Cães da raça Chow-Chow: adotar ou não? O quão agressivos eles são e como lidar com isso – Portal Plural
Connect with us

Pets

Cães da raça Chow-Chow: adotar ou não? O quão agressivos eles são e como lidar com isso

Publicado

em

Foto: Instagram/chowtimechowchow | Instagram/cocothetorontobear | Instagram/monsieur_georges_


 

Apesar da aparência felpuda e amigável, os cães da raça Chow-Chow são conhecidos pelo comportamento arisco e ocasionalmente agressivo com estranhos, incluindo crianças e outros animais.

 

Trata-se de uma raça primitiva, altamente territorial e que costuma desafiar quem está ‘no comando’. Claro, eles podem ser criados para serem cães amigáveis ​​e amorosos, deixando seu instinto naturalmente ofensivo de lado desde jovens.

 

Temperamento do Chow-Chow

Apesar de citarmos esses cãezinhos num contexto maior (sua raça), é sempre bom lembrar que ‘cada caso é um caso’. Eles podem ter personalidades completamente distintas: uns são tímidos, outros extrovertidos; alguns mais territorialistas, outros mais carentes.

De toda forma, todo Chow-Chow costuma prezar por sua independência – gostam de ficar sozinhos e realizar atividades solitariamente. Não precisam receber altas doses de atenção, mas claro, eles adoram receber um carinho.

 

Eles não gostam de receber carinho o tempo todo. (Foto: Instagram/ simba_chowchow2020)

 

Não gostam de muito barulho

Isso pode ser uma surpresa para algumas pessoas. A reputação ocasionalmente agressiva que esses cães têm dá a impressão de que devem ser barulhentos, mas na verdade eles são uma raça muito quieta.

Claro, eles fazem barulho, mas apenas quando sentem que é necessário. Por exemplo, eles podem ficar perfeitamente quietos até ouvir ou ver um intruso. Nesse ponto, eles podem latir alto!

 

Se desinteressam pelas coisas com facilidade

Os Chow-Chows gostam de receber carinho, mas não o tempo todo. Quando eles sentirem vontade de chegar perto de você, eles o farão, mas não será por muito tempo. Na maioria dos casos, eles preferem passar mais tempo com eles mesmos do que com qualquer outra pessoa.

Se ele não estiver interessado, certamente irá ignorá-lo. Não há nada que você possa realmente fazer para chamar a atenção deles, a menos que seja algo que eles queiram.Se desinteressam pelas coisas com facilidade

 

São muito leais

Esses cães asiáticos são extremamente dedicados e leais, mas apenas para seu dono. Eles geralmente escolhem apenas um dono para se tornarem muito leais e os outros são pessoas secundárias em suas vidas.

Essa superproteção é uma das razões pelas quais eles podem ser agressivos (daí a necessidade de educá-los apropriadamente desde filhotes). A socialização com outras pessoas e animais de pequeno porte é muito indicada.

 

Essa raça é muito leal ao seu dono. (Foto: Instagram/chowchowhere)

 

Dê a eles muito amor

Um cãozinho negligenciado pode facilmente se tornar um cão agressivo, então dar a eles todo o amor e atenção que merecem é crucial se você quiser ter uma boa companhia em casa.

Nenhum animal merece ser negligenciado, deixado sozinho por longos períodos de tempo ou deixar ser mal disciplinado, então certifique-se de tratar seu Chow-Chow com todo o amor e respeito que ele merece e ele crescerá e ficará bem.

 

Permitir a ele novas experiências é essencial

Sair com seu filhote e expô-lo a situações cotidianas é bastante necessário para que ele se sinta confortável e calmo quando for mais velho.

Um Chow-Chow geralmente não se sente confortável perto de estranhos, novas situações ou novos ruídos. Quanto mais experiências boas o seu doguinho tiver, mais longe de sua zona de conforto ele ficará, de modo que ficará melhor em lidar com coisas novas.

Permita que o Chow-Chow tenha experiências positivas. (Foto: Instagram/aslan.chow2020)

 

O Chow-Chow é ideal para você?

Em primeiro lugar, é saudável salientar que um Chow-Chow pode não ser uma boa raça para tutores de primeira viagem.

Sua teimosia instintiva vai entrar em ação se eles não forem criados adequadamente. Em outras palavras, dará trabalho ao dono!

Se você é um dono de cachorro relativamente experiente e tem muito tempo livre para ficar com eles quando são jovens, não se preocupe em ter um Chow-Chow. Se você está preparado para esforçar-se em criá-lo, cuidar de sua densa pelagem e estar bem com a ideia de que essa raça não é particularmente afetuosa em comparação com outras, eles podem ser perfeitos pra você! Esta raça pode ser certa para você.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pets

Cachorro que foi expulso de casa por ser muito gentil é resgatado por abrigo e busca lar amoroso

Publicado

em



 

A história do cãozinho Leo é uma demonstração de como alguns humanos podem ser ingratos com a gentileza e a lealdade que seu animal de estimação lhes oferece.

 

Seu dono queria um cachorro que fosse feroz e latisse para todos. Porém, esse cãozinho não poderia ser mais gentil e fofo.

Leo não rosna para ninguém, e ele nunca chegou latir ou ameaçar alguém. Seu patrão não gostou muito de sua personalidade, pois dessa forma não servia para poder fiscalizar a propriedade. Então, Leo não foi considerado útil e foi expulso de casa.

Mas sem dúvida a reação deste sujeito foi extremamente dura pelo amor que este cão lhe deu. Visto que ao não servir como cão de guarda, decidiu expulsá-lo de casa e, em vez disso, trouxe para sua casa outro que o serviria para a missão de cuidar de sua propriedade.

Entretanto, apesar de ter sido expulso pelas pessoas que ele mais amava, o adorável peludo Leo nunca os deixou. Ele ficou do lado de fora de sua antiga residência, esperando que a porta se abrisse e fosse aceito novamente. Foi nessa condição de abandono que ele foi encontrado pela equipe de resgate Love Furry Friends.

Depois de vários dias fora de casa onde antes deu todo o amor que tinha, voluntários deste centro de resgate de animais apareceram para lhe trazer comida e água. Mas apesar da gentileza com que este cão recebeu seus salvadores, logo após receber os suprimentos, ele voltou para sua casa e continuou esperando que seu antigo dono abrisse a porta para ele.

Finalmente, depois de muita insistência, eles conseguiram levar Leo para um abrigo. Ele, menos do que ninguém, não merecia o abandono de que fora vítima. E em vez de um dono tão frio e distante, o que ele precisava era de amor e muito carinho.

Então, os voluntários do Love Furry Friends o levaram a um veterinário, onde encontraram sinais de maus tratos em sua antiga casa. Diante disso, deram-lhe tratamento médico adequado, o que o fez sentir-se melhor. Quando chegou a hora do banho e da tosa, Leo já parecia um cachorro novo.

Atualmente, Leo é conhecido no abrigo como um cão muito brincalhão e majestoso. Ele adora correr e receber muito carinho e, graças ao trabalho dos voluntários do Love Furry Friends, deixou aquele olhar triste para trás e hoje é pura alegria. No abrigo, eles têm esperança de que ele logo encontrará um lar onde receberá todo o amor e atenção que merece.

 

FONTE: ADOTEUMCACHORRO.COM

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Pets

Filhotes de cachorro correm atrás de motorista após serem abandonados em calçada

Publicado

em



 

Câmeras de segurança flagraram quando homem retira os animais do carro e os deixa sozinhos.

 

Um motorista foi flagrado abandonando um casal de filhotes de cachorro em uma calçada de Rio Verde, região sudoeste de Goiás. Câmeras de segurança de uma casa flagraram que, após serem deixados no local, os cães saíram correndo na rua para tentar alcançar o carro, mas o condutor não parou.

O caso aconteceu na última quinta-feira (3), no Bairro Ataídes 2. O vídeo mostra quando o motorista sai do carro, abre o porta-malas, pega os dois cachorros e os abandona na calçada. Em seguida, o homem entra no carro e foge.

O eletricista Roberto Vieira cuidou dos dois filhotes, batizados de Hulk e Hana, até que eles fossem adotados.

“Hulk e Hana já ganharam uma nova família. É desumano, é uma atrocidade abandonar esses animais tão indefesos, eu acho que essas pessoas não têm amor ao próximo”, desabafa o morador.

Motorista abandona filhotes de cachorro em calçada, em Rio Verde — Foto: Roberto Vieira/Arquivo pessoal

A empresária Liyzan Winder conta que outros animais já foram abandonados no local e, por isso, os moradores fizeram uma “casinha” na calçada, com alimento e água para proteger cães sem um lar.

“Eu tenho uma cachorrinha que foi abandonada aqui. Pessoas vêm quando não tem ninguém na rua, chegam de carro e abandonam os cachorrinhos. Só neste ano, quatro pessoas já abandonaram cães aqui no bairro. Eu acho que eles deixam aqui porque sabem que tem comida e água”, conta Liyzan.

Os moradores não registraram boletim de ocorrência. A Polícia Civil informou que abandono de animais é crime. Se condenada, a pessoa responsável pelo ato pode pegar até cinco anos de prisão.

 

FONTE: G1

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Marinheiros russos resgatam cão encontrado em placa de gelo no Ártico

Publicado

em



 

Aika havia se perdido do dono uma semana antes

Um cão foi resgatado à deriva em uma placa de gelo no norte da Rússia.

Um navio quebra-gelo estava trabalhando em uma região já próxima ao Círculo Polar Ártico quando a tripulação avistou o animal, da raça Samoieda.

Com o movimento dos navios e do próprio gelo, que já contava com várias rachaduras, o animal – chamado Aika – poderia ter se machucado ou até morrido se não tivesse sido resgatado pelos marinheiros.

Nas imagens, o cachorrinho é visto balançando a cauda e mancando ao se aproximar do barco. A imprensa internacional acredita que ele tenha se machucado no gelo.

O dono de Aika foi encontrado e afirmou que vinha procurando pelo animal há uma semana.

O cão havia fugido por uma porta aberta em sua casa, em um vilarejo na costa local. Depois, peregrinou por cerca de 6 km até o ponto onde foi encontrado.

 

FONTE: BAND

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×