Cronograma de liberação do FGTS será divulgado nesta segunda-feira – Portal Plural
Connect with us

Geral

Cronograma de liberação do FGTS será divulgado nesta segunda-feira

Publicado

em



 

A Caixa Econômica Federal anuncia amanhã (5) o cronograma de liberação do saque imediato de parcela de até R$ 500 por conta ativa ou conta inativa do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Conforme a Medida Provisória nº 889,  as liberações ocorrerão de setembro deste ano a março de 2020.

A projeção do Ministério da Economia é alcançar 96 milhões de trabalhadores e injetar R$ 30 bilhões na economia – R$ 28 bilhões em 2019 e R$ 12 bilhões em 2020.

A indústria e o comércio têm expectativa de aquecimento econômico com a liberação desses recursos. Segundo o economista Marcelo Azevedo, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), “é uma medida de curto prazo que é fundamental para a retomada da economia. Se as medidas de longo prazo [como as reformas da Previdência Social e tributária] vão ajudar a sustentar [o crescimento], medidas como liberação de recursos têm potencial de, no curto prazo, uma injeção necessária para o primeiro arranque na economia”, defende.

Consumo

A liberação do FGTS pode estimular o consumo e reduzir o estoque de artigos já produzidos pela indústria, movimento importante para preparar a retomada do ciclo econômico mais positivo. A CNI, no entanto, ainda não tem uma estimativa desse eventual efeito.

Com dinheiro extra na mão, o trabalhador poderá ir às compras ou acertar o pagamento de dívidas. Segundo o Ministério da Economia, 23 milhões de pessoas poderão quitar suas dívidas com o saque imediato do FGTS.

“Mesmo que as famílias priorizem os pagamentos de dívidas. Isso também acaba ajudando o consumo”, assinala Marianne Hanson, economista da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Segundo ela, o pagamento de dívidas diminui o comprometimento da renda das famílias e retiram da inadimplência quem tem contas em atraso.

Projeção da CNC indica que com a liberação do FGTS pelo menos R$ 7,4 bilhões poderão migrar para o comércio varejista com a compra de bens duráveis e não duráveis. O efeito poderá ser potencializado, pois durante o período de liberação ocorrerá o pagamento do 13º salário. Hanson tem expectativa de que o crescimento do consumo abra mais vagas temporárias no comércio e aumente a renda das famílias onde há desempregados.

O consumo das famílias é responsável por R$ 6 de cada R$ 10 da demanda agregada que estimula o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), indicador que mede o fluxo de novos bens e serviços finais produzidos. No último ano, o PIB do comércio apresentou crescimento de 2,3%; e a indústria aumento de 0,6%. O PIB 2018 de toda a economia cresceu 1,1%.

Saque aniversário e construção civil

Além do saque imediato, a MP 889 traz a modalidade do saque aniversário que prevê, a partir de 2020, a possibilidade de o trabalhador retirar, anualmente, um percentual de seu saldo no FGTS. A expectativa do Ministério da Economia é de que o saque aniversário dê aos trabalhadores acesso a R$ 12 bilhões.

A liberação dos saques depende, no entanto, da adesão individual do trabalhador. As duas modalidades de saque criadas pela MP somam R$ 42 bilhões para serem liberados em 16 meses (quatro de 2019 e doze de 2020).

Para o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, a liberação dos saques deve ser efetiva para o aquecimento da economia, por meio do consumo.

Ele, no entanto, demonstra preocupação com a manutenção da capacidade de financiamento do FGTS para o setor de construção civil. “Aquecendo a economia e não havendo perda já é muito bom. O que a gente precisa ver é como isso vai ser acontecer para que, ao longo do tempo, não tenha buraco de falta de recurso ou alguma coisa desse tipo”, escreveu em nota à Agência Brasil.

Martins sublinha que o anúncio da manutenção do financiamento de obras de habitação e infraestrutura por meio do FGTS deixou o setor otimista. “A veemência com que o presidente, ministros, secretários e presidentes de bancos estatais garantem que não haverá efeitos na construção nos tranquiliza em relação aos contratos que nós temos assinados e que têm desembolsos futuros”.

De acordo com o Ministério da Economia, as contas dos trabalhadores no FGTS somam R$ 419 bilhões.

Fonte Agência Brasil

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Vereadoras receberam visita da bancada feminina de Tuparendi

Publicado

em



As Vereadoras da atual Legislatura de Tucunduva, Marta Camera Taffarel, Odelci Gotin e a suplente Neusa Mazzaro, receberam a visita da bancada feminina da Câmara de Tuparendi, quem em composição histórica possui nada menos do que 4 mulheres na legislatura atual. “Dialogamos sobre o trabalho desenvolvido, trocamos experiência de cada uma no legislativo e as dificuldades que enfrentamos. Momentos assim sempre são muitos bons para melhorar cada dia mais o trabalho que desenvolvemos.. Obrigada pela visita meninas, voltem sempre”, declarou a Vereadora Odelci Gotin.

 

jornal sentinela

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Apae de Três de Maio recebe guarda-chuvas de projeto da Sicredi Noroeste RS

Publicado

em



A Sicredi Noroeste RS está iniciando um projeto com intuito de gerar atos de gentileza na comunidade de Três de Maio, por meio da distribuição de suportes com algumas unidades de guarda-chuvas.
Os objetos estarão em pontos estratégicos da cidade, à disposição da comunidade para utilizá-los quando necessário e devolvê-los em algum dos pontos, gerando um ciclo virtuoso.
A Apae de Três de Maio é um dos pontos. Na última quarta-feira, a instituição recebeu os guarda-chuvas. Eles também podem ser encontrados na Agência 17 da Sicredi Noroeste (centro), Colégio Dom Hermeto, Setrem, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Escola Municipal de Ensino Fundamental São Pedro, Escola Castelo Branco e prefeitura.
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Professor brasileiro cria robô que poderá prever tragédias climáticas

Publicado

em



O professor Joel Ramos, de Petrópolis (RJ), desenvolveu um robô que poderá prever tragédias climáticas – como as chuvas intensas de fevereiro na própria cidade, que deixaram rastros de destruição – para que governo e moradores possam se previnir.
 
A inteligência artificial foi batizada de 14 Bis, mesmo nome do avião de Santos Dumont.
 
“Este autômato, ainda em fase de testes, tem condições de evoluir para uma unidade capaz de servir como base meteorológica, acompanhar as condições do clima, do solo e, com as devidas adaptações físicas, ser utilizado para analisar até mesmo o calor embaixo da terra e, consequentemente, para o salvamento de pessoas soterradas, por exemplo”, afirmou o professor.
 
Criação do robô
 
Professor da Escola Técnica para Faculdades de Educação Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro (Faeterj), Joel montou a 14 Bis a partir de peças recicláveis e de motores comprados pela internet.
 
E olha que demais: a máquina é capaz de ouvir e responder perguntas e de se movimentar por comando de voz.
 
Robô está sendo “treinado”
 
Agora, a segunda fase de desenvolvimento do 14 Bis é o preparo para que o robô possa prever e prevenir tragédias naturais a partir de análises de superfícies.
 
Ele também pode ser utilizado para replantio de áreas desmatadas, uma interação tecnológica única no Brasil.
 
Viva! Que o 14 Bis possa salvar muitas vidas!
 
Fonte: SóNotíciaBoa
Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×