Ansiedade em pets piora na quarentena e prejudica saúde dos animais – Portal Plural
Connect with us

Pets

Ansiedade em pets piora na quarentena e prejudica saúde dos animais

Publicado

em

Ryan Stone/Unsplash


A pandemia da Covid-19 levou muitos profissionais para o home office. A mudança repentina na rotina familiar é um elemento perigoso para o desenvolvimento de um transtorno de comportamento em animais domésticos: a ansiedade por separação. As informações são da Fernanda Scholze, da BandNews FM.

A veterinária psiquiátrica, Fran Paese Cherobim, explica que os pets que não lidam bem com o fato de estarem sozinhos em casa podem sofrer estresse e ter problemas sérios de saúde, além de ter comportamentos indesejados.

“Falando sobre a sensação dos cães que tem ansiedade por separação é uma sensação de angustia muito grande e de que o tutor saiu e não vai voltar mais e que estão desamparados. Em consequência ele começa a vocalizar com latidos excessivos, choro alto e há relatos de cães que arranham a porta, tentam abrir a fechadura, e muitos chegam a se machucar”, contou Fran.

Apesar de terem um temperamento mais independente, os gatos também podem sofrer com as alterações de rotina e ter comportamentos compulsivos e destrutivos, segundo ela. Os sinais mais comuns são: mudanças no apetite, arranhar móveis, miados em excesso, lambeduras e agressividade.

O educador de pets, Pedro Luiz Fontoura, conta que os tutores devem ter alguns cuidados para não piorar o transtorno e que o trabalho dele consiste em ensinar os clientes a se comunicarem com os pets e a conduzirem os treinamentos.

“Alguns cuidados e treinamentos são importantes como, por exemplo, evitar despedidas, evitar festas na chegada, esperar o cachorro se acalmar bem até que então ele tenha atenção. Também dessensibilizar gatilhos associados a saídas, por exemplo, chave de carro, bolsa, tênis, sapato, máscara, são gatilhos que quando acionados o cachorro entra em um estado ansioso”, explicou Fontoura.

Antes da pandemia, a auditora Elize Dubliela trabalhava muitas horas fora de casa e viajava com frequência, por isso, a cadela poodle, chamada de Mel, de 9 anos, ficava muito mais na casa dos pais dela. Mel desenvolveu ansiedade por separação, mas foi durante o home office que Elize percebeu que o problema era grave. Os latidos excessivos fizeram com que ela procurasse ajuda de educadores.

“Com o início da pandemia e home office a ansiedade da Mel aumentou bastante. Nos breves períodos que eu saia de casa ele latia mais e chorava mais. Por isso eu busquei ajuda para desestressar ela”, disse Elize. O adestramento positivo também ajuda em casos de ansiedade dos pets, pois brigar só piora a situação.

BAND

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pets

Cachorro que foi expulso de casa por ser muito gentil é resgatado por abrigo e busca lar amoroso

Publicado

em



 

A história do cãozinho Leo é uma demonstração de como alguns humanos podem ser ingratos com a gentileza e a lealdade que seu animal de estimação lhes oferece.

 

Seu dono queria um cachorro que fosse feroz e latisse para todos. Porém, esse cãozinho não poderia ser mais gentil e fofo.

Leo não rosna para ninguém, e ele nunca chegou latir ou ameaçar alguém. Seu patrão não gostou muito de sua personalidade, pois dessa forma não servia para poder fiscalizar a propriedade. Então, Leo não foi considerado útil e foi expulso de casa.

Mas sem dúvida a reação deste sujeito foi extremamente dura pelo amor que este cão lhe deu. Visto que ao não servir como cão de guarda, decidiu expulsá-lo de casa e, em vez disso, trouxe para sua casa outro que o serviria para a missão de cuidar de sua propriedade.

Entretanto, apesar de ter sido expulso pelas pessoas que ele mais amava, o adorável peludo Leo nunca os deixou. Ele ficou do lado de fora de sua antiga residência, esperando que a porta se abrisse e fosse aceito novamente. Foi nessa condição de abandono que ele foi encontrado pela equipe de resgate Love Furry Friends.

Depois de vários dias fora de casa onde antes deu todo o amor que tinha, voluntários deste centro de resgate de animais apareceram para lhe trazer comida e água. Mas apesar da gentileza com que este cão recebeu seus salvadores, logo após receber os suprimentos, ele voltou para sua casa e continuou esperando que seu antigo dono abrisse a porta para ele.

Finalmente, depois de muita insistência, eles conseguiram levar Leo para um abrigo. Ele, menos do que ninguém, não merecia o abandono de que fora vítima. E em vez de um dono tão frio e distante, o que ele precisava era de amor e muito carinho.

Então, os voluntários do Love Furry Friends o levaram a um veterinário, onde encontraram sinais de maus tratos em sua antiga casa. Diante disso, deram-lhe tratamento médico adequado, o que o fez sentir-se melhor. Quando chegou a hora do banho e da tosa, Leo já parecia um cachorro novo.

Atualmente, Leo é conhecido no abrigo como um cão muito brincalhão e majestoso. Ele adora correr e receber muito carinho e, graças ao trabalho dos voluntários do Love Furry Friends, deixou aquele olhar triste para trás e hoje é pura alegria. No abrigo, eles têm esperança de que ele logo encontrará um lar onde receberá todo o amor e atenção que merece.

 

FONTE: ADOTEUMCACHORRO.COM

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Pets

Filhotes de cachorro correm atrás de motorista após serem abandonados em calçada

Publicado

em



 

Câmeras de segurança flagraram quando homem retira os animais do carro e os deixa sozinhos.

 

Um motorista foi flagrado abandonando um casal de filhotes de cachorro em uma calçada de Rio Verde, região sudoeste de Goiás. Câmeras de segurança de uma casa flagraram que, após serem deixados no local, os cães saíram correndo na rua para tentar alcançar o carro, mas o condutor não parou.

O caso aconteceu na última quinta-feira (3), no Bairro Ataídes 2. O vídeo mostra quando o motorista sai do carro, abre o porta-malas, pega os dois cachorros e os abandona na calçada. Em seguida, o homem entra no carro e foge.

O eletricista Roberto Vieira cuidou dos dois filhotes, batizados de Hulk e Hana, até que eles fossem adotados.

“Hulk e Hana já ganharam uma nova família. É desumano, é uma atrocidade abandonar esses animais tão indefesos, eu acho que essas pessoas não têm amor ao próximo”, desabafa o morador.

Motorista abandona filhotes de cachorro em calçada, em Rio Verde — Foto: Roberto Vieira/Arquivo pessoal

A empresária Liyzan Winder conta que outros animais já foram abandonados no local e, por isso, os moradores fizeram uma “casinha” na calçada, com alimento e água para proteger cães sem um lar.

“Eu tenho uma cachorrinha que foi abandonada aqui. Pessoas vêm quando não tem ninguém na rua, chegam de carro e abandonam os cachorrinhos. Só neste ano, quatro pessoas já abandonaram cães aqui no bairro. Eu acho que eles deixam aqui porque sabem que tem comida e água”, conta Liyzan.

Os moradores não registraram boletim de ocorrência. A Polícia Civil informou que abandono de animais é crime. Se condenada, a pessoa responsável pelo ato pode pegar até cinco anos de prisão.

 

FONTE: G1

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Marinheiros russos resgatam cão encontrado em placa de gelo no Ártico

Publicado

em



 

Aika havia se perdido do dono uma semana antes

Um cão foi resgatado à deriva em uma placa de gelo no norte da Rússia.

Um navio quebra-gelo estava trabalhando em uma região já próxima ao Círculo Polar Ártico quando a tripulação avistou o animal, da raça Samoieda.

Com o movimento dos navios e do próprio gelo, que já contava com várias rachaduras, o animal – chamado Aika – poderia ter se machucado ou até morrido se não tivesse sido resgatado pelos marinheiros.

Nas imagens, o cachorrinho é visto balançando a cauda e mancando ao se aproximar do barco. A imprensa internacional acredita que ele tenha se machucado no gelo.

O dono de Aika foi encontrado e afirmou que vinha procurando pelo animal há uma semana.

O cão havia fugido por uma porta aberta em sua casa, em um vilarejo na costa local. Depois, peregrinou por cerca de 6 km até o ponto onde foi encontrado.

 

FONTE: BAND

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×