Brasil bate recorde de vacinação contra covid em junho – Portal Plural
Connect with us

Good News

Brasil bate recorde de vacinação contra covid em junho

Publicado

em



 

Felizmente a vacinação contra a Covid-19 está caminhando a passos mais largos no Brasil. O país bateu recorde de doses aplicadas em junho.

 

Dados do consórcio dos veículos de imprensa* mostram que no sexto mês do ano foram aplicadas 31,7 milhões de doses em todo o Brasil

Isso dá uma média de 1,056 milhão de doses aplicadas por dia.

Junho também teve o dia com mais vacinas aplicadas até agora: 2,2 milhões de pessoas foram imunizadas no dia 17. (veja o gráfico abaixo)

A marca foi comemorada pelo infectologista e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) Julival Ribeiro, mas com ressalva:

“Estamos melhorando o número de pessoas vacinadas no Brasil. Claro que o ideal é que esse número fosse bem maior. Como sabemos, houve grande atraso do governo federal na aquisição de vacinas”, disse.

Pessoas vacinadas

Até o fim de junho, 73,6 milhões de pessoas haviam recebido pelo menos uma dose e 25,7 milhões, a segunda dose.

São Paulo é o estado com o maior percentual de pessoas que tomaram a primeira dose, com 41,1%.

O último lugar é do Amapá, com 21,9%.

Julival Ribeiro lembra que “a vacina é a arma mais poderosa para prevenir a Covid-19, e mesmo a vacina não sendo 100% eficaz, a gente previne casos graves e mortes. Esse é o maior impacto da vacina”.

“Quanto mais pessoas forem vacinadas diariamente, mais perto chegaremos da tão esperada imunidade de rebanho”, prosseguiu.

Isso acontece, explicou ele, quando “em torno de 70% a 80% da população estiver imunizada. Com isso, protegemos aqueles que, por algum motivo, não puderam tomar a vacina”.

O consórcio de imprensa é composto pelos veículos G1, O Globo, Extra, Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL.

FONTE: SÓ NOTICIA BOA

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Good News

Como a autoconsciência pode aumentar o índice de produtividade nas empresas

Publicado

em



As emoções organizam e desorganizam os resultados das empresas, das nossas relações pessoais, profissionais, familiares e podem impedir as conquistas dos nossos objetivos, e propósitos de vida

 

Levante a mão quem nunca sentiu uma irritação absurda no meio de uma reunião de revisão de projeto, ou ficou vermelho de raiva em um processo de negociação? Quem algum dia deu uma resposta sem pensar, tomado pela emoção à flor da pele e, se arrependeu em seguida. Ou então, em uma discussão mais acalorada exagerou na contestação, alterou o tom de voz e gerou constrangimento a todos ao redor e para si mesmo?

As emoções organizam e desorganizam os resultados das empresas, das nossas relações pessoais, profissionais, familiares e podem impedir as conquistas dos nossos objetivos, e propósitos de vida. A busca da autoconsciência pode ajudar a mudar o rumo das decisões, transformando as reações emocionais negativas em positivas.

Carlos Aldan, antropólogo, sociólogo e cientista político e CEO do Grupo Kronberg, empresa especializada em desenvolvimento de líderes, tem sido um grande disseminador do processo de autoconsciência, método ao alcance de qualquer pessoa e posição. Segundo Aldan, a autoconsciência é capaz de transformar a vida de uma pessoa para muito melhor.

“É uma consciência racionalizada capaz de alterar uma reação emocional de raiva em uma resposta produtiva, em substituição de uma emoção, antes negativa para uma outra construtiva, de empatia, fazendo com que a pessoa identifique esses gatilhos, comportamentos e o que eles trazem de bom e ruim”, afirma Aldan.

Todos nós temos, de acordo com o especialista, um padrão emocional individual, sofremos estímulos externos, pressão e sentimentos controversos e somos vítimas de nós mesmos. “Muitas vezes não conseguimos segurar a nossa emoção e nos deixamos levar pela primeira reação. Com o autoconhecimento, procuramos identificar os inputs internos e externos, que influenciam no humor, nos pensamentos e nos nossos comportamentos – e assim identificar o que causou e o que poderia ter feito diferente. Com a prática, as decisões emocionais vão se transformando em tomadas de decisões racionais, produtivas, construtivas para a pessoa e para os demais que convivem com ela”, acrescenta.

Com disciplina e prática diária da autoconsciência, os resultados iniciais são alcançados em cinco a sete semanas, com a diminuição de reações pela emoção por gatilhos emocionais e uma maior aplicação de empatia, compreensão e tolerância, gerando comportamentos mais positivos.

O autoconhecimento é uma habilidade importante da inteligência emocional e essencial para que todos os profissionais possam organizar pensamentos e emoções no cenário dos negócios cada vez mais complexo e disruptivo. Essa capacidade também é necessária para preparar as lideranças para que sejam capazes de inspirar, de criar um ambiente que propicie a iniciativa, a criatividade, a paixão das pessoas e que tornem todos parte de um único propósito.

Pesquisas recentes demonstram que a inteligência emocional é um dos principais preditores de sucesso na vida e de desempenho no trabalho. A IE tem correlação com os seguintes fatores de sucesso na vida: eficácia, influência, tomada de decisão, relacionamentos, saúde, equilíbrio, bem-estar, conquista e satisfação com a vida. Estas pesquisas também demonstram que 90% dos profissionais com maior desempenho possuem inteligência emocional mais desenvolvida. De outro lado, somente 20% dos profissionais com pior desempenho possuem inteligência emocional adequada. (Talen Smart Survey, 2019).

 

FONTE: MUNDO RH

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Good News

Lego de ‘Esqueceram de Mim’ tem 4 mil peças e armadilhas para bandidos

Publicado

em



 

‘Esqueceram de Mim’ terá um novo filme neste fim de ano, mas os fãs da franquia já podem se divertir relembrando o primeiro longa da série. A Lego já está comercializando o conjunto da casa de Kevin McCallister, com quase 4 mil peças, incluindo as armadilhas usadas pelo garoto para enfrentar os bandidos naquele natal de 1990.

 

O brinquedo foi anunciado nesta quinta-feira (21). Ele foi sugerido dentro do grupo Lego Ideas, onde usuários enviam suas ideias para conjuntos à empresa. Às vezes, a Lego aceita a indicação e produz, remetendo a taxa de 1% de royalties ao designer original. No caso da casa dos McCallister, o idealizador foi o ucraniano Alex Storozhuk.

O designer já era fã de ‘Esqueceram de Mim’. O brinquedo idealizado por ele tem exatamente 3.955 peças, lotado de referências do filme. Há uma variedade de armadilhas, uma televisão mostrando o longa ‘Anjos de Cara Suja’, filme que Kevin deixa rolando na TV enquanto está sozinho, e até o manequim de Michael Jordan.

Entre os cinco personagens no Lego, estão o próprio Kevin, papel de Macaulay Culkin no filme, e os bandidos que invadem a casa, interpretados por Joe Pesci e Daniel Stern. Um dos bandidos tem, inclusive, o rosto queimado pelo ferro de passar, como no filme.

O conjunto ‘Esqueceram de Mim’ começa a ser vendido no dia 1º de novembro. O valor do brinquedo é US$ 249,99 ou R$ 1.414,69, na conversão direta com o dólar cotado a R$ 5,66, no site da Lego. As peças também serão vendidas nas lojas.

Esqueceram de Mim lego

Retorno de ‘Esqueceram de Mim’:
O novo filme da franquia estreia no dia 12 de novembro. Neste, Max Mercer é o menino travesso e cheio de recursos esquecido pelos parentes, que viajam para Tóquio, no Japão. Ele é interpretado pelo britânico Archie Yates, que fez Yorki em ‘Jojo Rabbit’.

O casal Pam e Jeff Fritzovski, interpretado por Ellie Kemper (‘Unbreakable Kimmy Schmidt’) e Rob Delaney (‘Deadpool 2’), tenta recuperar uma relíquia de família de valor inestimável e se volta para a residência dos Mercer. Lá, Max é o único presente para impedir a invasão dos intrusos e faz tudo que pode para mantê-los fora de casa.

O elenco de ‘Home Sweet Home Alone’ tem ainda Aisling Bea, Kenan Thompson, Ally Maki, Pete Holmes, Chris Parnell, Timothy Simons, Andy Daly e Mikey Day. No trailer, já é possível ver a participação de Devin Ratray mais uma vez dando vida a Buzz McCallister, irmão mais velho de Kevin nos primeiros filmes de ‘Esqueceram de Mim’. Agora, ele aparece como um policial.

 

FONTE: OLHAR DIGITAL

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Good News

Como gerar conversas relevantes com seus prospects?

Publicado

em



 

Depois da onda dos blog-posts, empresas têm buscado diferentes recursos para gerar conexões profundas com seus clientes em potencial

 

 

Com a escalada de conteúdo sendo gerado a todo momento, a disputa por minutos de atenção do consumidor está cada vez mais acirrada. O que se vê de movimentação das marcas quando se fala em clientes em potencial, as ideias ficam atreladas à geração de leads e taxas de conversão, desconsiderando a profundidade da comunicação da marca com a audiência.

Munir a equipe de vendas com listas e informações é, sem dúvidas, essencial para qualquer companhia, porém, está longe de ser a única via. Investir em conteúdo e relacionamento, por exemplo, tem se mostrado um excelente caminho para quem busca conexões profundas e diferenciação.

Para Gabrielle Teco, CEO da Qura, hub especializada em curadoria de conteúdo para empresas e executivos, fomentar o lifelong learning, transmitir conhecimento e proporcionar novas experiências por meio de conteúdo estão cada vez mais em alta. Mesmo quando a demanda chega como amplificação de mensagem publicitária, é preciso se dedicar para adaptar o pedido para um tipo de entrega menos interruptiva e mais educativa.

Estratégias de sucesso

Uma das boas ideias que vêm sendo bem aproveitada é o podcast. Esse tipo de conteúdo cresceu de maneira significativa – 200% em 2020, segundo o Spotify. Um case vem da Localiza ao lançar o podcast “Pé na estrada com o cliente”. Produzido em parceria com a Qura, o programa entrevista especialistas em customer experience, dividindo com a audiência insights sobre como cuidar da jornada do cliente sob diferentes aspectos.

Outro exemplo é o Cloudly, trilogia em podcast da Oracle que conta a história da cloud no mundo. “Como esse é o tema do momento entre as grandes empresas de tecnologia, optamos por diferenciar a marca oferecendo um conteúdo educativo, bem produzido e levando a mensagem da marca para uma audiência super qualificada”, comenta Gabrielle.

Outra estratégia são os eventos digitais, que seguem em alta para gerar engajamento e conversas relevantes. “Depois da chuva de lives observada no início da pandemia, observamos uma queda de 35% da audiência em produtos menos interativos, como webinars e palestras. Já eventos no formato mesa redonda, onde o mediador consegue fazer a conversa parecer um bate-papo entre amigos, tiveram uma alta de 20% na audiência quando comparamos com os dados pré-pandemia”, adiciona a CEO da Qura.

Em um mundo em que qualquer informação está a um clique de distância das pessoas, ir além do blog-post pode fazer toda a diferença para as marcas. As estratégias de SEO continuam relevantes, mas passar para um próximo nível de conexão e engajamento com clientes em potencial exigirá das marcas não só criatividade, mas também uma preocupação genuína com a curadoria e a produção do conteúdo que elas assinam.

 

FONTE: MUNDO MARKETING

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×