Emater prevê safra recorde de soja no verão – Portal Plural
Connect with us

Agro

Emater prevê safra recorde de soja no verão

Publicado

em



 

A Emater/RS-Ascar apresentou na manhã desta terça-feira (27/08) a primeira estimativa para a safra 2019-2020, na Casa Institucional no Parque Assis Brasil, em Esteio, durante a 42ª Expointer. Os dados indicam que a soja baterá recorde histórico com aumento na produção de 6,81% em relação ao ano anterior. O Rio Grande do Sul deverá colher 1,2 milhão de toneladas a mais do grão, chegando a 19,7 milhões. A área e a produtividade também devem aumentar em 1,93% e 4,31%, respectivamente, o que significa um acréscimo de 112 mil hectares e 137 kg/ha, chegando a 5,9 milhões de hectares de soja e 3,3 mil kg/ha.

O evento, que apresenta a primeira estimativa de área, produção e produtividade das principais culturas de verão no Estado contou com a presença do secretário de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Covatti Filho, do presidente da Emater/RS, Geraldo Sandri, superintendente federal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Rio Grande do Sul, Bernardo Todeschini, do diretor técnico da Emater/RS, Alencar Rugeri, e do diretor administrativo da Emater/RS, Vanderlan Vasconselos.

O secretário Covatti ressaltou a parceria da secretaria com a Instituição e o empenho em ampliar a produção de milho para que o Estado se torne autossustentável. Além disto, o secretário ressaltou outras ações em conjunto como a instalação da energia solar fotovoltaica no Parque de Exposições Assis Brasil e ainda o apoio a formação das agroindústrias desde o planejamento até a legalização.

Sandri destacou justamente como “a cereja do bolo” da assistência técnica e extensão rural social o trabalho junto às agroindústrias, que culmina com a venda na Expointer. “As agroindústrias produzem, transformam, agregam valor e motivam o jovem a ficar na propriedade”, avaliou. O presidente apresentou ainda outras ações desenvolvidas pela Emater/RS-Ascar em consonância com a Seapdr.

O diretor técnico Rugeri apresentou o levantamento da safra e destacou a metodologia adotada para a captação das informações, o que contribui para a confiabilidade do documento. O levantamento aponta um aumento de 5,76% no total produzido no Estado em relação ao ano anterior, equivalente a 1,8 milhão de toneladas, totalizando uma estimativa de 33,2 milhão de toneladas para os quatro principais grãos de verão (soja, milho, arroz e feijão 1ª safra).

Os dados, coletados entre 22 de julho e 07 de agosto deste ano, foram levantados junto às seguintes unidades operativas da Emater/RS-Ascar: 119 escritórios municipais para a cultura do arroz, 245 para feijão primeira safra, 449 escritórios municipais para milho grão, 388 para soja e 416 para milho silagem, além de 12 escritórios regionais e do Escritório Central.

A Emater/RS-Ascar realizou levantamento sobre as percepções/intenções dos produtores e dos demais atores da cadeia produtiva (cooperativas, comércio de insumos, bancos, por exemplo) em relação à safra de grãos 2019-2020.

O levantamento contemplou uma amostra que cobriu 98,45% da área a ser cultivada com arroz, 80,31% com feijão primeira safra, 95,52% com milho grão, 98,02% para área com soja e 94,01% para milho destinado à silagem.

Confira a estimativa da soja e dos demais grãos de verão, em tabelas:

SOJA | SAFRA 2019-2020

(Amostra de 98,02% da área de cultivo)

Ano/safra Área (ha) Produtividade (kg/ha) Produção (t)
2018-2019* 5.843.714 3.178 18.487.353
2019-2020** 5.956.504 3.315 19.746.793
dif. +112.790 +137 +1.259.440
Variação (%) 1,93% 4,31% 6,81%

*Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA/IBGE (jul./2019).

**Estimativa Emater/RS-Ascar.

 

MILHO GRÃO | SAFRA 2019-2020

(Amostra de 95,52% da área de cultivo)

Ano/safra Área (ha) Produtividade (kg/ha) Produção (t)
2018-2019* 763.956 7.516 5.739.403
2019-2020** 771.578 7.710 5.948.712
dif. +7.622 +194 +209.309
Variação (%) 1,00% 2,58% 3,65%

*Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA/IBGE (jul./2019).

**Estimativa Emater/RS-Ascar.

 

MILHO SILAGEM | SAFRA 2019-2020

(Amostra de 94,01% da área de cultivo)

Ano/safra Área (ha) Produtividade (kg/ha) Produção (t)
2018-2019* 340.010 39.011 13.264.073
2019-2020** 338.108 37.052 12.527.591
dif. -1.902 -1.959 -736.482
Variação (%) -0,56% -5,02% -5,5%

*Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA/IBGE (jul./2019).

**Estimativa Emater/RS-Ascar.

 

FEIJÃO 1ª SAFRA | 2019-2020

(Amostra de 80,31% da área de cultivo)

Ano/safra Área (ha) Produtividade (kg/ha) Produção (t)
2018-2019* 36.666 1.585 57.867
2019-2020** 36.027 1.740 62.672
dif. -638 +155 +4.805
Variação (%) -1,74% 9,78% 8,30%

*Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA/IBGE (jul./2019).

**Estimativa Emater/RS-Ascar.

 

ARROZ | SAFRA 2019-2019

(Amostra de 98,45% da área de cultivo)

Ano/safra Área (ha) Produtividade (kg/ha) Produção (t)
2018-2019* 981.287 7.419 7.173.313
2019-2020** 961.377 7.813 7.510.872
dif. -19.910 +394 +337.559
Variação (%) -2,03% 5,31% 4,71%

*Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA/IBGE (jul./2019).

**Estimativa Emater/RS-Ascar.

 

COMPARAÇÃO DA PRODUÇÃO ANUAL DA SAFRA DE VERÃO 2018-2019 E 2019-2020 (t)

2018-2019* 2019-2020** Variação (t) Variação (%)
Soja 18.487.353 19.746.793 1.259.440 6,81%
Milho 5.739.403 5.948.712 209.309 3,65%
Arroz 7.173.313 7.510.872 337.559 4,71%
Feijão 1ª Safra 57.867 62.672 4.805 8,30%
Total 31.457.936 33.269.049 1.811.113 5,76%

*Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – LSPA/IBGE (jul./2019).

**Estimativa Emater/RS-Ascar

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro

Cotrirosa investe em infraestrutura para recebimento de grãos

Publicado

em



Vários investimentos estão sendo feitos para melhorar e agilizar o recebimento de grãos nas diferentes unidades da Cotrirosa. Entre eles estão a instalação de tombador em São Paulo das Missões e a colocação de uma balança rodoviária de 18 metros com capacidade de 80 toneladas na unidade de Cândido Freire, em Giruá.

Segundo o presidente da Cotrirosa, Clenir Antonio Dalcin, esses investimentos são para melhorar o atendimento aos associados e clientes. “As melhorias que estamos fazendo são para facilitar e, principalmente, agilizar o atendimento no recebimento de grãos. As obras estarão disponíveis já para esta safra de trigo”, comenta Clenir.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Agro

Horizontina pagará mais uma parcela dos incentivos à produção de leite e suínos

Publicado

em



As famílias produtoras de leite e suínos, cadastradas no Programa Municipal Mais Produção, Mais Benefícios, do Governo Municipal de Horizontina através da SMDR – Secretaria de Desenvolvimento Rural, devem apresentar notas comprobatórias da produção entregue a indústria nos meses de Junho, Julho e Agosto de 2021, para se habilitarem ao recebimento do incentivo financeiro.

O prazo é até dia 30 de setembro, quinta-feira, junto ao Departamento de Fomento Agropecuário – Sala 7 do Prédio da Estação Rodoviária Municipal. As notas devem ser trazidas na ordem pelos produtores, afim de agilizar os atendimentos, informa a SMDR.

Portanto, 30 de Setembro, prazo final para apresentação das notas de vendas de leite e suínos dos meses de Junho, Julho e Agosto de 2021. A não apresentação no prazo, é considerada desistência do recebimento dos incentivos nos meses correspondentes a essa fase de pagamentos.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Agro

RS recebe certificado de estado livre da febre aftosa

Publicado

em



O Rio Grande do Sul foi oficialmente reconhecido como estado livre da febre aftosa. Dessa forma, reduz-se o custo que os produtores têm para vacinar os mais de 40 milhões de bovinos do estado. O reconhecimento internacional já havia sido feito em maio, mas a entrega do certificado oficial da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) foi (10), pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, durante a cerimônia de abertura oficial da 44ª Expointer, em Esteio (RS).

“Mais de 40 milhões de cabeças deixam de ser vacinadas no Rio Grande do Sul [a partir desse reconhecimento]”, disse a ministra ao lembrar que o número corresponde a mais de 20% da população bovina brasileira, e a uma economia de R$ 90 milhões com a compra de 60 milhões de doses anuais de vacina.

“Esse reconhecimento confirma o elevado padrão sanitário de nossa agropecuária e a possibilidade de busca de novos mercados e ampliação de produtos a serem exportados aos mercados que já temos acesso”, discursou a ministra na Expointer.

Fonte: EBC

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×