Entenda os motivos para a desvalorização do dólar – Portal Plural
Connect with us

Economia

Entenda os motivos para a desvalorização do dólar

Publicado

em



Desde o começo do ano, o real já acumula alta de 7,5% em relação à moeda norte-americana

O Brasil é o país onde o dólar mais perdeu valor em 2022. A moeda norte-americana teve uma desvalorização de 7,5% no país, segundo a Refinitiv. Nesta quarta-feira (16), o dólar caiu mais 0,99%, cotado a R$ 5,129, menor valor desde julho do ano passado.

Além do Brasil, outros países de natureza exportadora aparecem na lista. No Chile, o dólar se desvalorizou 6%, enquanto na África do Sul ficou com uma desvalorização de 5,8%.

Por outro lado, na zona do euro, o dólar se valorizou 0,1%. Assim como no Reino Unido (0,4%) e na Turquia (2,3%).

O que explica a desvalorização?

Quatro fatores explicam a valorização do real. O primeiro deles é o aumento na taxa básica de juros que tem sido feito pelo Banco Central (BC) para conter a inflação, esse movimento acaba atraindo dinheiro estrangeiro para o país.

Em seguida está a expectativa de alta gradual do juro nos Estados Unidos, outro fator que favorece o real. Nesta quarta-feira (16), o banco central dos EUA, o Federal Reserve (Fed), divulgou uma nova ata, mas não realizou mudanças no juro.

Outro ponto é o enfraquecimento de pautas políticas com impactos fiscais em Brasília. Observamos discussões mais responsáveis com as contas públicas.

Por fim, o tema do receio do mercado com as eleições em outubro deste ano. Os investidores estrangeiros se mostram menos preocupados com uma possível troca de governo em 2023.

Fonte:CNN

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Etanol e açúcar lideram ranking da inflação em 2021

Publicado

em



Problemas na safra de cana e dificuldade de abastecimento da demanda pressionaram preços (mais…)

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Economia

Itens da ceia de Natal têm diferença de preço de 124,72%

Publicado

em



Levantamento feito pelo Procon de São Paulo com produtos que compõem a ceia de Natal apontou diferença de preço de até 124,72%. A coleta de preços foi realizada nos dias 29 e 30 de novembro e 1º de dezembro nos sites de sete supermercados.
Foram comparados os preços de 63 dos seguintes itens de diferentes marcas: azeites, bombons, lentilhas secas, conservas, farofas prontas, frutas em calda, panetones, chocotones e carne.

Entre os produtos analisados, um azeite de oliva de 500 ml custava R$ 44,90 em um estabelecimento e R$ 19,98 em outro, diferença de R$ 24,92. Um panetone com gotas de chocolate de 400 gramas foi encontrado a R$ 20,78 em um estabelecimento e R$ 14,99 em outro.
Na comparação com o levantamento feito no ano passado, houve aumento de 17,11% no preço médio.
Especialistas do Procon-SP recomendam planejar o cardápio e montar listas dos alimentos e bebidas antes da ida ao supermercado para evitar compras por impulso. Orientam também que o consumidor faça uma comparação entre os preços praticados pelos diferentes estabelecimentos.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Petrobras reduz em 3% preço da gasolina para distribuidoras

Publicado

em



A Petrobras informou nesta terça-feira (14) que o preço da gasolina terá redução de 3% nas refinarias a partir da quarta-feira (15), uma queda média de R$ 0,10 por litro. O preço para as distribuidoras passa de R$ 3,19 para R$ 3,09 por litro, informou a empresa, confirmando declarações recentes do presidente da República, Jair Bolsonaro.
O diesel não teve o preço alterado.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×