Brasil perde para o Peru em jogo morno nos EUA – Portal Plural
Connect with us

Esportes

Brasil perde para o Peru em jogo morno nos EUA

Pável Bauken

Publicado

em



 

O Brasil conheceu sua segunda derrota em amistosos da era Tite, nesta terça-feira (horário local) contra o Peru. Em uma partida morna, os adversários da final da Copa América conseguiram sua revanche com o placar magro de 1 a 0, já nos minutos finais de partida.

O time nacional vinha de um empate por 2 a 2 com a Colômbia, em Miami, também em solo norte-americano, e agora amargou um resultado ainda pior. Para completar, levou uma espécie de troco dos peruanos, derrotados por 3 a 1 na decisão do torneio continental, no Maracanã, e goleados por 5 a 0 pelos brasileiros na primeira fase da competição, em São Paulo.

A seleção não era superada pelos peruanos em uma partida desde a Copa América Centenário de 2016, no revés que provocou a eliminação dos brasileiros do torneio e também a demissão do técnico Dunga, posteriormente substituído por Tite.

Sem Neymar entre os 11 titulares, depois de Tite ter deixado o atacante em campo durante todo o amistoso contra a Colômbia na última sexta-feira, em Miami, onde o astro atuou depois de três meses sem disputar uma partida, a seleção brasileira foi escalada com um trio ofensivo formado por David Neres, Firmino e Richarlison.

Com Neres pela esquerda, Richarlison pela direita e Firmino mais centralizado, o Brasil tinha um meio-campo apenas com Philippe Coutinho como um autêntico armador para municiar os homens de frente, enquanto os volantes Casemiro e Allan ficavam mais atrás na proteção da zaga. Desentrosada, essa formação sofria para engrenar e viu o Peru criar as primeiras melhores oportunidades ofensivas. Aos 13 minutos, o Brasil levou um susto inicial após Tapia cabecear por cima do gol de Ederson após cobrança de escanteio de Abram.

E a seleção só foi produzir a sua primeira grande chance de marcar aos 19 minutos, quando Firmino recebeu bom passe pela direita e ajeitou para David Neres ficar na cara do gol e chegar a driblar o goleiro Gallese. Porém, na hora de completar para o gol vazio, o atacante do Ajax foi travado por Advíncula. Mesmo que incompleta, essa foi a primeira finalização brasileira no jogo.

Do outro lado, a seleção peruana voltaria a chegar ao ataque com perigo aos 22 minutos, quando a zaga brasileira afastou mal um cruzamento e a bola sobrou para Flores. O atacante finalizou e obrigou Ederson a espalmar para escanteio.

O conjunto brasileiro não ajudava, mas Richarlison quase abriu o placar aos 24 após tabelar com Firmino, levar sorte ao ver a bola passar entre as pernas de um defensor e chutar forte. A bola passou perto da trave direita de Gallese. E o goleiro só praticaria a sua primeira defesa no jogo aos 43 minutos, quando espalmou para fora uma nova finalização do mesmo Richarlison, que ainda voltaria a desperdiçar uma nova oportunidade de marcar nos acréscimos, aos 48.

Mesmo com a fraca atuação do Brasil no primeiro tempo, Tite resolveu mandar a seleção a campo para o segundo tempo sem alterações. Apesar disso, o time nacional criou duas ótimas chances de abrir o placar no início da etapa final. E de novo não soube aproveitá-las. Primeiro aos 4 minutos, quando Richarlison fez boa jogada e deu belo passe para Allan. O volante, na cara do gol, chutou para a bola bater em Gallese, rebater no brasileiro e sair para a linha de fundo.

E o goleiro peruano voltaria a aparecer com destaque aos 8, quando Firmino, em nova jogada em que atuou como um pivô na frente, ajeitou a bola após lançamento de Marquinhos para Coutinho, que soltou forte chute de fora da área. A finalização foi parada por Gallese, que até machucou o dedão da mão direita. E o mesmo Coutinho parou em nova intervenção do arqueiro em chute rasteiro cruzado.

Neymar entra

Como o gol não saía, Tite resolveu sacar dois jogadores de uma vez só, tirando Firmino e David Neres e promovendo as entradas de Neymar e Lucas Paquetá, aos 17 minutos. E pouco depois, em uma trauma que envolveu os dois jogadores e envolveu Coutinho, o meia do Milan finalizou por cima do gol, aos 19. E Richarlison, o mais efetivo brasileiro no ataque, fez o mesmo em outro arremate aos 20.

O time brasileiro continuava em uma noite infeliz e Tite resolveu colocar o time de vez no ataque ao sacar Coutinho e colocar Bruno Henrique, assim como tirou Richarlison e pôs Vinicius Junior, que fez neste duelo a sua estreia pela seleção principal do Brasil. Porém, quem acabou achando o caminho do gol foi o Peru, aos 39 minutos. Yotún cobrou falta pela direita, Ederson saiu mal de sua meta e Abram se antecipou para cabecear para as redes.

O Brasil, desorganizado e desentrosado, tentou buscar o empate no fim e Vinicius Junior apareceu com perigo por uma vez na frente, mas não conseguiu finalizar, enquanto Neymar reclamou da não marcação de um pênalti sobre ele, mas o Brasil não fez por merecer a igualdade no placar e acabou caindo diante do Peru em Los Angeles.

Correio do Povo
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Atletas foram selecionados pela Chapecoense na pré-temporada da SER Santa Rosa

Pável Bauken

Publicado

em



Entre os dias 03 a 08 de fevereiro, a escola de futebol da SER Santa Rosa realizou nas dependências do Estádio Municipal Carlos Denardin e da Vigor Arte e Show, um evento denominado Pré-Temporada.

A Pré-Temporada teve o objetivo de demonstrar para mais de 70 meninos de 08 a 17 anos, como funciona um pré-temporada de um clube profissional, e o caminho que um atleta precisa seguir para se tornar um jogador profissional. Durante a semana os atletas tiveram treinos em dois períodos, com profissionais qualificados, acompanhamento nutricional com cardápio elaborado pela nutricionista Gabriela Traczynski, palestras com o Presidente do clube Justino Girardi, Paulo Paim (palestra motivacional), Marcelo Baron (ex-jogador e treinador), João Pedro Simonetto (jogador do Juventude), Gabriela Traczynski (nutrição).

No decorrer da semana os meninos realizaram cinco refeições regradas no clube, com explicações da importâncias da alimentação saudável, com vegetais, legumes, frutas, carnes, derivados de leites e etc. Treinamentos intensos, com preparação tática, técnica, física e especifica, além de momentos de recreação e relaxamento na piscina.

Para coroar com chave de ouro a semana de treinamentos, a SER Santa Rosa em parceria com a Chapecoense trouxe a Santa Rosa três observadores da equipe catarinense, para observar os atletas do clube nos treinos da sexta-feira e do sábado.

Nesta observação, o supervisor da categorias de Base da Chapecoense Nei Minks convidou oito atletas da SER Santa Rosa para realizar um período de treinamentos nos próximos dias em Chapecó.

Os atletas selecionados são:
João Vitor C. Tiecher – Lateral Esquerdo – 2005
Arthur Trentin Bottega – Volante – 2006
Vitor Mateus de Lima – Atacante – 2006
Gabriel Peirus Vier – Goleiro – 2007
João Vitor M. Marques – Centroavante – 2007
Bernardo Beck Campos – Lateral Direito – 2008
Juliano Matias Volkweis – Meio Campista – 2008
Bryan Trautenmuller Campos – Meio Campista – 2009

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Esportes

Ginásio Pedro Deon sediará as atividades da Escolinha de Futebol Unidos do Cruzeiro do Sul

Pável Bauken

Publicado

em



Na manhã desta quinta-feira, 13 de fevereiro, o secretário de Desenvolvimento de Cultura e Esporte de Santa Rosa, Carlos Alberto Nasi, recebeu a visita do vereador Nilson Joel Cardoso (Xexéu) para tratar de assuntos da área do esporte e do desenvolvimento social. Na ocasião, ficou definido que a Escolinha de Futebol Unidos do Cruzeiro do Sul, coordenada pelo líder comunitário Xexéu, disporá de duas horas semanais no Ginásio Municipal Pedro Deon para realizar suas atividades. A Escolinha Unidos do Cruzeiro do Sul atende aproximadamente 60 crianças e adolescentes.

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Destaque

Verão Mágico 2020 já tem seus primeiros campeões

Pável Bauken

Publicado

em



Iniciado no dia 20 de janeiro, o Verão Mágico 2020 chega em meados de fevereiro com alguns de seus campeões já definidos. Vamos a eles.

Futevôlei

1º lugar: JP Artigos Militares

2º lugar: Pastur/Lucas

3º lugar: Arena Gol

Câmbio Master

1º lugar: Tucunduva

2º lugar: ASSCAM

3º lugar: Sesc

Câmbio Sênior

1º lugar: ASSCAM “A”

2º lugar: Tucunduva

3º lugar: ASSCAM “B”

Vôlei de Areia Família

1º lugar: Mirian/Saul

2º lugar: Magadiel/Nanda

3º lugar: Família Batista

Handebol de Areia Feminino

1º lugar: ASE – Santa Rosa

2º lugar: Escola Polivalente

Handebol de Areia Masculino

1º lugar: Escola Polivalente

2º lugar: ASE – Santa Rosa

As competições do Verão Mágico seguem até o dia 3 de março. O Verão Mágico 2020 é uma promoção da Prefeitura Municipal de Santa Rosa, através da Secretaria de Desenvolvimento de Cultura e Esporte, com o apoio da RBS TV Santa Rosa.

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.

Continue Lendo

Trending

×