“Devemos fazer bem o dever de casa agora, para ter a tranquilidade adiante”, diz Délcio Stefan – Portal Plural
Connect with us

Destaque

“Devemos fazer bem o dever de casa agora, para ter a tranquilidade adiante”, diz Délcio Stefan

Publicado

em



Conversamos com Délcio Stefan, presidente da Fundação Municipal de Saúde (FUMSSAR), após a confirmado de Coronavírus em Santa Rosa. “Em nossa cidade e região existe uma rede de saúde muito bem estruturada para fazer esse enfrentamento, após essa confirmação a população deve seguir os mesmos cuidados que vem fazendo, continuar no isolamento, quando mais isolamento menos vai circular o vírus, assim evitando um pico muito alto de internação qual é um dos maiores problemas no mundo e no país, se contaminar muitas pessoas de uma vez não existe estrutura hospitalar para dar esse suporte”.

“Essa confirmação iria ocorrer mais cedo ou mais tarde, mantemos a mesma linha de cuidado, 80% dos casos serão atendidos na atenção básica, logo adiante ocorrerá internação clínica ai podem ocorrer dificuldades se tiver um número muito grande de pacientes, por que não existe hospital suficiente em lugar nenhum do país, a partir de sábado (28/03), será aberto o ambulatório no Hospital Dom Bosco, para centralizar nesse local todas as ações do Coronavírus” ressaltou Délcio.

Sobre o isolamento social ele disse, “Precisamos evitar o máximo o contato com as pessoas nesses dias, se isso não ocorrer lá adiante ocorrerá um pico muito grande de contaminados com o coronavírus, precisamos fazer bem esse isolamento e baixar o máximo o contágio. É muito ruim ter que fechar o comércio, mas se não conseguir fazer bem essa primeira etapa muitas pessoas vão pagar com a vida, defendemos o isolamento social, a questão financeira vai doer para todos nós, mas se abrir o comércio nesse momento não terá clientela, notamos que o Presidente (Bolsonaro), determinou a abertura das igrejas, mas nenhuma igreja abriu, e não devem abrir para juntar pessoas, e para o comércio não é diferente, devemos fazer bem o dever de casa agora para ter a tranquilidade ali adiante”.

Sobre o nome do paciente e local onde mora ele disse, “Estas informações serão preservadas, se divulgar cria todo um tumulto para essa pessoa e vizinhança, todas as ações de saúde foram realizadas, agora vamos monitorar o isolamento”, finalizou.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Santa Rosa vacinou 50% da população contra COVID-19

Publicado

em



A Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa já aplicou 52.503 doses contra a COVID-19. Do total, 36.617 foram de primeira dose (D1), o que representa 50% da população vacinada com D1 no município. De segunda dose 13.548 (D2) e 2.338 de dose única (DU), sendo assim, 15.886 pessoas estão com a imunização completa, 21,6% dos santa-rosenses. Os dados são do último informativo da campanha divulgado nesta quinta-feira (15). Os registros estão de acordo com os dados fornecidos pelas Unidades Básicas de Saúde.

Santa Rosa está com metade da população vacinada com primeira dose. Para o presidente da Fundação Délcio Stefan, esse é um momento muito importante que mostra o avanço da vacinação em Santa Rosa, “Ter um em cada dois santa-rosenses vacinados com primeira dose é algo que nos dá muita alegria, isso mostra o quanto estamos avançando em relação à vacinação. Nosso agradecimento aos profissionais e equipes que com dedicação se empenham diariamente na imunização contra a COVID-19”.

Santa Rosa está vacinando pessoas a partir dos 40 anos. As doses estão sendo aplicadas em todas as Unidades Básicas de Saúde, até terminarem os estoques. O atendimento é mediante agendamento prévio por telefone ou presencial. Também estão sendo aplicadas de forma antecipada a segunda dose da vacina AstraZeneca. Quem já recebeu a primeira dose da vacina há no mínimo dez semanas, já pode buscar uma das 18 unidades de saúde para completar o esquema vacinal.

Todos que forem se vacinar precisam levar documento com foto, CPF, cartão SUS e se possível caderneta de vacinação. A expectativa para as próximas semanas conforme chegarem novas doses é ir avançando na vacinação por faixa etária. Informações sobre a COVID-19, boletins diários, dicas de prevenção e solução de dúvidas podem ser encontrados no site da fundação: https://www.fumssar.com.br/. Ao acessar o site, o usuário tem acesso a todos estes dados e aos telefones de contato no enfrentamento a COVID-19 do município, estado e do país.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Homem é preso em flagrante por tráfico de drogas em Horizontina

Publicado

em



A Polícia Civil, em ação conjunta das Delegacias de Polícia de Três de Maio e de Horizontina, sob a coordenação dos Delegados João Vittório Barbato e Antônio Gilberto Matter Soares, prendeu em flagrante na manhã de hoje (15/07) um homem por tráfico de drogas no Município de Horizontina.
Durante a ação policial, o indivíduo suspeito empreendeu fuga, tendo sido capturado logo em seguida pelos policiais. Um policial restou lesionado sem gravidade.
No decorrer das buscas, autorizadas judicialmente, foram apreendidos em torno de 140 gramas de cocaína, 10 gramas de maconha, além de outros objetos relacionados ao tráfico de drogas.
Após os trâmites legais, o preso será encaminhado ao Presídio Estadual de Santa Rosa, ficando à disposição da Justiça.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Municípios de fronteira receberão doses extras de vacina contra Covid-19

Publicado

em



O Rio Grande do Sul receberá, nesta quinta-feira (15/7), 310.500 doses da vacina Astrazeneca, e parte da remessa será enviada para ampliação da imunização contra Covid-19 nos municípios de fronteira (dose 1). A quantidade exata destinada a esta população ainda depende de definição da Secretaria da Saúde (SES) e da representação dos municípios em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, articulou com o Ministério da Saúde o envio de doses extras para os municípios de fronteira, a fim de reforçar a proteção contra novas variantes do coronavírus que possam ingressar no Estado a partir desses locais.

O voo que transportará as vacinas para o Estado tem desembarque previsto no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, às 17h45, e a distribuição das doses para a região da Fronteira ocorrerá nos próximos dias. A outra parte da remessa deverá ser repartida de forma proporcional aos 497 municípios, visando à ampliação da aplicação de primeiras doses por faixa etária, com reserva de doses para segunda aplicação na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi).

Entre outras ações da Secretaria da Saúde (SES) para conter a entrada de novas variantes em locais de fronteira estão reforço do monitoramento de casos suspeitos, rastreamento de contactantes e envio de testes rápidos, além do projeto de testagem por RT-PCR de caminhoneiros com destino à Argentina e ao Chile.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×