Crueldade: cãozinho tem os dois olhos arrancados e logo após é abandonado em um bairro da periferia da cidade – Portal Plural
Connect with us

Geral

Crueldade: cãozinho tem os dois olhos arrancados e logo após é abandonado em um bairro da periferia da cidade

Publicado

em



 

A crueldade contra os animais parece não ter limites. Na cidade de Major Izidoro, no Sertão de Alagoas, um cãozinho teve os dois olhos arrancados e foi abandonado em um bairro da periferia da cidade. Não se sabe quem praticou a violência nem as circunstâncias do ato que está revoltando a cidade de pouco mais de 20 mil habitantes.

 

O caso já foi denunciado à Comissão do Bem-Estar Animal da Ordem dos Advogados do Brasil de Alagoas (OAB/AL), que deverá solicitar apoio à polícia e ao Ministério Público na apuração.

 

Crueldade, perversidade’

A advogada e presidente da Comissão, Rosana Jambo, conversou com a reportagem do programa Balanço Geral Alagoas, da TV Pajuçara, nesta sexta-feira, 06, e afirmou que a entidade já toma providências para encontrar o suspeito do crime.

“Foi crueldade, perversidade. E todas as providências cabíveis serão tomadas, seja com o Ministério Público ou com a Polícia Civil, que deve investigar quem foi esse agressor. Nós precisamos saber quem foi”, disse.

De acordo com Rosana, o cão foi deixado no Loteamento Terra do Leite e está sob os cuidados de uma mulher. “Uma senhora o acolheu e está tentando cuidar, mas ela é muito humilde. Além das providências jurídicas, nós precisamos de médicos veterinários que cuidem do animal, ele precisa de tratamento, está sentindo muita dor. Precisamos evitar uma piora na saúde dele”, afirmou.

 

Ajuda no tratamento

Além do sofrimento, o animal corre riscos de infecções, e precisa de tratamento veterinário urgente. Para isso, a OAB-AL disponibiliza dois números para quem puder ajudar nos cuidados com o animal.

O contato podem ser feitos pelos telefones (82) 3023 7200 e (82) 99660-0303.

 

Nova lei endurece pena contra maus-tratos

Com episódios crescentes de maus-tratos a animais, o presidente Jair Bolsonaro sancionou em setembro último a Lei 1.095/2019, que aumenta a punição para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. A legislação abrange animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, incluindo, aí, cães e gatos, que acabam sendo os animais domésticos mais comuns e as principais vítimas desse tipo de crime.

Agora, como define o texto, a prática de abuso e maus tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda. Atualmente, o crime de maus-tratos a animais consta no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98 e a pena previa de três meses a um ano de reclusão, além de multa.

A lei sancionada nesta terça-feira (29) também prevê punição a estabelecimentos comerciais e rurais que facilitarem o crime contra animais.

 

Tnh1

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeito assina início de obra de asfalto na Sulina

Publicado

em



Nesta semana, o Prefeito Anderson Mantei assinou mais uma importante ordem de início. Parte das ruas Tupanciretã e Cristóvão Leopoldo Meinertz irão receber asfalto e complementos. O prefeito fez questão de visitar o local juntamente com o vereador Rufino que intermediou o recurso junto do Deputado Federal Maurício Dziedricki. Também participaram do ato o Engenheiro Civil Mauricio Lenz, o Secretário de Obras Rodrigo Burkle e representantes da empresa que fará a obra no bairro Sulina. O prazo para execução é de 90 dias. O valor investido é de R$269.800,32.

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Governador do Estado anuncia nesta quarta-feira (09) importantes investimentos em rodovias da região

Publicado

em

Na foto, o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Junior e o secretário extraordinário de Apoio à Gestão Administrativa e Política, Agostinho Meirelles e Deputados CLasmann, Ernani e Zilá

 

Por articulação dos deputados Aloísio Classmann, Ernani Polo e Zilá Breitenbach, governo destinará recursos para melhoria de estradas estaduais.

 

Nesta quarta-feira, às 14h30 no Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite, na presença de deputados estaduais da base aliada, realiza anúncio de importantes investimentos em infraestrutura na região, visando a melhoria das estradas, devido a articulação, mobilização, empenho e o trabalho dos deputados Aloísio Classmann, Ernani Polo e Zilá Breitenbach, que não mediram esforços para buscar viabilizar esta iniciativa junto ao executivo estadual.

Os detalhamentos da medida vão ser aprofundados com mais informações após o evento, a ser realizado na tarde desta quarta-feira (09).

 

FONTE: GABINETE DEPUTADO ALOISIO CLASSMAN

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

XUXA NÃO ME REPRESENTA – DISSE BETTO ALMEIDA

Publicado

em



 

SE VOCÊ QUER TROCAR A IMAGEM DO PÓRTICO DA XUXA PARA PÓRTICO DA SOJA AGORA JA PODE VOTAR PELA INTERNET 👉

 

Você pode assinar agora?

 

Agora com abaixo assinado eletrônico

Em paralelo com assinatura em folhas que já tem adesão em massa da população local , Betto Almeida lançou a eletrônica. Segundo o autor da proposta a população aderiu a campanha pedindo a retirada do nome da apresentadora Xuxa do Pórtico em sua homenagem. Xuxa pediu para seus seguidores não comerem carne de porco e defende a extinção das granjas de porco. O maior PIB de Santa Rosa, terra natal de Xuxa provém direto da suinocultura, o agronegócio está na veia da população que enaltece a soja e sua produção. Santa Rosa é o Berço Nacional da Soja e merece um Pórtico a sua altura. Xuxa não se manifestou a favor e nem contra. Além do povo que defende o agronegócio, se juntou também os defensores do Presidente Bolsonaro contra a apresentadora que nas redes sociais divulgou um abaixo assinado pedindo o impeachment do Presidente Bolsonaro.

Abaixo o link do abaixo assinado

Você pode assinar agora?

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×