Áustria volta a impor lockdown nesta segunda-feira – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Áustria volta a impor lockdown nesta segunda-feira

Publicado

em



A Áustria entrou oficialmente em confinamento à zero hora de segunda-feira (22), uma medida severa que desatou protestos por todo o país durante o fim de semana. Bélgica e Holanda também registraram manifestações contra as restrições anticovid., a parte da Europa encara uma quarta onda da pandemia.

Viena parecia uma cidade fantasma, onde lojas, restaurantes, mercados natalinos, salas de concerto e salões de beleza baixaram as portas. Com exceção das escolas, a capital e o restante do país amanheceram em silêncio nesta segunda-feira.
Como em confinamentos anteriores, os 8,9 milhões de austríacos teoricamente estão proibidos de sair de casa, exceto para fazer compras, praticar esportes ou receber atendimento médico. Também podem ir ao escritório e levar as crianças para a escola, mas as autoridades pediram à população para permanecer em casa.

O anúncio das medidas, feito na sexta-feira, devido a um repique dos casos de covid-19, repercutiu em outras partes da Europa, com grandes protestos em Holanda, e Bélgica, entre outros países. A polícia holandesa informou que 145 pessoas foram detidas depois de três dias de protestos. O incômodo na Holanda surgiu pelas restrições que afetam especialmente os restaurantes, que devem fechar às 20h.

Na Áustria, o cenário parecia impensável semanas atrás, quando o ex-chanceler conservador Sebastian Kurz declarou o fim da pandemia diante da proliferação de vacinas.

Fonte: gzh

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Confirmado 1º caso de Ômicron no RS

Publicado

em



A mulher, moradora de Santa Cruz do Sul, voltou de viagem da África do Sul na última semana. Com este, Brasil já somam 6 casos da variante

 O Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul confirmou, nesta sexta-feira, a primeira pessoa infectada com a variante Ômicron do coronavírus no Estado, informou a Secretaria de Saúde do RS, o que eleva o total de casos da cepa no Brasil para seis.

O primeiro caso no Estado é de uma mulher, moradora de Santa Cruz do Sul, que voltou de viagem da África do Sul na última semana. Já vacinada com duas doses contra a Covid-19, ela apresentou febre.

A paciente encontra-se em isolamento domiciliar e em acompanhamento pela vigilância em saúde do município, e seus contactantes serão testados para a doença, informou a secretaria.

Com essa paciente, o Brasil chega a um total de 6 casos identificados com a nova cepa no país — dois no Distrito Federal, três em São Paulo e, agora, um no Rio Grande do Sul.

A Ômicron tem gerado temores em todo o mundo de que a grade quantidade mutações na proteína spike do coronavírus, usada pelo vírus para infectar as células, possa significar que a variante escape da imunidade induzida por vacinas.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Tempo quente, 36°C hoje em Santa Rosa

Publicado

em



O clima hoje, sábado, 4, em Santa Rosa, será sol com algumas nuvens. Não há previsão de chuva.

Mínima de 19°C e máxima de 36°C.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Márcia quer informações sobre a compra de alimentos e cestas básicas pela Prefeitura

Publicado

em



Ciente do seu papel de legislar e fiscalizar o Executivo Municipal, e preocupada com a segurança alimentar das comunidades mais necessitadas de Santa Rosa, a vereadora Márcia Carvalho protocolou, nesta terça-feira (30) pedido de informações ao prefeito Anderson Mantei sobre a aquisição de alimentos e/ou cestas básicas compradas com recursos da Prefeitura.

No documento, Márcia quer saber a quantidade de cestas básicas  compradas por mês com recursos próprios do município para atender as pessoas que necessitam de alimentos; qual a empresa licitada que faz o fornecimento desses produtos; a previsão de compra de cestas básicas para o primeiro semestre de 2022; o valor gasto por mês na compra; e a relação de itens que compõem essa cesta.

Conforme a vereadora, estas informações servirão para entender o tamanho do apoio que o Executivo Municipal dispende atualmente com a segurança alimentar das famílias mais desfavorecidas de Santa Rosa e, ao mesmo tempo, verificar se esta é a ideal; e o quanto pode ser melhorada para que atinja de fato o objetivo. “O que estamos fazendo, como ente público, para combater a fome da nossa população é o ideal? É suficiente? Isso não é caridade, é nossa função. Temos de saber mais para aprimorar esta ação e atingir um número maior de pessoas, com agilidade. Quem tem fome tem pressa!”, concluiu Márcia.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×