Associação de Cornos vai escolher o chifrudo do ano – Portal Plural
Connect with us

Uncategorized

Associação de Cornos vai escolher o chifrudo do ano

Pável Bauken

Publicado

em



 

Corno tem de tudo que é tipo. O amnésia, que bebe e esquece o chifre. O ateu, que não acredita. O churrasco, que bota a mão no fogo pela mulher. O geladeira, que não esquenta. O repetente, que troca de mulher e leva chifre de novo. O coquetel, que tem uma dose de cada um dos anteriores. E por aí vai. Essa turma na galhada tem encontro marcado em 15 novembro para a entrega do troféu Corno do Ano. E como todo castigo pra corno é pouco, vai ser em Rio Branco, no Acre.

O concurso será promovido pela Ascornac, a Associação dos Cornos do Acre, fundada em 2007 por um grupo de seis amigos que se solidarizaram com um vendedor de CDs piratas conhecido como “Louro”, que tentou se jogar da ponte ao receber o primeiro par de chifres. Tal qual dor de dente, incomodou, mas o cornélio logo se habituou ao novo apêndice ósseo. Quem botou a ideia na cabeça dos outros foi o chefe de cozinha Tiago Farias, 37 anos, presidente da Ascornac. “Passei cinco anos em Rondônia, voltei em 2018 e registrei a Ascornac em cartório. Hoje temos 3 mil associados”, diz.

A festa da boiada acreana será no Bartô Pub, um ponto conhecido na cidade com entrada franca. Tiago espera reunir 700 cornos e cadastrar cerca de 300 novos filiados (o teto deve ficar bem arranhado). Além do troféu Corno do Ano para o traído que contar a história mais comovente, ganharão medalhas de honra ao mérito ao corno que superou o chifre e ao que mais serviços prestou a comunidade.

“O corno é um bicho sofrido, um ser discriminado. Precisamos criar um Centro de Recuperação ao Corno”, defende Tiago, que também pretende criar a Marcha do Corno, com direito a feriado municipal. “Já temos Parada Gay e Dia da Oração. Por que não a Marcha do Corno”, argumenta. Enquanto a marcha não entra no calendário oficial da cidade, a turma da galhada pode ganhar descontos em bares e casas de tolerância para amainar as dores no coração e na testa.

Habita Corno: casa para os ‘desamparados’

Apesar de o presidente da Ascornac afirmar que o Acre é uma “fábrica de cornos”, o estado não é o único a reunir galhados e defender a “categoria”. Em Porto Velho, o funcionário público Pedro Soares, 61 anos, preside a Associação dos Cornos de Rondônia (Ascron), que ele garante ser a primeira do tipo, fundada há 24 anos, reunindo 18.998 associados. Além de oferecer apoio psicológico e jurídico, a associação quer criar o programa Habita Corno, para proporcionar moradia aos traídos. “Quando o associado fica desamparado ele precisa de um lugar para recomeçar a vida”, argumenta. “O Habita Corno está tramitando na Câmara de Vereadores, vai para os deputados e depois para Brasília”, aposta o presidente da Ascron, que já se tornou figura folclórica na capital rondoniana. Segundo Soares, os associados são de várias orientações. “Tem homem, mulher, gay, lésbica, tem de tudo”, diz.

Meia Hora

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uncategorized

Deserto do Saara tem registro de gelo e neve nas dunas em fenômeno raro

Reporter Global

Publicado

em



 

 

Imagens feitas no deserto do Saara, no norte da África, registraram um fenômeno raro: gelo e neve no local.

 

 

O fenômeno foi visto em meio às dunas de areia do deserto, na região que fica na Argélia.

Neste mês de janeiro as temperaturas no Saara chegaram a -3°C. Apesar de o mês ser tradicionalmente o mais frio no deserto, o registro de neve é raro. A última vez que isso aconteceu foi há 40 anos.

Já no verão, os termômetros podem se aproximar dos 50°C no Saara, considerado o maior deserto quente do mundo.

 

 

FONTE: CNN

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Uncategorized

Supremo afirma que nunca proibiu o governo federal de atuar contra a pandemia de coronavírus

Reporter Global

Publicado

em

"É responsabilidade de todos os entes da Federação adotarem medidas em benefício da população brasileira no que se refere à pandemia", diz a Corte Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

 

 

O STF (Supremo Tribunal Federal) divulgou uma nota afirmando que a Corte nunca proibiu o governo federal de estabelecer medidas de combate ao coronavírus.

 

 

No texto, o STF informa que “não é verdadeira a afirmação que circula em redes sociais” nesse sentido. Apoiadores do governo e o próprio presidente Jair Bolsonaro vêm fazendo afirmações desse tipo para rebater cobranças sobre a atuação do Palácio do Planalto no combate à pandemia.

“Na verdade, o Plenário decidiu, no início da pandemia, em 2020, que União, Estados, Distrito Federal e municípios têm competência concorrente na área da saúde pública para realizar ações de mitigação dos impactos do novo coronavírus. Esse entendimento foi reafirmado pelos ministros do STF em diversas ocasiões”, afirmou o STF na nota divulgada na segunda-feira (18).

“Ou seja, conforme as decisões, é responsabilidade de todos os entes da Federação adotarem medidas em benefício da população brasileira no que se refere à pandemia”, completou a Corte.

Desde que o STF analisou ações que discutiam a competência de Estados e municípios para tomar providências no combate à Covid-19, no ano passado, Bolsonaro tem dito que foi impedido pelo tribunal de tomar ações mais efetivas contra a pandemia.

O Supremo estabeleceu que o governo federal não pode derrubar as decisões de Estados e municípios sobre isolamento social, quarentena, atividades de ensino, restrições ao comércio e à circulação de pessoas.

Na última semana, quando a crise do oxigênio em Manaus (AM) se acentuou, o presidente voltou a usar o argumento. Em entrevista, ele reafirmou que as decisões do STF o impedem de tomar providências contra a pandemia.

 

 

FONTE: O Sul

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Uncategorized

CLASSMANN FALA DO FUNCIONAMENTO DA PASTA DE ESPORTES

Nova sede da pasta será no Ginásio Moroni

Pável Bauken

Publicado

em



A prefeito Anderson Mantei, em sua nova estrutura de governo, aprovada pela Câmara de Vereadores, desmembrou da Secretaria de Desenvolvimento de Cultura e Esporte e criou a Secretaria de Esportes

Para assumir essa nova secretaria foi convidado o ex-Superintendente de Governança do Governo Vicini, Fernando Classmann.

Em entrevista ao programa Imprensa Livre, do Portal Plural, nesta quarta-feira, 15, o novo Secretário de Esportes disse que, “com esta questão da pandemia, que ainda permanece, em 2020, tivemos poucos eventos.

VERÃO MÁGICO

Em 2021, um dos principais eventos que é o Verão Mágico, não vamos dizer que está cancelado, mas suspenso, e caso, com a vinda da vacina o cenário mude, em maio se estiver em condições de realizar este evento com público, ele será realizado.

Nós desenvolvemos mais de 20 campeonatos por ano na secretaria, nas mais diversas modalidades, e nosso desafio é realizarmos todos estes eventos, dentro das limitações impostas por decreto nesta pandemia.

CUSTOS COM EVENTOS

Às vezes, observando de fora, você não tem a noção de como são caros. E o que mais custa caro é a arbitragem, por exemplo, em 2019 foram gastos R$ 180 mil com arbitragem. Temos também custos de zeladoria, a aquisição de materiais esportivos não é tão cara. Auxiliamos também no deslocamento das equipes para competições em entro municípios.

PROPOSTAS E ORÇAMENTO 2021

O prefeito Anderson e o vice Taquari querem fazer mais com da vez menos recursos, buscando minimizar as despesas, mas nunca desamparando dos desportistas.

O projeto que segue para a Câmara de Vereadores prevê um orçamento de R$ 1.59 milhões para este ano, que deste, 50% é para pagamento de salários, sobrando R$ 800 mil para os eventos.

Além da realização dos eventos queremos melhorar as estruturas dos locais onde são praticados, criação de campos de futebol.

AQUISIÇÃO DE MATERIAIS ESPORTIVOS

Através de um projeto da Lei Pelé, na época em que o vereador Rufino respondia pela pasta, temos depositado na conta R$ 20 mil, mais R$ 5 ml de contrapartida, para aquisição de materiais esportivos novos.

ATENÇÃO AS VILAS E BAIRROS

A promessa foi de dar uma atenção as vilas e bairros, o que será feito e depois vindo para o centro, contando com o apoio de outras secretarias.

Também o auxílio as escolinhas de esporte que existem no município, e que ajudam tanto as crianças que necessitam.

Quanto as academias abertas, tentar fazer uma parceria com as universidades no sentido de colocarmos um instrutor em alguns horários, coordenados pelos profissionais de educação física, “ relatou o secretário.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×