Cobertura da vacina BCG no Brasil atinge 75,3% em 2024
Connect with us

Saúde

Cobertura da vacina BCG no Brasil atinge 75,3% em 2024

Publicado

em

portal plural cobertura da vacina bcg no brasil atinge 75,3% em 2024
Foto: Divulgação

Nuvera15 topo humberto pluralAcademia PersonaFAST AÇAÍbanner plano0 gold

Nos primeiros seis meses de 2024, 75,3% das crianças com menos de um ano de idade receberam a vacina BCG em todo o país. Este imunizante, essencial para prevenir as formas mais graves da tuberculose, é uma das primeiras vacinas aplicadas nos recém-nascidos brasileiros.

Em 2023, a cobertura vacinal da BCG foi de 79,1%, conforme dados preliminares do Ministério da Saúde. O dia 1º de julho marca o Dia da Vacina BCG, comemorando a criação do imunizante em 1921 pelos cientistas franceses Léon Calmette e Alphonse Guérin.

“Desde o início de 2023, uma série de ações foi implementada para reforçar a cultura de vacinação no país, com destaque para a estratégia de microplanejamento recomendada pela OMS, que envolve atividades focadas na realidade local”, explicou Eder Gatti, diretor do Departamento do Programa Nacional de Imunizações (DPNI).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em países onde a tuberculose é comum e a vacina faz parte do programa de vacinação infantil, mais de 40 mil casos anuais de meningite tuberculosa são evitados.

A vacina deve ser administrada o mais cedo possível após o nascimento, em bebês com mais de dois quilos. Se a aplicação não ocorrer na maternidade, deve ser feita na primeira visita à Unidade Básica de Saúde (UBS). Após a vacinação, uma mancha vermelha surge, evolui para uma pequena ferida e, finalmente, forma uma cicatriz.

A tuberculose, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, ou bacilo de Koch, afeta os pulmões, ossos, rins e meninges. Seus principais sintomas incluem tosse (que pode conter sangue), falta de ar, dor no peito, fraqueza, perda de peso, febre e sudorese no final do dia.

Fonte: Agência Brasil
Compartilhe

Destaque

7 mil aves serão sacrificadas após confirmação de doença de Newcastle em aviário do RS

Publicado

em

portal plural 7 mil aves serão sacrificadas após confirmação de doença de newcastle em aviário do rs (1)
Foto: Divulgação
Academia PersonaFAST AÇAÍ15 topo humberto pluralbanner plano0 goldNuvera

Um foco da Doença de Newcastle (DNC) foi identificado em um estabelecimento de avicultura comercial de corte, localizado no município de Anta Gorda, no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul. A informação foi confirmada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). Após o diagnóstico, será necessário sacrificar 7 mil aves. O Laboratório Federal de Defesa Agropecuária de São Paulo (LFDA-SP) confirmou o diagnóstico após realizar análises laboratoriais.

A Doença de Newcastle é uma enfermidade viral que afeta tanto aves domésticas quanto silvestres. Causada pelo vírus pertencente ao grupo paramixovírus aviário sorotipo 1 (APMV-1), a DNC apresenta sintomas respiratórios, seguidos por manifestações nervosas, diarreia e edema da cabeça. A investigação epidemiológica do caso foi conduzida pela Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação do Rio Grande do Sul (Seapi).

Devido ao alto risco de disseminação do vírus, a DNC exige medidas rigorosas de controle e erradicação. Os últimos casos confirmados no Brasil ocorreram em 2006, nos estados do Amazonas, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.

O Ministério da Agricultura e Pecuária assegura que o consumo de produtos avícolas inspecionados pelo Serviço Veterinário Oficial (SVO) permanece seguro e sem contraindicações. A fiscalização e os processos de inspeção garantem que os produtos disponíveis para consumo não oferecem riscos à saúde humana.

Nesta quinta-feira (18), o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, realizará uma reunião do Gabinete Itinerante do Ministério em Porto Alegre. O encontro contará com a participação dos ministros da Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Paulo Teixeira, além do presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), César Aldrigi.

Fonte: G1

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Vida & Saúde começa a obra da Unidade de Internação SUS em Giruá

Publicado

em

portal plural vida & saúde começa a obra da unidade de internação sus em giruá
Foto: Divulgação/ HVS
15 topo humberto pluralbanner plano0 goldFAST AÇAÍAcademia PersonaNuvera

O Hospital Vida & Saúde deu início nesta semana, a obra da Unidade de Internação do Sistema Único de Saúde (SUS) do Hospital São José, em Giruá. Neste primeiro momento serão reformados o Posto de Enfermagem da Unidade e dois quartos – com dois leitos de internação cada um.

“A obra acontecerá aos poucos, já que a unidade continuará com pacientes internados. Neste sentido solicitamos a compreensão da comunidade neste período, já que os pacientes serão remanejados aos poucos até que todos os leitos sejam reformados”, destaca o diretor de infraestrutura do HVS, Rodrigo Calixto.

Considerada uma das primeiras ações de infraestrutura da gestão do Hospital Vida & Saúde, a obra propõe a revitalização da Unidade, através de uma grande reforma, que trará uma nova realidade para os pacientes de Giruá e região.

“Estamos cumprindo um compromisso com a comunidade, a partir do início das obras da Unidade SUS. A reforma deste espaço possibilitará a oferta de um espaço de acolhimento com ambiência humanizada, conforto e dignidade, tanto para os pacientes quanto para os acompanhantes”, ressalta a diretora-geral do HVS, Vanderli de Barros.

Serão 30 leitos de internação totalmente reformados, oferecendo espaços que foram planejados para garantir o bem-estar dos pacientes, o conforto e o padrão de atendimento prestado pelo Vida & Saúde.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Santa Rosa registra duas mortes por gripe e alerta para baixa vacinação

Publicado

em

portal plural santa rosa registra duas mortes por gripe e alerta para baixa vacinação

15 topo humberto pluralFAST AÇAÍAcademia PersonaNuverabanner plano0 gold

O Hospital Vida & Saúde, em Santa Rosa, confirmou duas mortes por gripe Influenza nos últimos dias, segundo a Fundação Municipal de Saúde (Fumssar). Em junho, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) aumentaram 18% em relação ao ano anterior, totalizando 26 casos, com 40% dos pacientes necessitando de UTI. Os dados de julho, quando o frio se intensificou, ainda não foram contabilizados.

A Fumssar expressa preocupação com a queda acentuada na cobertura vacinal contra a gripe nos últimos quatro anos. Em 2021, a taxa atingiu 110,90%, mas despencou para 49,95% em 2024. A tendência de queda é evidente, com 85,78% em 2022 e 60,02% em 2023.

A vacina contra a gripe está disponível em todos os postos de saúde, com agendamento para o período da tarde.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×