Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Com o frio, supermercados do RS estão vendendo menos sabonete – Portal Plural
Connect with us

Geral

Com o frio, supermercados do RS estão vendendo menos sabonete

Pável Bauken

Publicado

em



 

A queda de 8% na venda de sabonete chamou a atenção da coluna Acerto de Contas na sondagem feita pela Associação Gaúcha de Supermercados sobre o consumo de frio. Está rolando menos banho, pelo visto.

A AGAS perguntou para as redes ligadas à entidade quais os produtos que aumentaram mais as vendas e os que tiveram redução mais intensa na procura pelos consumidores na semana passada, quando as temperaturas caíram bastante no Rio Grande do Sul. Foi solicitado que fizessem uma comparação com o mesmo período do mês anterior, que foi junho.

As maiores vendas não surpreendem em uma sondagem de negócios, mas provavelmente causarão um susto na balança quando os gaúchos forem se pesar no final do inverno:

Vinhos +40%
Sopas +40%
Chocolates +15%
Massas +10%

Além dos sabonetes, os supermercados destacaram a queda na venda de hortigranjeiros e cerveja. Sinaliza mudança forte no comportamento alimentar quando a temperatura cai.

Cerveja -15%
Frutas, legumes e verduras -10%
Sabonete -8%

No último sábado, a coluna trouxe o relato de diversos empresários do varejo de Porto Alegre sobre o aumento das vendas com a queda das temperaturas. Confira: Com o frio, lojistas comemoram venda de jaquetas, roupas para pet e até mocotó

Fonte Gaúcha / ZH

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cadeia imediatamente’, pede Ministra Damares sobre caso Robinho

Reporter Plural

Publicado

em

Ilustração Google

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, pediu nesta segunda-feira, que o jogador Robinho, condenado na Itália por violência sexual contra uma mulher embriagada, seja preso “imediatamente”.

“Cadeia imediatamente, não tenho outra palavra para falar. Ainda cabe recurso, mas o vazamento dos áudios, gente. Querem mais o quê? Cadeia. Nenhum estuprador pode ser aplaudido. O cara quer voltar para o campo para posar como herói”, disse a ministra, ao chegar no Palácio do Planalto para um evento com o presidente Jair Bolsonaro sobre tratamentos para a covid-19.

A ministra disse acreditar que o Santos agiu certo ao rescindir o contrato com Robinho, que havia acertado seu retorno ao time no último dia 10. Robinho foi condenado em primeira instância, mas recorreu e diz ser inocente. No estágio atual do processo, ele não pode ser preso no Brasil. Se a condenação for mantida, Brasil e Itália deverão chegar a um acordo sobre o cumprimento da pena.

“O clube já reviu, e parabéns ao Santos por ter rescindido. Eu sei que ainda cabe recurso, mas acho que está muito claro. O vazamento dos áudios está muito claro, a forma como isso chegou para nós”, declarou Damares.

“Esse é um crime que não merece nenhuma consideração ao abusador, ao estuprador. A gente não tem que fazer concessão com esse tipo de crime. Tem que cumprir a pena que é estabelecida, ou lá ou aqui, imediatamente”, prosseguiu Damares.

Damares disse que ficou com enjoo e teve vontade de vomitar ao ler a transcrição do áudio do jogador, revelada pelo GE.globo. “A sensação que aquilo me causou, enjoo, vontade de vomitar. Foi muito ruim ter lido o que eu li de um jogador do porte dele. Foi muito ruim”, afirmou.

FONTE : ESTADÃO CONTEUDO
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Plano de demissão voluntária do Banrisul tem adesão de 8,83% dos funcionários

Reporter Global

Publicado

em

Mateus Bruxel / Agencia RBS

 

Desligamentos ocorrerão até 15 de dezembro, com exceção dos empregados do setor de TI, que poderão permanecer até dezembro de 2022

 

O Banrisul divulgou no fim da tarde desta segunda-feira (19) que 903 trabalhadores aderiram ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV) do banco, o equivalente a 8,83% do quadro funcional do banco. O número foi apresentado em Fato Relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O dado mais atualizado da instituição financeira gaúcha indica que o banco tinha em junho 10.216 empregados.

As demissões voluntárias ocorrerão até 15 de dezembro de 2020, com exceção dos profissionais da área de Tecnologia da Informação, que poderão ter prazos de desligamento até 31 de dezembro de 2022.

O presidente do banco, Cláudio Coutinho, classificou o PDV atual como histórico em relação aos demais programas de desligamento já feitos pelo Banrisul.

Os incentivos financeiros oferecidos pela empresa se constituíram em um diferencial importante para a tomada de decisão dos colaboradores, proporcionando melhores condições ao desligamento, principalmente para aqueles que já estavam aposentados pelo INSS ou aptos para encaminharem a sua aposentadoria — disse Coutinho.

Segundo o dirigente, foi a primeira vez que um PDV foi aprovado em assembleias da categoria bancária e firmado pelos representantes sindicais.

De acordo com Luciano Fetzner Barcellos, presidente do Sindbancários, a saída dos funcionários mostra que o banco precisa buscar reposições no seu quadro funcional.

O Banrisul precisa urgentemente de um concurso público. Os empregados que agora tão se aposentando via PDV, o que é merecido, precisam ser repostos. O banco tem uma distância geracional muito grande devido à falta de ingresso de novos funcionários na década de 1990. O Sindbancários entende que o governo Eduardo Leite precisa enfrrentar esse momento para enfrentar essa crise econômica se sanitária através do Banrisul. É preciso impulsionar a economia com geração de empregos, oxigenando o quadro do banco e garantindo o bom atendimento do Banrisul à população gaúcha — afirma Barcellos.

 

Trabalhadores que aceitaram pedir demissão, receberão, entre outros:

 

*Auxílio Cesta Alimentação;

*Ajuda de custos para despesas médicas;

*Pagamento da 13ª Cesta Alimentação de 2020 a todos os empregados que forem desligados neste ano, independentemente da data de saída;

*Prêmio Aposentadoria para aqueles que estiverem aptos a se aposentarem pelo INSS.

 

Conforme o Banrisul, estão garantidos a esses empregados o pagamento das verbas da rescisão contratual, como 13º salário proporcional, férias vencidas, férias proporcionais, férias antiguidade e abono assiduidade indenizado. O banco garante ainda que quando a rescisão ocorrer, será concedida quitação total do contrato de trabalho.

 

 

ClicRbs

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Ex-segurados podem voltar ao IPE Saúde até 4 de novembro

Reporter Global

Publicado

em



 

Vai até 4 de novembro o prazo para que segurados do IPE Saúde que perderam o benefício entre os dias 5 de abril de 2018 e 6 de agosto de 2020 possam requerer seu retorno na condição de optante. Podem aderir ex-servidores estaduais, de convênios ou prefeituras e ex-dependentes, inclusive ex-PAC e ex-pensionistas.

 

Ao optar, o segurado também poderá aderir ao Plano de Assistência Médica Suplementar (PAMES) na modalidade individual ou familiar (neste segundo caso, disponível apenas para ex-segurados titulares).

A solicitação deve ser feita diretamente no site do IPE Saúde, com o preenchimento de formulário online e envio de documentos digitalizados conforme a situação (ex-segurado titular ou ex-segurado dependente/pensionista).

Clique aqui para fazer sua solicitação, ou procure o item “Ex-segurados: retorno como optante”, no Acesso Rápido em www.ipesaude.rs.gov.br.

 

 

Estado.rs.gov

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×