Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Como se comportar durante as compras fora de casa com o coronavírus – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Como se comportar durante as compras fora de casa com o coronavírus

Reporter Cidades

Publicado

em

Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência também é uma forma de prevenção | Foto: Guilherme Almeida


Moedas e cédulas de dinheiro passam de mão em mão pelas ruas e em comércios. Cartões de banco e documentos pessoais também são usados frequentemente por todos. Não se sabe ao certo quanto tempo o vírus que causa a Covid-19 sobrevive em superfícies, mas a orientação central para evitar contaminação é, após usar esses objetos, lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool gel 70% e evitar tocar nos olhos, boca ou nariz.

“Não importa se o meio de pagamento é cartão ou dinheiro, o que importa é higienizar as mãos. Como não ficamos o tempo todo com eles nas mãos, ao pegar nessas coisas e em tudo que a gente compartilha, como canetas, higienize as mãos”, explicou a infectologista Eliana Bicudo, da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI).

Mesmo com a recomendação do Ministério da Saúde de manter o isolamento social, algumas pessoas ainda precisam frequentar mercados e farmácias em busca de itens essenciais ou mesmo estabelecimentos de saúde. De acordo com Eliana, quando saímos de casa, o importante é manter um distanciamento de pelo menos 1 metro entre as pessoas. “Pode fazer seu supermercado, suas compras, tocar nos objetos, mas ficar atento para não levar as mãos à boca. Assim que acabar, higienize as mãos dentro do possível, sempre que puder”, ressaltou.

Estudos apontam que os coronavírus (incluindo informações preliminares sobre o que causa a Covid-19) podem persistir nas superfícies por algumas horas ou até vários dias. Isso pode variar, por exemplo, conforme o tipo de superfície, temperatura ou umidade do ambiente.

“O tempo pode variar de material para material. A gente sabe que pode estar até três dias em metal e no plástico, no tecido em menor tempo. Único lugar que se tem certeza que não sobrevive é no cobre. Por isso, quando estiver em lojas, evite colocar a mão nas mesas e nos balcões”, explicou a infectologista.

Na dúvida, higienizar as mãos é a melhor medida preventiva, bem como limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência, como celulares. A transmissão do coronavírus ocorre de pessoa a pessoa por meio de gotículas exaladas pelo doente quando ele fala, tosse ou espirra. Quando a pessoa doente toca em objetos ou aperta a mão de alguém e esta coloca a mão a sua boca, nariz ou olhos, também ocorre a infecção.

A SBI esclarece que ainda não se sabe com certeza o papel da pessoa sem sintomas na cadeia de transmissão e recomenda que não se deve cumprimentar ninguém com as mãos.

Correio do Povo

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agro

Chuvas animam produtores e contribuem para retomada dos plantios de soja

Pável Bauken

Publicado

em



As chuvas dos últimos dias animaram os produtores de soja, que em várias regiões realizaram plantios, mesmo sem condições adequadas de umidade. Na sequência, as chuvas ocorridas em todas as regiões contribuíram para a retomada das operações de plantio – que já atinge 61% no Rio Grande do Sul – para o desenvolvimento da cultura e também para o início das operações de tratos culturais.

De acordo com o Informativo Conjuntural produzido e divulgado pela Gerência de Planejamento, nesta quinta-feira (03/12), na região de Soledade, o  quadro geral da cultura é de normalidade. A ocorrência de chuva na última semana em grande parte da região aumenta o teor de umidade do solo e permite avanços no plantio da cultura que atinge 85% da área prevista, com 30% dos cultivos em germinação/emergência e 70% em desenvolvimento vegetativo.

As precipitações de distribuição irregular e volumes variados no Estado ocorridas durante a última semana contribuíram para amenizar o déficit hídrico ocasionado pelo longo período de tempo seco e para retomar os plantios e os tratos culturais do milho. Até esta quinta-feira (03/12), já chegam a 1.646 as comunicações de ocorrência de perdas para cobertura do Proagro.

A sequência de dias de tempo seco no RS foi interrompida por chuvas que ajudaram no desenvolvimento dos cultivos e na implantação final das lavouras de arroz, que já chega a 98%. E nas regiões de Frederico Westphalen, Porto Alegre, Soledade e Pelotas, a falta prolongada de chuvas vem comprometendo o desenvolvimento das lavouras do feijão primeira safra.

A ocorrência de chuvas com distribuição desuniforme e volumes variados no Estado não atrapalhou o avanço das colheitas de trigo, em fase de finalização, nas regiões de Bagé, Pelotas e Caxias do Sul, que ainda somam 1% restante de lavouras cultivadas no Estado a serem colhidas.

Acesse o Informativo Conjuntural em https://bit.ly/2JxNd8S

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Últimos dias para se inscrever no Vestibular de Medicina da Unijuí

Pável Bauken

Publicado

em



Encerra-se neste domingo, dia 6 de dezembro, o período para inscrições no Vestibular de Medicina da Unijuí. Os candidatos vão concorrer a 50 vagas para o curso, ofertado em turno integral e com duração de seis anos. Interessados podem acessar o site www.unijui.edu.br/vestibularmedicina para se inscrever.

Diferente do Vestibular de Verão, cujas provas serão aplicadas de forma virtual no domingo, dia 6, o Vestibular de Medicina terá seu processo seletivo presencial, no dia 13 de dezembro, junto à Sede Acadêmica da Unijuí. A Instituição adotará todas as medidas de segurança e distanciamento, evitando, assim, a propagação da covid-19.

Conforme consta no edital, o candidato do grupo de risco pode, inclusive, solicitar a realização da prova em sala com organização especial. Para isso, basta encaminhar uma solicitação e atestado médico via e-mail [email protected].

A prova do Vestibular de Medicina compreende uma redação e 40 questões objetivas, sobre quatro áreas do conhecimento: Matemática e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Os candidatos terão das 13h às 17h para finalizá-la.

Neste processo seletivo, o candidato também pode utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de anos anteriores – 2016, 2017, 2018 ou 2019. Lembrando que, para utilizar a nota, o candidato deve ter concluído o Ensino Médio. Neste ano, em função da pandemia, o Enem será realizado somente no mês de janeiro de 2021, por essa razão não será possível utilizar a nota dessa edição do Exame.

O curso de Medicina da Unijuí prepara o aluno para atuar nas áreas de atenção à saúde, gestão e educação em saúde, nos sistemas público e privado, atendendo às necessidades individuais e coletivas. O curso conta com metodologia de ensino-aprendizagem diferenciada, baseada em metodologias ativas e com uma rede integrada de laboratórios de ensino, os quais permitem que o estudante vivencie as atividades profissionais desde o início do curso. Também propõe formação interdisciplinar, evidenciando a importância de cada área da saúde no desenvolvimento de competências, habilidades, valores e atitudes que constituem o médico enquanto agente de transformação na área de sua atuação profissional e cidadã.

Destaques do dia:

Mestrado em Atenção Integral à Saúde lança editais especiais

Vestibular de Verão Unijuí: confira tudo o que você precisa saber sobre a prova

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Hospital Vida & Saúde intensifica treinamentos, focando na qualificação dos profissionais

Pável Bauken

Publicado

em



Quando se tem a vida e a saúde de pessoas em suas mãos, é preciso manter uma rotina de treinamentos com as equipes assistenciais. Em algumas situações, como na pandemia, faz-se necessário intensificá-los, a fim de garantir toda a assistência possível no atendimento ao paciente e promover a segurança necessária ao trabalhador. E assim tem sido o trabalho do Núcleo de Educação Corporativa, (NEC) juntamente com o Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) do Hospital Vida & Saúde.

Vários treinamentos têm sido realizados em diversas áreas do Hospital, como na UTI Adulto, Pediatria, Setor de Emergência, Unidade COVID, Unidades de Internação Abertas, entre outros. Em todos os setores, o Núcleo tem promovido a revisão da técnica de reanimação cardiopulmonar. Utilizando um manequim, os profissionais aliam mais rapidamente a teoria com a prática do seu dia a dia. Alguns treinamentos tiveram a participação integrada de Técnicos de Enfermagem, Enfermeiros e Médico das respectivas áreas.

Na UTI Adulto, para revisar as medidas e ações de prevenção de Lesões por Pressão, foram apresentadas simulações com situações realísticas para facilitar o entendimento sobre a importância da avaliação diária da pele, o correto posicionamento do paciente no leito, o reconhecimento dos diferentes estágios das lesões e medidas a serem adotadas para preveni-las, ou impedir seu avanço. Outra tarefa do NEC é enfatizar junto aos profissionais da assistência a importância da educação dos familiares cuidadores, preparando-os para dar continuidade dos cuidados necessários ao seu ente querido no período pós alta hospitalar.

Todos os treinamentos são planejados e organizados com base em protocolos atuais e preconizados por associações de referência. “O Núcleo de Educação Corporativa atua na coordenação dos treinamentos a partir do Levantamento de Necessidades de Treinamento de cada área, de acordo com o que as equipes julgarem necessário e com as sugestões do próprio Núcleo”, explica a enfermeira Jacinta Spies, coordenadora do NEC.

Além da qualidade dos treinamentos, a satisfação dos participantes também é uma das prioridades do Núcleo, e tem sido percebida através do preenchimento, via Google Forms, da Avaliação de Reação de Treinamento, atingindo níveis altos de aprovação.

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×