Escolinha de Trânsito em pleno desenvolvimento em Santa Rosa – Portal Plural
Connect with us

Ensino

Escolinha de Trânsito em pleno desenvolvimento em Santa Rosa

Pável Bauken

Publicado

em



 

O Governo Municipal de Santa Rosa, através do Departamento de Mobilidade Urbana, segue com as atividades da Escolinha de Trânsito, promovendo ações permanentes para mudar o comportamento das pessoas, buscando um trânsito mais seguro para o município.

As atividades educativas com a Escolinha de Trânsito abrangem as instituições de ensino com atividades práticas nas escolas do município. Nessa semana a ação foi realizada na EMEI Bem Me Quer, na vila Winkelmann.

De acordo com o Diretor de Mobilidade Urbana, Carlos Lozekan, as atividades em prol de um trânsito mais humanizado e seguro são desenvolvidas pela secretaria de Desenvolvimento Urbano e se propõem a desenvolver uma política permanente de educação e conscientização para um trânsito mais seguro e humanizado e a Escolinha de Trânsito desempenha esse papel.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ensino

Começa implantação das Aulas Remotas na Rede Estadual de Ensino

Professores e alunos serão capacitados para uso da plataforma Google Classroom

Pável Bauken

Publicado

em



Começou a implantação das Aulas Remotas na Rede Estadual de Ensino. A iniciativa compõe o modelo híbrido de ensino, que também compreende as aulas presenciais, sem data de retorno.  A ação, que segue ao longo do ano letivo de 2020, irá proporcionar, por meio do Google Classroom, a criação de mais de 37 mil turmas espelhadas e mais de 300 mil ambientes virtuais divididos por componentes curriculares. O projeto ainda oferece, em parceria com a Assembleia Legislativa, um pacote de dados de internet personalizado para alunos e professores. Acesse o hotsite clicando aqui.

De acordo com o secretário estadual da Educação, Faisal Karam, a prioridade à proteção da vida de alunos, professores e funcionários fez com que a Seduc acelerasse a implementação de recursos tecnológicos que assegurarão a continuidade do ano letivo aos alunos da Rede Estadual de Ensino. “Diante da implementação das Aulas Remotas, garantiremos a preparação de professores e alunos para este novo momento.  Faremos uma adaptação frente a esta nova realidade, oferecendo todo o suporte para professores e estudantes”, destaca.

Calendário de Preparação

Para que todos estejam preparados para a utilizar a plataforma, a Secretária Estadual da Educação do Rio Grande do Sul realizará capacitação durante os meses de junho e julho, em duas etapas, com os professores e estudantes da Rede Estadual de Ensino.

A primeira etapa, chamada de Ambientação Digital, ocorrerá entre os dias 1º e 13 de junho e envolverá o processo de inserção dos professores e alunos na plataforma Google Classroom. Nesse período, serão detalhadas as informações de acesso, como login e senha, para que todos possam iniciar o período de capacitação. Aqui, os estudantes e educadores iniciam o processo de aprendizado sobre a utilização de todos os recursos disponíveis na plataforma.

A segunda etapa, que começa em paralelo no dia 8 de junho, promoverá as capacitações em Letramento Digital, fornecendo aos professores o conhecimento para a preparação de aulas na forma não presencial. Os conhecimentos digitais dos alunos também serão avaliados nessa etapa, a fim de que seja possível compreender o nível de entendimento sobre a plataforma de ensino. A partir do resultado dessa avaliação, será possível reforçar aspectos que não estejam claros aos estudantes, para que, em seguida, possam iniciar as lições.

A partir do dia 29 de junho, iniciam as aulas que utilizam a Matriz de Referência, definida por componente curricular de cada ano. Esta matriz será norteadora das aprendizagens para este novo modelo híbrido (presencial e não presencial).

Recursos tecnológicos

Através da plataforma Google Classroom serão criadas todas as turmas por escola e disciplina com todos os alunos e professores alocados automaticamente.  O espaço virtual ainda irá contar com recreio, sala dos professores, serviço de orientação educacional (SOE), coordenação pedagógica e salas exclusivas para capacitação dos educadores.

As formações dos professores serão divididas nos seguintes tópicos: Google Chrome, Google Gmail, Google Documentos, Google Planilha, Google Drive, Google Agenda, Google Forms, Google Meet, Google Apresentações, Google Classroom, Oficina de Práticas Pedagógicas sobre Aprendizagem baseada em problemas, Oficina de Práticas Pedagógicas sobre Sala de Aula Invertida e Oficina de Práticas Pedagógicas com TICs Educacionais (Tecnologias da Informação e da Comunicação).

Acesso à internet

A Seduc disponibilizará internet patrocinada no celular, exclusivamente para conteúdos educacionais, para alunos e professores que não possuem acesso.

Para aqueles que não possuem aparelho celular as escolas funcionarão em regime de plantão com agendamento, respeitando todos os protocolos de saúde, para que possam utilizar a estrutura da instituição de ensino

Já nos casos de alunos que não tenham nenhuma possibilidade de acesso digital, as coordenadorias e as escolas farão a entrega de conteúdo diretamente na casa dos estudantes.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Ensino

Matrícula no ensino superior a distância aumentou 45% de 2016 a 2018

Dados são da plataforma interativa Quero Bolsa

Pável Bauken

Publicado

em

© Divulgação/MCTIC

O número de matriculados em instituições de ensino superior público na modalidade a distância aumentou 45% entre 2016 e 2018. A taxa de matrícula alcançou 173 mil estudantes, segundo informações do Censo da Educação Superior de 2018.

Os dados foram levantados pela plataforma interativa Quero Bolsa, criada para estudantes buscarem auxílio e descontos para inscrição em faculdades particulares.

Esse aumento ocorre depois de anos consecutivos de queda constante. Em 2010, o número de estudantes matriculados no ensino público a distância era de 182 mil, representando queda de 34%.

São Paulo é o estado com maior número de matriculados, com mais de 42 mil alunos. Em último lugar, aparece o Distrito Federal, com apenas 4. Confira os cinco estados com maior número de inscritos: São Paulo – 42.787; Rio de Janeiro – 35.226; Piauí – 11.928; Paraná – 10.349 e Maranhão – 8.306.

O curso com maior número de matriculados é o de pedagogia, com 37.475 alunos. Também se destacam engenharias e cursos de formação de professores. Confira os 10 primeiros colocados: pedagogia – 37.475; formação de professor em matemática – 16.570; administração pública – 13.286; engenharia de produção – 11.582; formação de professor em letras/português – 10.014; formação de professor em biologia – 9.136; engenharia de computação – 7.599; administração – 7.469; formação de professor em geografia – 6.752; formação de professor em história – 5.037.

Sisu

A partir do segundo semestre deste ano, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) também disponibilizará vagas de cursos a distância. O Sisu oferta vagas em instituições públicas de ensino superior com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Segundo Ministério da Educação (MEC), as instituições de ensino superior deverão oferecer um meio digital para que o estudante entregue a documentação necessária à matrícula. Além disso, as instituições devem publicar na internet a lista de espera por curso, turno e modalidade de concorrência, assim como a sistemática adotada para convocação dos candidatos.

Apesar da nova oferta no Sisu, um em cada três estudantes (33,5%) que tentaram vaga no curso superior, nos últimos cinco anos, por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), não tem acesso à internet e a dispositivos como computador ou celular, que permitam, por exemplo, aprender por meio da educação a distância.

Conforme análise dos dados colhidos nas respostas do questionário socioeconômico aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na inscrição para o Enem nos últimos cinco anos, 65,9% dos egressos desse nível de ensino declararam acessar internet e celular; 61,9% tinham computador e celular; e 54,81% tinham os dois dispositivos e acessavam a rede mundial de computadores. Quase 98% declararam ter celular. Os dados também foram compilados pela plataforma Quero Bolsa.

ebc

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Ensino

Palestra de Educação Ambiental on-line para alunos do 7º ano do colégio Concórdia

Pável Bauken

Publicado

em



Ministrada pela Educadora Ambiental Francieli Puhl, servidora da secretaria de Desenvolvimento Sustentável, a palestra on-line abordou o tema relacionado ao meio ambiente, ser humano X meio ambiente e suas consequências. A convite da direção do colégio a atividade aconteceu nesta sexta-feira, 29.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

×