Deputado Classmann cria Frente em defesa dos Hospitais de Pequeno Porte do RS – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Deputado Classmann cria Frente em defesa dos Hospitais de Pequeno Porte do RS

Publicado

em



 

A Assembleia Legislativa instalou, na manhã desta quarta-feira (28/08), a Frente Parlamentar de Apoio aos Hospitais de Pequeno Porte. A iniciativa, coordenada pelo líder da Bancada do PTB na Assembleia Legislativa, Aloísio Classmann, visa oportunizar um espaço para o fortalecimento do diálogo entre esses estabelecimentos de saúde e todas as entidades envolvidas, além de contribuir com uma revisão das legislações existentes e com a estruturação de uma Política Estadual para os Hospitais de Pequeno Porte.

Em sua fala, Classmann destacou a importância desses Hospitais. “Os HPPs concebem a descentralização dos serviços de saúde e contribuem na redução dos casos de “ambulancioterapia”, já que, na maioria das vezes, representam a única oferta de atendimento à população, que não precisa se deslocar para os Hospitais situados em grandes centros. O Parlamento Gaúcho permanece à disposição para auxiliar, pois manter esses Hospitais abertos é uma causa benéfica para todas as cidades”, reafirmou o Coordenador da Frente.

O evento contou com a presença do Vice-Governador do Estado, Ranolfo Vieira Junior, da Secretária Adjunta da Secretaria Estadual da Saúde, Aglaé Regina da Silva, do Presidente da Assembleia, Luís Augusto Lara, além de outros Deputados Estaduais, dezenas de lideranças estaduais, municipais, FAMURS, representantes de entidades e gestores da área da saúde.

Dados da Secretaria Estadual da Saúde sobre os HPPs:
Conforme dados da Secretaria Estadual da Saúde, atualmente, há no Rio Grande do Sul 102 Hospitais classificados como de Pequeno Porte. Desse total, 18 Hospitais têm até 30 leitos, 60 Hospitais possuem entre 30 e 50 leitos, e 24 são caracterizados como Pronto Atendimento de Urgências (PADUS).

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Município de Três de Maio é contemplado no projeto Ilumina RS

Publicado

em



Obras de iluminação serão realizadas no Centro Poliesportivo.

Na tarde de segunda-feira (24) o chefe do Executivo de Três de Maio, Marcos Corso, realizou a assinatura do convênio do Projeto Ilumina RS, do Programa Avançar no Esporte, que visa financiar obras de iluminação esportiva em locais públicos de propriedade da prefeitura municipal.

Em Três de Maio, as obras serão realizadas no Centro Poliesportivo, no valor de R$ 114.769,67 a Fundo Perdido e contrapartida de R$ 49.187,00 do município.

Com estas melhorias, o Centro Poliesportivo irá oferecer mais segurança aos munícipes que frequentam o local, principalmente no turno da noite.

Fonte: Ramone Pacheco/Cordenadoría de Comunicação PM-Três de Maio

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Tempo permanece quente em Santa Rosa; máxima de 38°C

Publicado

em



Apesar das pancadas de chuva no município nos últimos dias, o que dá a impressão de ter amenizado um pouco o calor, as temperaturas continuarão altas. Dia de Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Mínima de 26°C e máxima de 38°C.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Veja algumas das principais datas do calendário eleitoral de 2022

Publicado

em



Os  prazos do calendário eleitoral de 2022 — aprovado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) — já estão contando. Desde 1º de janeiro, por exemplo, há a obrigatoriedade de registro de pesquisas eleitorais e a limitação de despesas com publicidade dos órgãos públicos federais, estaduais ou municipais.

Outro período importante na corrida eleitoral está entre 3 de março e 1º de abril. É quando estará aberta a “janela partidária”, em que parlamentares eleitos pelo sistema proporcional (deputados estaduais, federais e vereadores) podem trocar de partido sem perder o mandato. A  regra não se aplica aos senadores que são eleitos pelo sistema majoritário, em que se elegem os candidatos com os maiores números de votos.

Uma novidade nesta eleição é a vigência da EC (Emenda Constitucional) 111, promulgada pelo Congresso Nacional em 28 de setembro do ano passado. Ela muda a data da posse do presidente da República e dos governadores eleitos. As datas das posses passarão de 1º de janeiro para 5 de 6 de janeiro, respectivamente. Mas essa mudança só vai vigorar a partir de 2026.

Veja a seguir as algumas das principais datas das eleições de 2022

1º de janeiro –  Início da obrigatoriedade de registro de pesquisas eleitorais no TSE.

3 de março a 1º de abril –  Janela partidária para deputados e vereadores trocarem de partido sem perda de mandato

2 de abril –  Fim do prazo para desincompatibilização de governadores e prefeitos que pretendam concorrer a outros cargos.

4 de maio – Fim do prazo para transferência ou solicitação do título de eleitor. Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida podem solicitar a mudança de circunscrição até 18 de agosto.

11 a 13/maio –  Teste de confirmação da segurança do sistema eletrônico de votação, na sede do TSE, em Brasília.

15 de maio – Início da arrecadação de recursos para as campanhas via financiamento coletivo.

1º de junho –  Último dia para que partidos políticos comuniquem ao TSE a renúncia ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

16 de junho –  Divulgação, pelo TSE, das quantias disponibilizadas aos partidos pelo FEFC.

30 de junho – Vedada a transmissão de programa apresentado ou comentado por pré-candidata ou pré-candidato.

20 de julho a 5 de agosto –  Prazo para realização das convenções partidárias.

12 de agosto – Data final para publicação, pelo TSE, da tabela que servirá de base para a divisão do tempo de propaganda eleitoral gratuita no rádio, na televisão, de acordo com a representação no Congresso Nacional.

15 de agosto – Prazo final para solicitação de registro de candidaturas.

16 de agosto a 1º de outubro – Propaganda eleitoral autorizada, inclusive na internet.

26 de agosto a 29 de setembro – Propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV. No caso das eleições para o Senado ela ocorrerá às segundas, quartas e sextas: das 7h às 7h05 e das 12h às 12h05, no rádio das 13h às 13h05 e das 20h30 às 20h35, na televisão

2 de outubro – Primeiro turno das eleições

30 de outubro – Segundo turno das eleições, caso necessário (apenas para presidente da República e governadores).

12 de setembro – Fim do prazo de apresentação das prestações de contas parciais das campanhas.

1º de novembro –  Fim do prazo de apresentação das prestações de contas finais das campanhas do primeiro turno.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×