Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Emissão de passaportes cresce no primeiro semestre de 2019 – Portal Plural
Connect with us

Mundo

Emissão de passaportes cresce no primeiro semestre de 2019

Pável Bauken

Publicado

em



 

A assistente de marketing Ayumi Fumayama tirou um novo passaporte em março deste ano, já que planeja fazer um intercâmbio de um mês a Califórnia em setembro. O documento de Ayumi faz parte dos mais de 1,5 milhão de passaportes produzidos no primeiro semestre de 2019. A emissão cresceu pelo segundo ano consecutivo, segundo dados da PF (Polícia Federal) enviados com exclusividade ao R7.

O levantamento aponta que foram emitidos 1.296.325 documentos no primeiro semestre de 2017, 1.487.074 no mesmo período de 2018 e 1.598.977 no mesmo período de 2019. O aumento foi de 23,34% do primeiro semestre de 2017 para o mesmo período de 2019. Em 2019, o maior número de emissões (296.162) aconteceu no mês de maio. No sentido contrário, o menor número foi registrado em junho (236.838).

“Sempre mantenho o passaporte válido, mesmo que sem viagem marcada, porque nunca se sabe né?”, diz Ayumi. O documento venceria em maio deste ano e a emissão do novo passaporte foi tranquila. “O horário marcado foi respeitado e em uma semana estava pronto”, explica.

O especialista em turismo Bruno Guimarães diz que o aumento é um primeiro passo para o setor. “Se a pessoa tirou um passaporte, ela tem no mínimo a intenção de viajar, que pode ser de curto, médio ou longo prazo”, afirma.

Segundo Guimarães, hoje o turismo movimenta, direta ou indiretamente, outras 60 atividades, como a rede hoteleira, aluguel de carros, táxis e restaurantes. Para saber se de fato as pessoas estão viajando mais, será necessário avaliar os indicadores de embarque e desembarque nos próximos meses.

O diretor executivo da AVP documentação, Orlando Matheus, afirma que no caso dos intercâmbios, por exemplo, o período de emissão de passaportes é sazonal, com altas em novembro e dezembro e junho e julho. “Para quem vai fazer um high school (ensino médio no exterior), as aulas começam em setembro. Em junho e agosto a demanda é grande por isso. Já em novembro começa novamente por causa das pessoas que vão viajar em dezembro e janeiro”, afirma.

O executivo afirma que a pode emissão estar maior este ano por causa das eleições e das melhores expectativas para a economia. O Ministério do Turismo disse ao R7, em nota, que “diversos podem ser os motivos para o aumento na emissão do passaporte e o Ministério do Turismo não dispões de nenhum estudo sobre o tema. O aumento da emissão não significa, necessariamente, que mais brasileiros estão viajando para o exterior”.

O processo de solicitação do passaporte começa pelo preenchimento de um formulário online e pagamento da taxa de emissão, que é de R$ 257,25 neste ano. O interessado deve preencher o documento com informações pessoais e clicar em “imprimir” ao final, para gerar a GRU (guia de recolhimento da união).

O agendamento do atendimento só será feito depois do pagamento da taxa. Depois disso, é preciso acessar o site da Polícia Federal novamente e selecionar a guia “Agendar atendimento”. Com o atendimento agendado, o requerente precisa reunir a documentação necessária e ir até o posto selecionado. A previsão normal de entrega do passaporte é de seis dias úteis.

Mesmo os brasileiros que já possuem passaporte precisam emitir um novo, inclusive com um novo número, depois do vencimento. O documento tem validade de 10 anos para maiores de 18 anos e varia de um a cinco anos de acordo com a idade do menor.

Fonte Correio do Povo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Nasa escolhe Nokia para montar rede 4G na Lua

Reporter Plural

Publicado

em

A Nokia foi escolhida pela Nasa para construir a primeira rede celular na Lua

HELSINQUE (Reuters) – A Nokia foi escolhida pela Nasa para construir a primeira rede celular na Lua, disse a empresa finlandesa nesta segunda-feira, enquanto a agência espacial dos Estados Unidos planeja um futuro em que os humanos retornem e estabeleçam assentamentos lunares.

A Nasa pretende mandar humanos novamente à Lua até 2024 e trabalhar para uma presença de longo prazo no satélite por meio do programa Artemis.

A Nokia disse que o primeiro sistema de comunicação de banda larga sem fio no espaço será construído na superfície lunar no final de 2022, antes que humanos voltem para lá.

A companhia fará parceria com uma empresa privada de design de naves espaciais sediada no Texas, a Intuitive Machines, para entregar o equipamento na Lua por meio de um módulo lunar. A rede se configurará sozinha e estabelecerá um sistema de comunicações 4G/LTE na Lua, disse a Nokia, embora o objetivo seja no final mudar para 5G.

A rede dará aos astronautas capacidades de comunicação por voz e vídeo e permitirá a troca de dados biométricos e telemétricos, bem como a implantação e o controle remoto de veículos lunares e outros dispositivos robóticos, de acordo com a empresa.

Ela será projetada para suportar as condições extremas de lançamento e pouso lunar e para operar no espaço. Terá que ser enviada à Lua de uma forma extremamente compacta para atender às rígidas restrições de tamanho, peso e energia das cargas espaciais.

A Nokia disse que a rede utilizará 4G/LTE, em uso mundial na última década, em vez da mais recente tecnologia 5G, em razão do maior conhecimento sobre a primeira, bem como confiabilidade comprovada. A empresa também “buscará aplicações espaciais da tecnologia sucessora do LTE, o 5G”.

FONTE : G1

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Modelo fatura R$ 56 mil vendendo água do próprio banho em site de fetiches

Modelo já vendeu vídeo arrotando e soltando pum; vídeos são vendidos por cerca de R$ 250

Reporter Global

Publicado

em

Emily Knight fatura em site de fetiches inusitados (Reprodução/Instagram)

A modelo americana Emily Knight, de 21 anos, está faturando 7,8 mil libras esterlinas por semana, algo em torno de R$ 56 mil, ao vender algo bastante esquisito: água do próprio banho.

Em um site para fãs com fetiches inusitados, a modelo faz a festa e já vendeu vídeos, acredite, arrotando e soltando pum. Esse tipo de vídeo bastante estranho é vendido por cerca de R$ 250. Peças íntimas também são itens disponíveis aos interessados.

“O pedido mais estranho que fiz foi provavelmente dormir diante das câmeras. Alguns caras só querem me ver dormir, eu acho”, contou Emily ao site britânico Daily Star.

SBT

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Importar pequena quantidade de sementes de maconha não é crime

Reporter Plural

Publicado

em

Ilustração Google

A decisão é da terceira seção do Superior Tribunal de Justiça

Em julgamento de embargos de divergência, a Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou que a importação de poucas sementes de maconha não é suficiente para enquadrar o autor da conduta nos crimes previstos na Lei de Drogas. Ao reconhecer a atipicidade da conduta, o colegiado determinou o trancamento da ação penal.

Com a decisão, tomada por maioria de votos, a seção resolveu a divergência entre a Sexta Turma ? que já tinha essa orientação ? e a Quinta Turma ? que defendia o reconhecimento da lei.

A relatora dos embargos, ministra Laurita Vaz defendeu que a substância psicoativa encontrada na planta Cannabis sativa – o tetra-hidrocanabinol (THC) – não existe na semente, razão pela qual fica afastado o enquadramento do caso julgado como crime de tráfico.

Laurita Vaz destacou ainda que o entendimento firmado pelo STJ está em consonância com decisões recentes do Supremo Tribunal Federal (STF), que também tem reconhecido a ausência de justa causa e determinado o trancamento de ações penais nos casos que envolvem importação de sementes de maconha em reduzida quantidade, especialmente porque tais sementes não contêm o princípio ativo da droga.

O réu do caso havia importado 16 sementes da Holanda.

Fonte: SBT NEWS
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×