Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Enem registra mais de 3,5 milhões de inscritos – Portal Plural
Connect with us

Ensino

Enem registra mais de 3,5 milhões de inscritos

Pável Bauken

Publicado

em

© Marcello Casal JrAgência Brasil


Em meio à dúvidas se as datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão mantidas, a edição 2020 da prova já contabiliza mais de 3,5 milhões de inscrições. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Exame, as inscrições podem ser feitas normalmente até as 23h59 da próxima sexta-feira (22).

Adiamento

A realização do Enem é alvo de questionamentos judiciais. Ontem (18) a Defensoria Pública da União (DPU) entrou com recurso no Tribunal Regional Federal da 3ª Região pedindo que a decisão de manter o exame durante a pandemia do coronavírus seja revista. Em abril, o órgão conseguiu uma liminar favorável ao adiamento das datas da prova, mas a medida foi derrubada pelo desembargador Antônio Cedenho atendendo a um pedido da Advocacia Geral da União (AGU).

A DPU argumenta que inúmeros estudantes, sobretudo os mais pobres, não possuem acesso à internet, nem tampouco materiais didáticos em suas residências’, o que prejudicaria a preparação para o Exame. “Ainda que haja recomendação para que os estudantes continuem os seus estudos durante o período de pandemia pela vida remota, sabe-se que as condições de estudo para os alunos brasileiros são desiguais”, ressaltam os defensores João Paulo Dorini e Viviane Ceolin Dallasta Del Grossi no o documento.

Em nota, também publicada ontem, o Inep lembrou as medidas que já foram tomadas para a realização da prova, como o adiamento da data de outubro para novembro, mas admitiu que o órgão poderá rever mais uma vez a data do Enem.

Segundo o Inep, em reunião do Comitê de Emergência criado para debater questões relativas à educação durante a pandemia, já foi admitida a possibilidade de alteração no cronograma da prova. “Foram destaques das discussões, no âmbito desse Comitê, as tratativas empreendidas a respeito do cronograma do Enem 2020, ocasião em que já se demonstrou abertura para nova alteração da data de aplicação das provas, tão logo o cenário fique mais definido, o que se reafirma na presente nota”, diz o comunicado do órgão vinculado ao Ministério da Educação.

Senado

Também pelo adiamento do Enem está na pauta desta terça-feira (19) do plenário do Senado o projeto de Lei (PL) 1.277/2020, da senadora Daniela Ribeiro (PP-PB), que suspende a aplicação do Exame em casos de calamidade pública. Se aprovado o texto seguirá para análise dos deputados.

Enem Digital

Para o Enem Digital não há mais vagas. As 101,1 mil vagas oferecidas se esgotaram desde a semana passada. A prova é a versão informatizada do Enem. Em vez de cadernos de provas e cartão de respostas em papel, os participantes inscritos no Enem Digital fazem as provas diretamente no computador. Os candidatos não farão a prova em casa. A aplicação será em laboratórios de informática em diversas faculdades brasileiras. Nessa opção o candidato receberá um cartão de confirmação da inscrição no Enem com o endereço da faculdade e o laboratório de informática onde fará a prova, sob supervisão dos fiscais no Enem.

Prova

Tanto na versão impressa como na digital, a estrutura do exame permanece com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

Datas

Se não houver nova alteração no calendário, o Enem impresso será aplicado nos dias 1º e 8 de novembro, e a versão digital, em 22 e 29 de novembro.

Taxa

Este ano por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Ministério da Educação e o Inep concederão isenção do pagamento da taxa de inscrição, de acordo com os critérios previstos nos editais, independentemente do pedido formal. Quem não atende aos requisitos para a isenção da taxa de inscrição deve pagar o boleto de R$ 85, até 28 de maio.

O candidato que precisar de algum recurso especial de acessibilidade deve fazer a solicitação no ato da inscrição para a versão impressa do Enem. Este ano gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar foram incluídos na denominação “especializado”.

ebc

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ensino

Diploma de ensino superior aumenta renda em 182%, mostra pesquisa

Reporter Global

Publicado

em



 

O levantamento foi feito pelo Instituto Semesp e pela Sumplicity

 

 

Pesquisa Sindicato de Mantenedoras dos Estabelecimentos de Ensino Superior (Semesp), mostra que, após a conclusão do ensino superior, os alunos egressos têm um aumento de renda mensal da ordem de 182%, levando em conta aqueles que já trabalhavam durante a graduação. O levantamento, divulgado hoje (3), foi feito pelo Instituto Semesp e pela Symplicity.

A pesquisa contou com a participação gratuita e facultativa de 9.228 egressos e alunos da educação superior, entre os dias 13 de outubro a 16 novembro de 2020, por meio virtual.

Segundo o levantamento, apenas 2,5% dos entrevistados recebiam mensalmente um valor acima de R$ 5 mil antes de concluir o ensino superior. Já após o término, esse percentual salta para 31,5%. Entre os que responderam a pesquisa, 38,9% recebia até mil reais antes de se formar. Já 27,1% dos egressos de curso superior disseram que passaram a receber de cinco mil a dez mil reais após a conclusão do curso.

A pesquisa mostra também que há uma diferença significativa entre a renda mensal dos homens e das mulheres egressos do ensino superior: 17,4% dos homens, nessa condição, recebem mais de R$ 10 mil, enquanto apenas 6,1% das mulheres apresentam rendimento nessa faixa.

Na atividade principal, 58% dos egressos afirmaram trabalhar com carteira assinada, vínculo mais citado pelos participantes. Em segundo lugar (16,2%), aparecem os funcionários públicos. Os demais 25,8% citaram trabalhar com vínculos empregatícios como autônomos, com contrato temporário, sem carteira assinada, freelancer, serem empresários, ou outros.

 

Financiamento estudantil

De acordo com o levantamento, seis a cada 10 egressos entrevistados pagavam mensalidade durante a graduação, a maioria com o auxílio de bolsa ou financiamento estudantil. O restante (40%) estudou em uma instituição pública. Para 59% dos egressos dos cursos privados não seria possível concluir o curso de ensino superior se não tivessem bolsa ou financiamento para auxiliar no custeio das mensalidades. Na rede pública, esse percentual foi menor (46,1%), apesar de muitos estudantes citarem a necessidade de auxílios como moradia, alimentação, e transporte.

 

 

Agencia Brasil

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Ensino

Vestibular de Verão 2021 acontece nesta sexta e sábado

Pável Bauken

Publicado

em



As provas presenciais do Vestibular de Verão da FEMA acontecem nos dias 04 e 05 de dezembro, na Unidade III. Há vagas para os Cursos Superiores em Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Gestão de Recursos Humanos e Gestão da Tecnologia da Informação.

Quem optou pela prova de redação online receberá o link www.fema.com.br/processoseletivo/prova no comprovante de inscrição e no e-mail. O link vai permitir o acesso ao ambiente da redação que deverá ser feito com o preenchimento do nome e do CPF. O link, quando acessado, ficará aberto por duas horas para concluir a redação. Esgotado o período, o ambiente será fechado e a prova será considerada concluída. A prova de redação, tanto online como presencial, será do tipo NARRATIVA.

Vale destacar que as inscrições podem ser feitas até sexta-feira, dia 04 de dezembro no site www.fema.com.br.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Unijuí aplica prova do Vestibular de Verão no domingo

Pela primeira vez, processo seletivo de Verão será online

Pável Bauken

Publicado

em



Com o encerramento das inscrições na última segunda-feira, a Unijuí agora prepara-se para a aplicação da prova do Vestibular de Verão neste domingo, dia 6 de dezembro. Pela primeira vez, o processo seletivo será online, em razão da pandemia de covid-19. Os candidatos terão das 8h às 14h para desenvolver uma redação, a partir de um tema que será sorteado.

“Teremos um banco de temas para a redação. A nossa sugestão é que, até o dia da prova, os candidatos confiram quais são as principais notícias do momento”, explicou a vice-reitora de Graduação, Fabiana Fachinetto, destacando, ainda, a procura positiva pelos cursos da Instituição. Medicina Veterinária, Agronomia e Direito foram os cursos que apresentaram o maior número de inscritos.

E não foi apenas o processo seletivo que acabou repaginado neste ano. Por meio da Graduação Mais, a Unijuí é pioneira, na região, na reformulação dos projetos dos cursos, levando a comunidade para dentro da Universidade, a partir de práticas que serão desenvolvidas desde o primeiro semestre pelos estudantes. “A partir do próximo ano, os acadêmicos terão disciplinas que possibilitarão a vivência da prática profissional, juntamente com os conhecimentos teóricos. Acreditamos muito nessa reinvenção. Também estamos levando, para dentro dos cursos, disciplinas relacionadas ao mercado profissional, que envolvem iniciativas ligadas ao empreendedorismo, à oratória, ao conhecimento de marketing, entre várias outras”, reforçou a vice-reitora.

Outra novidade é que, com a reformulação dos projetos, o preço dos cursos reduziu em aproximadamente 15 e 20%. “Passamos por um momento de crise e entendemos a importância da educação para podermos superá-la. Por isso, além dessa reinvenção pedagógica e redução dos preços, todos os acadêmicos ingressantes em 2021 poderão ter acesso ao CrediUnijuí, que é um financiamento próprio da instituição. Por meio dele, possibilitamos que o estudante pague o seu curso no dobro do tempo, sem ter atrelada uma taxa de juros mensal. O único reajuste que ocorrerá é o reajuste anual da mensalidade”, destacou Fachinetto.

Até o dia 6 de dezembro, as inscrições seguem abertas para o Vestibular de Medicina, cuja prova será aplicada no dia 13 de dezembro, de forma presencial – seguindo todos os protocolos de segurança e distanciamento.

Informações sobre os dois processos seletivos estão disponíveis em www.unijui.edu.br/vestibular.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×