Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Cerca de 700 mil contribuintes caíram na malha fina em 2019 – Portal Plural
Connect with us

Geral

Cerca de 700 mil contribuintes caíram na malha fina em 2019

Pável Bauken

Publicado

em



 

Um total de 700.221 contribuintes caíram na malha fina do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), divulgou hoje (9) a Receita Federal. Isso equivale a 2,13% das 32.931.145 declarações recebidas pelo Fisco neste ano.

Caso não tenha aparecido no sétimo e último lote de restituições, cuja consulta foi aberta hoje (9), nem tenha sido contemplado nos lotes anteriores, o contribuinte teve a declaração retida pela Receita e deverá regularizar a situação.

Somente com a retificação das informações e correção das pendências, o contribuinte que caiu na malha fina terá a restituição liberada. Neste ano, segundo o Fisco, 74,9% das declarações retidas têm imposto a restituir, 22,4% têm imposto a pagar e 2,7% têm saldo zero.

Os principais motivos para a retenção na malha fina, informou a Receita, foram a omissão de rendimentos do titular ou seus dependentes (35,6% dos casos); inconsistência na dedução de despesas médicas (25,1%); divergências entre o Imposto de Renda Retido na Fonte informado na declaração e o informado pela fonte pagadora (23,5%); e problemas na dedução de previdência oficial ou privada, dependentes, pensão alimentícia e outras (12,5%).

Para retificar a situação com o Fisco, o contribuinte deverá consultar o extrato do processamento da declaração no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) da Receita Federal para verificar a inconsistência. Ele deverá informar o código de acesso ou informar o certificado digital para entrar na página. Para gerar é preciso ter os números dos recibos das duas últimas declarações entregues.

Depois de constatar o problema, o contribuinte deve fazer a declaração retificadora, por meio do mesmo programa usado para enviar a declaração original. O programa pode ser baixado na página da Receita na internet.

AGB
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Carrefour vai implantar internalização de serviços de segurança

Reporter Cidades

Publicado

em



O Carrefour anunciou que, a partir do próximo dia 14, vai iniciar a internalização dos serviços de segurança em sua rede de supermercados. A medida é uma resposta ao assassinato de um homem negro no estacionamento de um dos supermercados na rede, no último dia 19, em Porto Alegre.

De acordo com nota divulgada à imprensa, o processo de internalização começará por quatro hipermercados da rede no Rio Grande do Sul, em um projeto piloto, incluindo a loja Passo D’Areia, onde o episódio ocorreu, em Porto Alegre. A empresa diz que a iniciativa é “o ponto inicial para transformação do seu modelo de segurança e faz parte dos compromissos anunciados pela rede”.

A companhia afirma que o processo de internalização da segurança terá como foco a implementação de práticas antirracistas e de uma cultura de respeito aos direitos humanos. A data de admissão de novos colaboradores está prevista para o dia 14 de dezembro em todas as lojas Carrefour da região.

Por Luísa Laval – Estadão

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Delegado William Garcez repudia declarações de jornalistas de GZH sobre o assalto em Criciúma

Reporter Cidades

Publicado

em



O Delegado de Polícia William Garcez publicou em suas redes sociais um vídeo criticando os comentários veiculados pelos jornalistas David Coimbra e Kelly Mattos, no programa Timeline, da Rádio Gaúcha, sobre o assalto que chocou a comunidade de Criciúma/SC na última semana.

No vídeo, William Garcez lamenta a postura dos jornalistas, formadores de opinião, que, segundo ele, praticamente glorificaram os assaltantes, enaltecendo o feito dos criminosos e dizendo que, se não fosse a ação policial, o assalto teria sido muito bem-sucedido.

Ainda, de acordo com o próprio Delegado William, esta é uma opinião particular, publicada em suas redes sociais, e não se trata de posição institucional da Polícia Civil.

Confira a manifestação na íntegra:

Observador Regional

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Audiolivros da saga Harry Potter ganham a voz do ator Ícaro Silva

Pável Bauken

Publicado

em



Lançado em 1997, o primeiro livro da saga Harry Potter chegaria ao Brasil no início de 2000. Exatamente em abril daquele ano, os jovens por aqui puderam conferir Pedra Filosofal, primeiro livro sobre o bruxinho, seus amigos e inimigos e os professores da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. De lá para cá, a história criada por J.K. Rowling não se limitou às páginas de papel, saltou para o cinema, teatro, virou videogame e ganhou até parque temático. E chegam nesta sexta-feira, 4, ao mercado nacional os audiolivros da série, pela plataforma Storytel, que contam com a narração de Ícaro Silva. O ator, aliás, se desdobra em criar e interpretar a voz de nada menos que 400 personagens.

Fã confesso de Harry Potter, Ícaro diz que cresceu junto com os personagens, e essa relação tão próxima com esse mundo de magia contribuiu para o desenvolvimento desse trabalho. “É um universo que eu conheço muito bem e que sempre me encantou, desde moleque, aos 13 anos de idade”, revela. Ele afirma que, por gostar tanto desses livros, se colocou de corpo e alma nessa interpretação narrativa. “Fiz com o coração, colocando muito do meu afeto por essa obra, pois se trata de um trabalho extremamente interessante, único, muito especial para mim”, afirma o ator.

Segundo Ícaro, sua jornada para realizar o trabalho é puxada, afinal, todas as sete obras serão transformadas em audiolivros. Consequentemente, o tempo dedicado ao projeto também é grande. Por dia, Ícaro diz que chega a narrar de 4 a 5 capítulos, mas o ritmo depende muito do volume a ser trabalhado, pois, segundo o ator, eles vão ficando mais densos, com histórias mais intensas

“A gente começou em junho e vamos até março, pois é um processo bastante trabalhoso, que exige mais foco e disciplina”, diz Ícaro, que não se furta a declarar que, mais do que tudo isso, acaba sendo também muito divertido para ele. E justifica, afirmado que se trata de uma oportunidade não apenas de revisitar esse universo, como praticar muito para sua arte, porque faz todos os personagens. “Eu fiz a escolha desafiadora de criar uma voz para cada um, na medida do possível.” E acrescenta que essa possibilidade de explorar tantos personagens e que conversam entre eles, reforçou a confiança de que escolheu a profissão correta. “É o que eu amo fazer, ser ator, ser artista, então, por mais difícil que seja, esse trabalho também me alimenta muito.”

Ícaro percebe ainda que, apesar de estar distante desses livros há um bom tempo, pois não tem aparecido “novidade de fato a respeito da obra”, esse projeto que surgiu agora é uma oportunidade de ele rever esse universo, do qual é fã. “Estar revisitando agora essa saga, com meu olhar de adulto, é muito interessante, porque eu começo a ver os personagens, ler a história e toda a simbologia dela de forma um pouco mais densa, mas complexa, quer dizer, eu vejo um pouco mais a complexidade e as camadas de cada personagem, e da própria história”, conta. Ele ressalta ainda que está sendo bem enriquecedor conhecer melhor outros personagens, com uma nova perspectiva, tudo com o olhar de um homem adulto, mas que foi conquistado pelo enredo ainda jovem.

“Não deixa também de ser uma visita ao Ícaro jovem e à forma de ele pensar e vejo como tantas coisas mudaram na minha cabeça”, explica, acrescentando que a forma de ver e avaliar alguns personagens mudou, se questionando a quem daria razão na história agora e “para quem iria torcer”.

Conhecendo bem os livros e as histórias, o narrador fala de suas preferências com relação aos personagens principais, colocando Harry Potter como sendo aquele que representa os leitores que não fazem parte do mundo da magia. Mas declara que seu personagem favorito é a Hermione Granger. “Eu de fato valorizo muito o combo inteligência e coragem e acho que coração e mente alinhados, como nela, são raros”, afirma. Para ele, essa visão também tem a ver com seu amadurecimento pessoal, pois, quando bem jovem, se identificava mesmo com os personagens mais ligados em aventuras.

“Hoje eu gosto muito de rever como a Hermione é a personagem que pondera, que observa duas vezes, é extremamente corajosa e sensível”, avalia. O fato de ela pensar duas vezes antes de falar e ter uma grande capacidade de se adaptar é algo que ele tenta desenvolver cada vez mais em sua vida. “Estou vivendo e me analisando através da observação que faço dessa personagem também.”

No balanço feito pelo ator, esse está sendo um projeto muito trabalhoso, mas muito esmerado, que parece um artesanato. “É como se a gente estivesse entregando um presentinho de Natal para as pessoas, que eu considero muito mágico.” E também avalia ser um privilegiado, conseguindo esse trabalhando nessa fase de pandemia e de poucas oportunidades no setor cultural. “Sou grato duplamente por poder fazer o trabalho neste momento em que poucos artistas estão trabalhando, e também por ter tempo para isso.”

Após participar do projeto, Ícaro diz que gostou de se ver como um contador de histórias, e que esse pode ser o primeiro de outros trabalhos semelhantes. “Eu me vejo como um contador de história entusiasmado, como alguém que tem vontade de contar histórias e isso já é muito interessante.”

Para ter acesso ao audiolivro Harry Potter e a Pedra Filosofal, o leitor precisa baixar o aplicativo da Storytel (storytel com/br/pt/), se inscrever e terá 14 dias grátis para experimentar, após esse período, o valor será de R$ 27,90 por mês.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×