde. O problema é o chocolate ao leite – as tabletes de chocolate ao leite são carregadas de açúcar e calorias.

Cereal: Os cereais açucarados e coloridos levam ao excesso de gordura da barriga. Muitos cereais são ricos em açúcar, mas pobres em fibras e proteínas, então, em breve, sentirá fome novamente.

 

FONTE: Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Saúde

Nonoai e Chapecó anunciam Barreira Sanitária no Goio-Ên divisa do RS e SC

Reporter Regional

Publicado

em



Governo Municipal de Nonoai, através da Defesa Civil, em parceria com a Defesa Civil do Município de Chapecó estará realizando, neste final de semana, dias 27 e 28 de fevereiro (sábado e domingo respectivamente) uma Barreira Sanitária nas proximidades do Posto de Fiscalização do Goio-Ên.

A iniciativa liderada pela Prefeita Adriane Perin de Oliveira tem por objetivo conscientizar e combater a proliferação do Coronavírus na divisa do Estado do Rio Grande do Sul com Santa Catarina.

Durante a ação, que iniciará às 8 horas e se estenderá até às 17 horas, os agentes de Defesa Civil, da Vigilância Sanitária e voluntários, estarão aferindo a temperatura corporal das pessoas que passarem pelo local e conscientizando da importância dos protocolos de segurança e de combate a pandemia.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Nonoai
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×