Bandidos da Vila Aliança sequestram ônibus para fazer barricadas; PM faz operação na comunidade – Portal Plural
Connect with us

Bandidos da Vila Aliança sequestram ônibus para fazer barricadas; PM faz operação na comunidade

Bandidos da Vila Aliança, Zona Oeste do Rio, sequestraram veículos para serem usados como bloqueio a uma operação da Polícia Militar realizada na manhã desta quarta-feira (27) . Moradores informam que traficantes fecham os acessos ao local entre meia-noite e 7h.

Logo cedo, havia pelo menos três ônibus, três caminhões e uma van usados como bloqueio para o avanço dos policiais na região.

Segundo pessoas que vivem no local, houve tiroteio ao longo de toda a madrugada. Pela manhã, muitos ainda não haviam conseguido sair para trabalhar.

Para entrarem na comunidade, os policiais tiveram que remover uma barra de ferro com vergalhões – conhecida como “Jacaré” – usada por traficantes para furar os pneus dos carros da polícia e impedir a entrada dos agentes.

Os bandidos também usam caminhões, ônibus e vans para interditarem as ruas.

“Eu moro aqui na Vila Aliança e todos os dias isso tem acontecido. Todos os dias! Eles fecham a Taquaral à meia-noite e só abrem às 6h30, 7h do outro dia. As pessoas que moram aqui na Vila Aliança ficam impossibilitadas de sair e quem está fora fica impossibilitado de entrar. A ordem dos traficantes é: meia-noite fecha todos os acessos da Taquaral, da Augusto Figueiredo, entendeu? Ninguém entra ou sai”, relatou uma moradora.

 

Pela manhã, muitos moradores não conseguiam sair da comunidade, uma vez que quase todas as ruas do local estavam bloqueadas.

Pouco depois das 7h, as vias da comunidade estavam quase que desertas.

“Mais uma vez na Vila Aliança ficamos reféns do tráfico. Tivemos nosso direito de ir e vir cerceado. Ficamos sem ônibus. Aqui pagamos água, luz e IPTU, mas segurança que é bom, nada”, lamentou um morador.

 

Homem na torre

O Globocop flagrou um homem sobre uma torre de transmissão de eletricidade localizada no limite entre as vilas Aliança e Kennedy.

Com o rosto coberto, usando um rádio-transmissor, e em posição de visibilidade privilegiada, ele consegue ver quem entra e quem sai da comunidade, inclusive os policiais.

Fonte: G1.

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×