Escolas terão que oferecer curso de primeiros socorros – Portal Plural
Connect with us

Geral

Escolas terão que oferecer curso de primeiros socorros

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Aprovada por unanimidade pelo Senado, a Lei 13.722/2018, mais conhecida como Lei Lucas, torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros de professores e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados de educação básica e de estabelecimentos de recreação infantil.

 

 

O curso deverá ser ofertado anualmente para a capacitação e/ou a reciclagem de parte dos professores e funcionários dos estabelecimentos de ensino e recreação.

O nome da nova legislação, Lei Lucas, presta homenagem ao menino Lucas Begalli Zamora de 10 anos que morreu engasgado, com um lanche durante um passeio escolar, sem que ninguém pudesse socorrê-lo.

De acordo com Luiz Guilherme Calderon, CEO do Instituto Terzius, um centro de treinamento que oferece cursos para profissionais da área da saúde e capacitações em primeiros socorros para leigos, quanto maior o número de pessoas treinadas e prontas para o primeiro atendimento em primeiros socorros, melhor é o prognóstico das vítimas.

Segundo ele, no caso de obstrução das vias aéreas, o reconhecimento precoce por um corpo estranho é essencial. Em casos de obstrução parcial ainda pode existir uma boa troca de ar, ou seja, nesse cenário os socorristas devem incentivar a vítima a tossir e é muito importante estar ao lado monitorando a situação, já que se a obstrução parcial evoluir para uma obstrução total o serviço médico de emergência deve ser acionado imediatamente.

Nos casos em que a obstrução é total a vítima fica impossibilitada de falar, chorar, a troca de ar fica insuficiente ou inexistente, a tosse é ineficaz, além da possibilidade de ocorrer a cianose (“lábios roxos”). Nesse tipo de situação, se a vítima for um adulto ou uma criança a partir de um ano, é fundamental acionar, imediatamente, o serviço médico de emergência e iniciar manobras de desobstrução com aplicação de força na região abdominal no sentido para dentro e para cima até que a vítima volte a falar. Caso ela perca a consciência, deve-se iniciar as ressuscitações cardiopulmonares.

As ações em bebês – menores de 1 ano – são diferentes de adultos e crianças. Em caso de obstrução parcial da via aérea, remova a roupa do bebê, sente-se em uma cadeira ou ajoelhe-se no chão e segure-o de barriga para baixo, apoiando-o em seu antebraço, com a cabeça um pouco mais baixa que o resto do corpo. Você pode apoiar o seu cotovelo em sua perna para dar mais segurança. Dê cinco “tapas” nas costas no sentido do bumbum em direção a cabeça e depois vire o bebê de barriga para cima e realize, com dois dedos, cinco compressões no meio do tórax. Essa manobra deve ser executada até que o objeto seja removido ou até que a vítima comece a chorar ou pare de responder. Caso ela pare de responder, coloque-a em uma superfície rígida e plana, pode ser no chão, e inicie compressões cardíacas, completa Luiz Guilherme Calderon.

Os estabelecimentos de ensino de educação básica e de recreação infantil terão até o início de abril deste ano para se adequarem às normas da Lei 13.722/2018. O não cumprimento pode acarretar em notificação, multa, e até cassação do alvará de funcionamento ou da autorização concedida pelo órgão de educação, quando se tratar de creche ou estabelecimento particular de ensino ou de recreação, ou a responsabilização patrimonial do agente público, quando se tratar de creche ou estabelecimento público.

O Instituto Terzius oferece o curso Heartsaver (Salva-corações) para qualquer pessoa que precisa aprender a atender e lidar com uma emergência de primeiros socorros. No formato do curso, os alunos participam de simulações de situações clínicas e de estações de aprendizagem que incluem temas como Ressuscitação Cardiopulmonar, o uso do desfibrilador externo automático (DEA), Desengasgo e Sangramento (Bleeding Control) em adultos, crianças e bebês.

Website: http://www.terzius.com.br

 

 

FONTE: Estadão

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cachorro cai do 2º andar de prédio e atinge carro

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Testemunhas contaram que animal estava sozinho em casa e despencou da janela. Barney foi levado ao veterinário e passa bem.

 

Câmeras de segurança de um prédio no Riacho Fundo I, no Distrito Federal, registraram o momento em que um cachorro despencou da janela do segundo andar (veja vídeo completo abaixo). Barney, de três anos, caiu sobre o capô de um dos carros estacionados em frente ao edifício.

O caso foi por volta das 10h30 desta quinta-feira (18). A gravação mostra que, apesar do susto, o cão se levantou e continuou caminhando.

Segundo a tutora dele, a autônoma Rayssa Borges, o animal havia fugido de casa na quarta (17), no setor de chácaras, e foi abrigado por uma moradora da mesma região – que tentava encontrar a dona do cachorro.

“Nossa família tinha ido à missa e ele ficou sozinho em casa. Barney tem medo da chuva e de relâmpagos. Ele fugiu para rua e não estávamos conseguindo encontrar”, contou a tutora ao G1.

No momento da queda, Barney também estava sozinho na varanda do apartamento onde foi abrigado. A reportagem não localizou a dona do apartamento.

“A mulher que recebeu ele em casa tinha outro cachorro. Ela disse que encostou a janela, mas não trancou. Não imaginava que ele fosse conseguir abrir, mas ele abriu e pulou do segundo andar”, disse Rayssa.

Barney após cair de segundo andar de prédio no Riacho Fundo I, no DF — Foto: Arquivo pessoal

Ainda segundo a tutora de Barney, após a queda da janela, um homem que presenciou a cena, encontrou o cachorro vagando pelas ruas e o levou até o veterinário. Na clínica, médicos atestaram que foi apenas um susto e que o animal estava bem. A dona disse ao G1 que vai reencontrá-lo ainda nesta sexta- feira (19).

A vice-presidente da Comissão de Defesa de Direitos dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), de Taguatinga, Ana Paula Vasconcelos, contou que, ao saber do caso, chegou a registrar um boletim de ocorrência, por maus-tratos, na delegacia, já que havia a suspeita de que o animal poderia ter sido arremessado da janela. No entanto, ela retirou a queixa ao confirmar que se tratava de um acidente.

“Situações como essa retratam que cada vez mais a sociedade está atenta para casos que possam configurar casos de maus-tratos.”

 

FONTE: G1

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Vaca ataca homem em frente de casa lotérica

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Imagens divulgadas mostram segurança levando golpe do animal

Em Agrestina, na região Agreste de Pernambuco, uma imagem viralizou. Um segurança de uma lotérica foi atacado por uma vaca. Nas imagens do circuito interno é possível ver o homem parado em frente à casa lotérica, quando aparece o animal. O homem se assusta, tenta se defender, mas a vaca da um golpe nele, que o derruba no chão e o bovino sai correndo pela calçada.

O homem se levantou e não se feriu. Foi apenas um susto. O caso foi na quarta-feira (17.fev).

Ele falou com a reportagem da TV Jornal/SBT e conta como foi essa situação. Assista ao boletim do repórter Luiz Carlos Fernandes.

 

 

FONTE: SBT

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Chefe de Polícia tem reunião virtual com os novos delegados da instituição

Reporter Regional

Publicado

em



Na manhã desta quarta-feira (24), ocorreu uma reunião virtual com os 55 novos Delegados de Polícia formados no ano de 2020. Sob coordenação da Chefe de Polícia, delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, além da participação do subchefe, delegado Fábio Motta Lopes, do corregedor geral da Polícia Civil, delegado Joerberth Pinto Nunes, a reunião abordou assuntos relacionados à orientação e avaliação da fase de estágio probatório, orientações sobre a imagem institucional e comunicacional, trocas de experiências e adequação das funções.

95fff807 2879 4a93 aa23 34968c3ce9d8

Os novos delegados assumiram como desafio o trabalho voltado à elucidação de fatos criminais e a administração de órgãos policiais na região metropolitana e no interior do Estado.

A nova turma de delegados é composta por 37 homens e 18 mulheres, com idades entre 45 e 27 anos. Do total, 29 são do Rio Grande do Sul; 5 do Rio de Janeiro e de Santa Catarina; 3 do Paraná e 2 de Minas Gerais, do Rio Grande do Norte e do Distrito Federal. Os demais são da Bahia, Ceará, Espírito Santo, Piauí, Pernambuco, Rondônia e São Paulo.

 

Fonte: Polícia Civil

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×