Aulas seguem suspensas no Estado por prazo indeterminado – Portal Plural
Connect with us

Destaque

Aulas seguem suspensas no Estado por prazo indeterminado

Leite ainda disse que a segmentação regional, um dos critérios para implantar o distanciamento controlado, será divulgada quinta

Publicado

em

Governador disse que ainda está em definição se o retorno das aulas ocorrerá ao longo do mês de maio ou a partir de junho - Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini


As aulas em escolas da rede estadual, em universidades e em instituições de ensino públicas e privadas não retornarão na próxima segunda-feira (4/5). A decisão foi anunciada nesta terça-feira (28/4) pelo governador Eduardo Leite em transmissão ao vivo pela internet. A interrupção gradual das atividades de ensino começou em 19 de março. No final daquele mês, a suspensão foi prorrogada até 30 de abril.

“Ainda estamos definindo se o retorno das aulas se dará ao longo do mês de maio ou a partir de junho. Estamos observando protocolos que deverão ser atendidos para que os alunos possam retornar às aulas em segurança. Isso pode exigir a compra de materiais ou equipamentos de proteção, cujos processos de aquisição podem demorar”, detalhou o governador.

Para evitar que os alunos da rede estadual sejam prejudicados, foi implementada a metodologia das aulas programadas, envolvendo diversos recursos pedagógicos e tecnológicos os quais as escolas dispõem, incluindo plataformas digitais e aplicativos variados.

O planejamento dos conteúdos e a preparação das dinâmicas pedagógicas, conforme orientação da Secretaria da Educação, são realizados pelos educadores a partir das possibilidades de cada comunidade escolar.

Para manter a carga horária anual dos estudantes, os professores estão utilizando diversos recursos, desde a distribuição presencial de tarefas e materiais didáticos aos pais ou responsáveis pelos estudantes que não têm acesso à internet até a utilização de plataformas digitais e rede sociais, como Facebook e WhatsApp, aplicativos, blogs, jogos interativos e atividades planejadas.

As aulas programadas são atividades escolares, presenciais ou não, previamente elaboradas com base em objetos de conhecimentos já abordados em sala, compreendendo um conjunto de aulas a serem cumpridas pelos estudantes e seus respectivos professores. A entrega das atividades dos alunos será realizada após o retorno das aulas presenciais na rede estadual.

Segmentação regional será anunciada na quinta-feira

O governador Eduardo Leite também anunciou, durante a transmissão ao vivo diária, que a segmentação regional, um dos critérios para a implantação do distanciamento controlado no Estado, será divulgada na quinta-feira (30/4).

“Teremos as divisões em regiões definidas, e o novo decreto, que substituirá o que está vigente, vai contemplar essas regiões”, explicou. No entanto, os protocolos para os níveis de risco de cada região serão estabelecidos ao longo da primeira semana de maio.

Até a última sexta-feira (24/4), a sociedade civil foi convidada a contribuir com sugestões para o modelo que está em elaboração. O Executivo recebeu mais de 200 contribuições, todas em avaliação pelo Gabinete de Crise.

Para a implantação do distanciamento social controlado, o Estado será dividido em regiões, de modo que seja possível analisar indicadores, como a ocupação dos leitos de UTI e o perfil da população. Esses indicadores farão com que cada região pertença a uma das quatro bandeiras que evidenciam o risco. Eles serão monitorados constantemente, podendo mudar para restrições mais ou menos rígidas.

A outra divisão leva em consideração os setores econômicos, que serão segmentados em pelo menos 12 setores, para os quais haverá protocolos específicos. “Devemos ter quatro bandeiras de risco e quatro níveis de protocolo para pelo menos 50 atividades econômicas”, descreveu Leite.

A previsão inicial era de que a migração para o novo modelo já fosse iniciada no dia 1º de maio, mas o governador ressaltou a necessidade de, além do desenvolvimento da estrutura técnica, reforçar a comunicação, de forma clara, para que as mudanças ocorram com transparência.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Voos em Santa Rosa iniciam na próxima semana

Publicado

em



O Rio Grande do Sul ficará ainda mais conectado a partir da próxima segunda-feira (2/8). Quatro meses após o anúncio do governador Eduardo Leite de que a Azul ampliaria seus voos, a empresa iniciará a operação de oito novos destinos no interior do Estado.

Às 9h, decolará do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, o primeiro voo com destino a Bagé. Antes disso, o governador, secretários, deputados e representantes da companhia área e da concessionária Fraport participam da solenidade que inaugura as rotas regionais.

Ao longo da semana, a Azul inicia suas operações nas cidades de Alegrete, Erechim, Santa Cruz do Sul, Santa Rosa, São Borja e Vacaria, com ligações diretas até a capital. Além das novas bases, Canela, na Serra, também volta a receber aeronaves da companhia.

Durante a cerimônia, prevista para começar às 7h30 de segunda-feira, a Azul oficializará cinco novos mercados partindo da capital gaúcha, que devem entrar em operação a partir de outubro: Maringá e Londrina, no interior do Paraná, Uberlândia, no Triângulo Mineiro, além de São José do Rio Preto e Ribeirão Preto, no interior paulista.

SERVIÇO

O quê: ato de início de novos voos regionais
Quando: segunda-feira (2/8), às 7h30
Onde: aeroporto Salgado Filho (avenida Severo Dullius, 1.244)

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Vacinação avança para 35 anos em Santa Rosa

Publicado

em



Santa Rosa recebeu 872 novas doses para D1 (Dose Um) e 820 doses de D2 (Dose Dois). A partir de segunda-feira (02), será ampliada a vacinação. Serão vacinadas pessoas a partir de 35 anos.

Também será aplicada a vacina no grupo das gestantes e puérperas, inclusive, gestantes adolescentes de 12 a 17 anos, essas, com o imunizante da Pfizer, o único autorizado no Brasil para pessoas abaixo dos 18 anos. As gestantes que fizeram D1 (Dose Um) com o imunizante da AstraZeneca e ainda não deram à luz aos seus bebês, podem completar seu esquema vacinal com o imunizante da Pfizer. A aplicação das doses será feita em todas as Unidades Básicas de Saúde até terminarem os estoques. O atendimento será mediante agendamento prévio por telefone ou presencial. É preciso levar documento com foto, CPF, cartão SUS e caderneta de vacinação.

Santa Rosa já aplicou até o momento, 61.739 doses. Do total, 40.456 foram de D1 (Dose Um), essa quantidade corresponde a 55% da população vacinada, 19.019 de D2 (Dose Dois) e 2.264 de D.U (Dose única), sendo assim temos 21.283 pessoas com a imunização completa, 29% dos santa-rosenses. Também estão sendo aplicadas de forma antecipada a segunda dose da vacina AstraZeneca. Quem já recebeu a primeira dose da vacina há no mínimo dez semanas, ou seja, 70 dias da aplicação, já pode buscar uma das 18 unidades de saúde para completar o seu esquema vacinal.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Dep. Bibo Nunes reforça apoio à ponte em Porto Mauá

Publicado

em



A ACISAP recebeu na última quarta-feira o Deputado Federal Bibo Nunes (PSL), para discutir e buscar soluções em relação à importância da ponte em Porto Mauá para o desenvolvimento da região, especialmente no que tange ao escoamento da produção local. Em reunião com o deputado estiveram a Presidente da ACISAP, Lídia Linck Lagemann, o Vice-Presidente de Comércio da ACISAP, Cássio Feltes, o Presidente da Fundação Pró Construção da Ponte Internacional Alba Posse – Porto Mauá, Artur Lorentz e o representante local do Dep. Bibo Nunes, Jeremias Barbosa. Atualmente, a Fundação Pró Construção da Ponte Internacional está em busca de recursos para contratar o projeto oficial, com chancela do DNIT.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×