Dupla sertaneja do RS Leo & Cauhã lança música em parceria com João Neto e Frederico – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Dupla sertaneja do RS Leo & Cauhã lança música em parceria com João Neto e Frederico

Pável Bauken

Publicado

em



No mês de outubro a dupla Léo & Cauhã lança a música “Ex que volta com Ex” com a participação da dupla sertaneja João Neto e Frederico. O single é uma composição da Fabrika Hitz de Nando Marx, Flavinho Tinto e Douglas Mello, São Paulo-SP.

O primeiro EP da dupla é intitulado “Léo & Cauhã Para Sempre”, conta com sete faixas produzidas pelo produtor musical Hudson Hostins e direção vocal de Wlad Borges ambos de Goiânia-GO.

A dupla é formada por Leonardo Chitolina e Cauhã Pereira, ambos naturais da cidade de Santa Rosa/RS.

Amigos desde a infância começaram cedo na música, e sempre tiveram o sonho de cantar juntos. Levam em seus currículos artísticos, anos de experiência tocando em diversas bandas de diferentes estilos musicais.

A carreira da dupla iniciou ao final do ano de 2018 na cidade de Nova Candelária situada no noroeste do Rio Grande do Sul, e desde então Léo & Cauhã vem ganhando espaço no cenário musical sertanejo.

“Ex que Volta com Ex” já está disponível em todas as plataformas digitais e rádios do Brasil.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Campanha de doação do HVS: “Você pode ajudar no enfrentamento à COVID-19”

Pável Bauken

Publicado

em



Diante do pior momento da pandemia, o Hospital Vida & Saúde, através da Unidade Dom Bosco, torna a solicitar o apoio da comunidade com doações. Através do Programa Voluntariado, estão sendo recebidas doações em dinheiro e materiais, como Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Com um aumento significativo no número de atendimentos com COVID-19, o Vida & Saúde precisou remanejar alguns serviços para melhor atender na Unidade Especializada em Problemas Respiratórios e COVID-19 e manter os atendimentos de urgência e emergência, sem prejudicar a qualidade da assistência hospitalar.

Com o reagendamento de alguns procedimentos, o Hospital inicia um processo de redução de receitas. Além disso, tem convivido, desde o início da pandemia, com o aumento de gastos em outros setores de apoio da Instituição, já que a demanda de serviços aumentou muito em função da nova Unidade. Soma-se a isto também, o aumento dos custos com medicações, equipamentos de proteção individual e oxigênio.

Por isso, doações de luvas descartáveis, máscaras de proteção facial, álcool em gel e aventais descartáveis se fazem necessárias neste momento. As doações podem ser entregues na portaria do Hospital Vida & Saúde ou encaminhadas em dinheiro via depósito bancário nas contas disponibilizadas pelo Hospital.

Confira o vídeo da campanha.

Contas disponibilizadas para doação:

BANRISUL:
Banco 041
Agência 0355
Conta 06.001910.5-0

BANCO DO BRASIL:
Banco 001
Agência 0339-5
Conta 20.1000-3

SICREDI:
Banco 748
Agência 0307
Conta 92071-3

UNICRED:
Banco 136
Agência 1320
Conta 127571

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Secretaria de Desenvolvimento Social lança Campanha de Alimentos

Pável Bauken

Publicado

em



Faz parte da Secretaria de Desenvolvimento Social de Santa Rosa, o atendimento às famílias que estão em situação de vulnerabilidade e risco social. Em função da pandemia, a busca por alimentos tem aumentado significativamente. Por isso, a Secretaria de Desenvolvimento Social lançou uma campanha de arrecadação.

Segundo a Secretária Rita Strasser, a ajuda da comunidade é extremamente importante, “Quero reforçar o apoio das pessoas neste momento em que os usuários estão precisando muito de alimentos. Toda doação nos ajuda, pois disponibilizamos cestas básicas através do Centro de Referência de Assistência Social-CRAS”. Doações preferencialmente de alimentos não perecíveis: feijão, massa, arroz, óleo, leite em pó, açúcar, farinha). As entregas podem ser na antiga LBA (Minas Gerais 86, diagonal com edifício Panorâmico). Plantão para recebimento dos alimentos de segunda a sexta-feira das 7h30h às 12h e das 13h às 18h. Contato para dúvidas 35115110.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Governo recorre para restabelecer ensino presencial para educação infantil e 1° e 2° anos do ensino fundamental

Pável Bauken

Publicado

em



A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) interpôs, na tarde desta segunda-feira, (1°/3), recurso de agravo de instrumento buscando suspender os efeitos da liminar proferida pela juíza da 1ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central da Comarca de Porto Alegre, em ação Civil Pública ajuizada pela Associação Mães e Pais pela Democracia (AMPD).

A decisão combatida suspendeu a realização de aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do Estado do Rio Grande do Sul, enquanto vigente a decretação de bandeira preta do sistema de Distanciamento Controlado, independentemente de autorização nos protocolos específicos da bandeira.

Em suas razões, a PGE destaca que, em virtude do alerta máximo para o enfrentamento da Covid-19 e da aplicação, em caráter extraordinário das medidas sanitárias referentes à bandeira final preta em todo o Estado e da suspensão da cogestão, a educação só admite atividades na modalidade remota, ressalvados apenas a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental (1º e 2º anos), se reduzindo, assim, a movimentação de pessoas e, consequentemente, a circulação do vírus.

Conforme a manifestação, a possibilidade de atividades presenciais para educação infantil e para os dois primeiros anos do ensino fundamental está embasada na segurança sanitária obtida nas escolas a partir de rigorosos protocolos sanitários e na essencialidade do ensino presencial para as crianças que se encontram nos níveis iniciais de ensino.

A PGE ressalta que é pressuposto para o funcionamento de escolas a elaboração do Plano de Contingência pelo COE-E Local (Centro de Operações em Emergência) e seu encaminhamento ao COE-Regional, que deverá emitir parecer favorável, bem como acompanhar a execução das medidas propostas e avaliar a necessidade de revisão e ajustes no âmbito das Instituições de Ensino. A Portaria Conjunta SES/Seduc nº 01/2020 elenca uma série de ações e medidas de distanciamento social e de cuidado pessoal, de prevenção, monitoramento e controle da transmissão, tornando o ambiente escolar um local seguro para a permanência dos alunos.

Do ponto de vista educacional, a argumentação da Procuradoria destacou que as crianças menores, que ainda se encontram no início da vida escolar, sofrem maior prejuízo em seu desenvolvimento integral, pedagógico, inclusive no processo de alfabetização, dadas as dificuldades de aprendizado pelo sistema integralmente remoto e da necessidade de vínculo afetivo para potencializar o processo de aprendizagem.

Além da segurança sanitária nas escolas, a suspensão prolongada das atividades presenciais impossibilita que o Estado atenda às finalidades constitucionais, causando incontáveis prejuízos à saúde mental de crianças de mais tenra idade, incapazes de compreender a situação atualmente vivenciada e de desenvolver de forma minimamente satisfatória atividades na modalidade remota.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×