Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
Boca marca no fim, mas River segura pressão e vai à final – Portal Plural
Connect with us

Esportes

Boca marca no fim, mas River segura pressão e vai à final

Pável Bauken

Publicado

em



 

Apagado e pouco criativo em quase todo o jogo, o Boca Juniors tentou na base da imposição, da força física e da vontade. No entanto, prevaleceu a experiência e a qualidade técnica. Na noite desta terça-feira, na Bombonera, os donos da casa venceram o River Plate por 1 a 0 no jogo de volta da semifinal da Libertadores, mas o placar foi insuficiente. Por conta da vantagem conquistada no jogo de ida, a equipe de Marcelo Gallardo se garantiu na final da Libertadores, em Santiago, no dia 23 de novembro.

Jogando no Chile, o River Plate vai tentar o seu quinto título de Libertadores na história. Essa será a segunda final consecutiva dos argentinos na competição, que tem duas taças continentais nesta década: 2015 e 2018, ambas com Gallardo no comando.

O gol da vitória do Boca Juniors foi marcado por Hurtado, aos 34 minuntos do segundo tempo, após cobrança de falta pelo lado direito. O resultado, no entanto, foi insuficiente para os donos da casa.

Agora, espera o seu adversário na decisão, marcada para Santiago, no Chile, no dia 23 de novembro. O segundo finalista sai amanhã, no jogo de volta entre Flamengo x Grêmio, às 21h30min, no Maracanã. Quem vencer, está na decisão. A repetição do placar em 1 a 1 leva o jogo para os pênaltis. Qualquer empate acima de 2 gols dá a vaga ao Grêmio, enquanto o 0 a 0 dá a classificação aos cariocas.

Primeiro tempo movimentado e placar zerado

Conforme prometido antes do jogo, o técnico do River, Marcelo Gallardo, começou a partida sem surpresas. Repetiu a escalação do jogo de ida, no Monumental de Nuñez, vencido com autoridade e boa atuação por 2 a 0 no início de outubro. Já o Boca começou com um velho conhecido da torcida brasileira: Tevez, que começou no banco no jogo de ida, iniciou a partida na Bombonera.

Mais na base da vontade do que na organização, foi o Boca, jogando em casa, que começou tomando as ações do jogo, ocupando o campo do adversário. No entanto, a equipe de Gustavo Alfaro não conseguia trabalhar a bola no chão. Apostava mais na ligação direta e nos cruzamentos nas bolas paradas para ameaçar o gol de Armani.

Depois dos 15 minutos, o cenário do confronto se transformou um pouco. As duas equipes conseguiram se soltar mais e colocar a bola no chão. Em velocidade, passaram a trocar contragolpes em sequência, no momento em que o River conseguiu equilibrar as ações após um início mais postado na defesa.

O passo seguinte foi a melhora do River Plate na partida. Ganhando campo do adversário e levando vantagem especialmente pelo lado esquerdo, os visitantes passaram a levar perigo ao gol de Andrada. E se aproveitaram, ainda, de uma característica do goleiro do Boca. Jogando adiantado, quase foi surpreendido em duas oportunidades. Em uma delas, cobrando falta de muito longe, Ignacio Fernández quase abriu o placar.

A nota ruim do primeiro tempo ficou por conta da arbitragem. O brasileiro Wilton Pereira Sampaio parou demais o jogo, marcando muitas faltas – algumas delas inexistentes.

E foi na sequência de uma delas que o Boca criou sua melhor chance. Curiosamente, contra. Após cobrança de escanteio, a bola chegou até a pequena área, onde Enzo Pérez tentou afastar. No entanto, ele pegou mal e deu uma rosca, obrigando Armani a fazer a melhor defesa do primeiro tempo, que garantiu o 0 a 0 ao intervalo.

Boca marca no fim, pressiona, mas não amplia

Mesmo precisando do resultado, o Boca Juniors não apresentou grande mudança de postura em seu comportamento no segundo tempo. O River, por sua vez, assistia ao tempo passar, com a vantagem construída no jogo de ida. Sem muitas alternativas de criatividade, os donos da casa não agrediam o suficiente para chegar ao primeiro gol.

As tentativas de Gustavo Alfaro para tentar mudar o quadro só aconteceram aos 15 minutos do segundo tempo. De uma só vez, colocou em campo dois atacantes: Hurtado e Mauro Zárate, para a saída do centroavante Ábila e do volante Almendra. Logo nos primeiros minutos, a troca deu resultado, com duas finalizações de Zárate.

Marcelo Gallardo, por sua vez, também fez suas trocas. Colocou em campo o atacante Lucas Pratto e lançou Paulo Díaz para administrar o resultado. Mesmo assim, por conta da necessidade do Boca Juniors de se lançar ao ataque, o River Plate encontrou espaços para contra-atacar, e chegou a levar perigo em algumas oportunidades.

E quando o Boca pouco parecia construir para chegar ao gol, marcou justamente do modo em que mais levou perigo. Aos 34 minutos do segundo tempo, em cobrança de falta pela direita, Mac Allister levantou no segundo pau. Após confusão, ela sobrou na pequena área para Hurtado empurrar para as redes e marcar 1 a 0.

No fim, o Boca Juniors tentou justamente naquilo que mais teve no jogo. Esforço e transpiração, apostando especialmente nas bolas levantadas na área, onde o River teve mais dificuldades ao longo de toda a partida. No entanto, a pressão final foi insuficiente. Os donos da casa não marcaram, e o River garantiu sua passagem para tentar o quinto título de Libertadores de sua história, em Santiago, no dia 23 de novembro.

Copa Libertadores – Semifinal

Boca Juniors 1
Andrada; Buffarini, López, Izquierdoz e Más; Salvio, Marcone, Almendra (Zárate) e A. Mac Allister (Villa); Tevez e Ábila (Hurtado). Técnico: Gustavo Alfaro

River Plate 0

Armani; Montiel, Martínez Quarta, Pinola e Casco (Paulo Díaz); Enzo Pérez, Ignacio Fernández, Palacios, De La Cruz e Suárez (Scocco); Borré (Pratto). Técnico: Marcelo Gallardo

Gol: Hurtado (34/2T)

Cartões amarelos: Mac Allister, Marcone, Tévez (Boca Juniors); Ignacio Fernández (River Plate)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA/BRA)

Local: Estádio da Bombonera, em Buenos Aires (ARG)

CP
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

SOJÃO: reforços traz reforços de nível NBB

O campeonato vai ser transmitido no Portal Plural, no facebook e youtube.

Pável Bauken

Publicado

em

Leozão, Schneider e Duda Machado

No próximo final de semana começa em Santa Rosa o campeonato gaúcho de basquete adulto. O primeiro jogo do campeonato será contra o tradicional UNICO de Santa Cruz do Sul, às 19h de sábado, no ginásio João Moroni (Liminha). O SOJÃO reforçou o time para buscar o bi-campeonato. “Trouxemos três atletas de padrão NBB, com muita experiência em quadra e alta performance”, disse o presidente do clube Betuel Sauer. O trio é formado por Guilherme Schneider, Leonardo Waszkiewicz (Leozão) e Duda Machado, todos com passagens por diversas seleções brasileiras. Schneider foi seleção brasileira universitária, Leozão e Duda participaram da principal.

– Guilherme Schneider: ala-armador,
1.92m,
34 anos,
passagens por Sogipa (RS), CAXIAS (RS), Franca (RS), Joinville (SC), B. Cearense (CE), LSB (SP), Corinthians (SP)

– Leozão:
Pivô,
2,10m,
31 anos
Bira (RS), Pinheiros (SP)
Valladolid (Esp), Franca (SP), B. Cearense (CE)

– Duda Machado
Ala/armador
1.92m
38 anos
Lobos (DF), Flamengo (RS), Macaé (RJ), Rio Claro (SP), B. Cearense (CE), Bauru (RS), Vasco (RJ), São José (SC), Limeira (SP), Fluminense (RJ).

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Ministro afirma que Cristiano Ronaldo é investigado por quebra de protocolo

Reporter Global

Publicado

em



 

O ministro dos Esportes da Itália, Vincenzo Spadafora, voltou a criticar Cristiano Ronaldo, que se recupera do coronavírus. De acordo com ele, o craque da Juventus violou os protocolos sanitários para evitar a propagação da doença ao se apresentar à seleção de Portugal na última Data Fifa, retornando ao país infectado. Por isso, se tornou alvo de investigação no país.

 

“O Cristiano Ronaldo não respeitou o protocolo e está em curso uma investigação da Procuradoria de Turim para provar isso. Foi um episódio desagradável. O vírus nos ensinou que ninguém está imune. É evidente que todas as pessoas tentam respeitar as regras e os protocolos, mas a única solução passa por ficar em casa”, disse Spadafora em entrevista à RAI.

Na avaliação das autoridades italianas, Cristiano Ronaldo teria quebrado o protocolo de segurança ao se juntar ao elenco da seleção portuguesa para disputa de amistoso com a Espanha e de duelos contra França e Suécia, válidos pela Liga das Nações, mesmo sabendo que dois jogadores da Juventus haviam testado positivo para a covid-19 dias antes.

Após os casos de coronavírus, os atletas do elenco da equipe de Turim tinham sido colocados em quarentena. Porém, vários viajaram para defender suas seleções nacionais, caso de Cristiano Ronaldo, cortado de Portugal antes do confronto com a Suécia por ter contraído o coronavírus.

Cristiano Ronaldo está em isolamento e só poderá atuar novamente pela Juventus quando um exame demonstrar que ele está recuperado. A equipe de Turim voltará a jogar na quarta-feira, em casa, diante do Barcelona, pela Liga dos Campeões da Europa.

O craque português tem publicado momentos da sua rotina nas redes sociais para assegurar que está assintomático. Sem ele, sua equipe só empatou com o Verona, por 1 a 1, no domingo, pelo Campeonato Italiano. Antes, no meio de semana, havia derrotado o Dínamo de Kiev, por 2 a 0, na estreia na Liga dos Campeões.

 

 

Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Esportes

Com covid, Ronaldinho Gaúcho cumpre isolamento em casa no Rio

Reporter Global

Publicado

em



 

Segundo o ex-jogador, ele está assintomático e passa bem

 

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho anunciou, através das redes sociais, que testou positivo para o novo coronavírus na tarde deste domingo (25.out). O craque realizou os exames na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, onde participaria do evento de uma patrocinadora.

De acordo com Ronaldinho, ele não apresenta sintomas da doença. “Cheguei em BH e fiz o teste da Covid-19 e testei positivo. Estou bem e assintomático até agora”, explicou em vídeo. Durante a noite, o astro do futebol deixou o hotel em que estava na capital mineira e seguiu para o Rio de Janeiro, onde cumprirá o isolamento social em sua casa.

 

 

SBT

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×