Connect with us

Ensino

Ensino de Astronomia alinhado à Base Nacional Comum Curricular” em duas escolas de Horizontina

Pável Bauken

Publicado

em



 

Durante os meses de setembro e outubro de 2019, a doutoranda Michele Tamara Reis do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da UFSM, sob a orientação do professor Dr. Everton Lüdke, desenvolveu o Projeto intitulado “Ensino de Astronomia alinhado à Base Nacional Comum Curricular” em duas escolas do município de Horizontina, contemplando educandos dos anos finais do Ensino Fundamental.

O objetivo do projeto foi investigar interesses e concepções acerca do tema Astronomia, além de acompanhar o processo de aprendizagem dos educandos a partir do desenvolvimento de um ensino de Astronomia alinhado à Base Nacional Comum Curricular, por meio de materiais didáticos com cunho investigativo e experimental.

O projeto foi desenvolvido na Escola Municipal de Ensino Fundamental Monteiro Lobato no período da manhã e na Escola Municipal de Ensino Fundamental Cristo Rei no período da tarde, sendo essas atividades no contra turno escolar com educandos do 6° ao 9° anos. Foram 7 encontros de 3 horas com cada turma, totalizando 21 horas de atividades.

O Projeto Astronomia buscou contemplar as habilidades relacionadas aos objetos de conhecimento sugeridos na Unidade Temática Terra e Universo da BNCC, para cada turma dos anos finais dos Ensino Fundamental. Ao final do projeto, 83 educandos tiveram 75% de presença e receberam um certificado de participação.

No dia 28 de Outubro, a Doutoranda Michele juntamente com os educandos que participaram do Projeto Astronomia, marcaram presença na Feira do Livro de Horizontina, com apresentação do projeto para a comunidade e exposição de materiais relacionados à Astronomia.

Viabilizar esse projeto envolveu a Secretária de Educação, professora Ivete Fátima da Silva e a coordenadora dos anos finais do Ensino Fundamental da Secretaria de Educação, professora Vera Lunardi. Agradecimento foram prestados também a todos os integrantes das escolas, especialmente os educandos que participaram do projeto, e as diretoras, professora Cleusa Maria Vione do Cristo Rei e a professora Adriane Elis Sichinel da Monteiro Lobato, por todo apoio prestado ao longo do desenvolvimento do projeto.

Certamente o tema de alguma forma contribuiu para o processo de aprendizagem dos educandos, bem como propiciado momentos de reflexões e aprendizagens sobre a importância da Astronomia, a fim de compreender um pouco mais o planeta onde vivemos e tudo o que nos cerca no Universo.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ensino

FEMINHA tem matrículas abertas

Atende crianças a partir dos quatro meses de idade

Pável Bauken

Publicado

em



O aprendizado que passa pelas mãos é mais gratificante para as crianças. Por isso, na Educação Infantil – FEMINHA, a forma de APRENDER transforma os estudantes em PROTAGONISTAS, aprimorando funções cognitivas e também socioemocionais. Crianças a partir dos quatro meses são divididas entre as turmas do Berçário, Maternal, Pré-escola e Turno Integral. A FEMINHA oferece um ambiente amplo, arejado e adequado, onde os pequenos realizam atividades que estimulam a criatividade, ludicidade e imaginação.

Educação Socioemocional, Aulas de Arte, Inglês, Educação Física, Hora do Conto, Espaço para Recreação, Parque com Brinquedos, Sala de Inovação, Biblioteca, Meditação, Tecnologia Digital são alguns dos diferenciais da Instituição. Além disso, proporciona formação de qualidade, com professoras e monitoras qualificadas.

As matrículas estão abertas até completar o número de vagas disponíveis. Mais informações, sobre as turmas e a proposta pedagógica, pelo fone 3511 9100

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Ensino

MEC suspende início das inscrições para o Prouni

Cronograma inicial previa abertura do prazo nesta terça-feira

Reporter Cidades

Publicado

em

Fernando Frazão/Agência Brasil

Inicialmente programadas para terem início nesta terça-feira (28), as inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) foram suspensas pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira (27). O ministério ainda não estipulou nova data.

A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região suspender a divulgação do resultado das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Segundo o MEC, o cronograma do do Sisu e o do Prouni, ambos programas de acesso à educação superior, só serão divulgados após uma decisão final da justiça.

O Sisu oferta vagas em instituições públicas de ensino superior. Já o Prouni oferta bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior. Mas ambos utilizam notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Como foi comprovada a falha na correção (http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-01/inep-encontra-inconsistencia-em-correcao-do-enem) de algumas provas do Enem, a justiça atendeu o pedido da Defensoria Pública da União (DPU) de suspender a divulgação dos resultados do Sisu. A ideia é não comprometer a transparência e a lisura do procedimento que dá acesso às vagas, seja de um programa, seja de outro.

Segundo a DPU, em seu pedido, a revisão das notas pode provocar alteração nos resultados finais de todos os candidatos. E essa alteração, ainda que de décimos, pode ser a diferença entre conseguir ou não a vaga pretendida.

O MEC, no entanto, vai disponibilizar aos estudantes a consulta de bolsas do Prouni, uma vez que se trata apenas de uma informação. Com isso, a consulta das mais de 251 mil bolsas relativas ao processo seletivo 1/2020 já está aberta.

EBC

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Ensino

Cerca de 70% das inscrições do Sisu são feitas por dispositivos móveis

Pável Bauken

Publicado

em

Cada candidato pode sinalizar o interesse em até dois cursos | Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil / CP

Cerca de 70% das inscrições do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) têm sido feitas por dispositivos móveis, como celulares e tablets. Segundo o Ministério da Educação, até o início da tarde, 2.095.174 inscrições foram realizadas por 1.108.434 pessoas. Cada candidato pode sinalizar o interesse em até dois cursos.

De acordo com o MEC, a lentidão no acesso ao sistema acontece em virtude da adaptação ao novo modelo adotado nesta edição. A partir deste ano, o sistema está em nuvem, fora dos servidores da pasta, para viabilizar que mais usuários possam acessar ao mesmo tempo, adaptar o portal para aparelhos mobile e economizar recursos. O sistema já registrou 7 mil inscrições por minuto.

O Sisu é a principal maneira de acessar o ensino superior público com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), divulgada na semana passada. Para participar da seleção, é obrigatório não ter zerado a redação na edição de 2019 do exame. Neste semestre, são 237.128 vagas em 128 instituições de ensino superior públicas de todo o país. A inscrição é gratuita e deve ser feita na página do participante.

Correio do Povo

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Trending

×