Alemanha e França compraram madeira ilegal do Brasil, indicam ações da PF – Portal Plural
Connect with us

Geral

Alemanha e França compraram madeira ilegal do Brasil, indicam ações da PF

Publicado

em



 

Bolsonaro ameaçou divulgar lista de países que supostamente compram madeiras ilegais do Brasil

 

Uma operação da Polícia Federal que apreendeu madeira ilegal que seria exportada para oito países europeus foi usada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ameaçar divulgar um lista de nações que compram o material extraído de forma irregular da Amazônia.

A operação Arquimedes da PF resultou na apreensão de 120 containers com 2.400 m³ de madeira extraída ilegalmente e que seria vendida para empresas importadoras na Alemanha, Bélgica, Dinamarca, França, Itália, Holanda, Portugal e Reino Unido.

A operação foi deflagrada em 2017 e teve novas etapas nos anos posteriores.

Sem citar a operação ou o nome dos países, Bolsonaro se queixou nesta terça-feira (17) de “ataques injustificáveis” à política ambiental do governo e prometeu tornar público os países que são receptores de madeira ilegal.

A ameaça é mais uma reação do presidente às críticas que tem recebido diante do aumento de desmatamento na Amazônia e da onda de queimadas na região e no Pantanal.

“A nossa Polícia Federal desenvolveu um método para permitir a localização da origem de madeira apreendida. Não apenas apreendida, mas o mais importante: a exportada também. Estaremos revelando nos próximos dias países que têm importado madeira extraída de forma ilegal da Amazônia”, declarou o presidente, durante a cúpula virtual dos Brics (grupo de países formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

“Alguns desses países são os mais severos críticos ao meu governo no tocante a essa região amazônica”, ressaltou.

“Revelaremos nos próximos dias o nome dos países que importam essa madeira ilegal nossa, através da imensidão que é a região amazônica. Porque daí sim estaremos mostrando que esses países, alguns deles que muito nos criticam, em parte têm responsabilidade nessa questão”, disse.

A tecnologia para o rastreamento de madeira citada por Bolsonaro é usada pela Superintendência da Polícia Federal do Amazonas. O objetivo é analisar as moléculas de hidrogênio, carbono e enxofre para identificar a origem do material natural apreendido.

Tanto os detalhes da operação Arquimedes quanto a tecnologia utilizada no laboratório da PF no Amazonas foram apresentados a embaixadores convidados pelo vice-presidente Hamilton Mourão para uma viagem à Amazônia. O roteiro foi pensado num esforço de tentar melhorar a imagem do Brasil no exterior.

Na apresentação aos embaixadores, no entanto, a menção aos países onde há receptores de madeira ilegal foi feita para pedir colaboração dos respectivos governos no combate a essa prática.

A fala de Bolsonaro vai por outro caminho e deve aumentar as tensões com esses países na arena ambiental, destacaram diplomatas ouvidos pela Folha de S.Paulo.

Os países europeus protagonizaram os maiores choques com o governo Bolsonaro diante do aumento do desmatamento na Amazônia. Em 2019, às vésperas da reunião do G7, o presidente francês, Emmanuel Macron, chamou a onda de incêndios na Amazônia de “crise internacional”.

A fala do francês foi vista em Brasília como uma interferência na soberania nacional. Macron e Bolsonaro trocaram ataques.

A Alemanha, por sua vez, é uma das principais doadoras do Fundo Amazônia, mecanismo que financia projetos de preservação na região. No entanto, após o governo Bolsonaro promover mudanças na gestão do fundo, tanto a Alemanha quanto a Noruega -outro doador- interromperam as contribuições.

A fala de Bolsonaro foi considerada problemática por diplomatas ouvidos pela Folha.

A divulgação de qualquer lista acusando governos estrangeiros de comprar madeira ilegal obrigaria esses países a responder publicamente, o que aumentaria as tensões. Também criaria um obstáculo na tentativa de atrair cooperação internacional para a redução dos índices de desmatamento.

A cúpula dos Brics ocorreu virtualmente devido à pandemia de Covid-19.

Durante as declarações do presidente, houve uma falha no sistema de áudio e na tradução do português para o inglês. Quando o sinal foi restabelecido, Bolsonaro ironizou: “Apenas uma coincidência, quando falei sobre Amazônia, da madeira, o sinal caiu. Com toda certeza, apenas uma coincidência”.

 

Noticias ao Minuto

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Surto de Covid na Case assusta dirigentes em Santo Ângelo

Publicado

em



Surto de Covid assusta a direção da Case (Centro de Atendimento Sócio Educativo de Santo Ângelo).

Segundo o Diretor Rodrigo Medeiros, atualmente 17 funcionários estão afastados e 3 hospitalizados. Já foi constatado 10 casos de internos infectados e já recuperados.

A maior preocupação do Diretor Medeiros é que o Case de Santo Ângelo será praticamente o último a ser vacinado sendo que os demais do Estado já estão sendo. Já os funcionários da Susepe foram vacinados no mês de abril.

Todos ficarão em quarentena até o dia 16 de junho, e devido a esta situação, os internos não poderão ter aulas presenciais e nem receber visitas das famílias.

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Prefeito assina início de obra de asfalto na Sulina

Publicado

em



Nesta semana, o Prefeito Anderson Mantei assinou mais uma importante ordem de início. Parte das ruas Tupanciretã e Cristóvão Leopoldo Meinertz irão receber asfalto e complementos. O prefeito fez questão de visitar o local juntamente com o vereador Rufino que intermediou o recurso junto do Deputado Federal Maurício Dziedricki. Também participaram do ato o Engenheiro Civil Mauricio Lenz, o Secretário de Obras Rodrigo Burkle e representantes da empresa que fará a obra no bairro Sulina. O prazo para execução é de 90 dias. O valor investido é de R$269.800,32.

 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Governador do Estado anuncia nesta quarta-feira (09) importantes investimentos em rodovias da região

Publicado

em

Na foto, o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos Junior e o secretário extraordinário de Apoio à Gestão Administrativa e Política, Agostinho Meirelles e Deputados CLasmann, Ernani e Zilá

 

Por articulação dos deputados Aloísio Classmann, Ernani Polo e Zilá Breitenbach, governo destinará recursos para melhoria de estradas estaduais.

 

Nesta quarta-feira, às 14h30 no Palácio Piratini, o governador Eduardo Leite, na presença de deputados estaduais da base aliada, realiza anúncio de importantes investimentos em infraestrutura na região, visando a melhoria das estradas, devido a articulação, mobilização, empenho e o trabalho dos deputados Aloísio Classmann, Ernani Polo e Zilá Breitenbach, que não mediram esforços para buscar viabilizar esta iniciativa junto ao executivo estadual.

Os detalhamentos da medida vão ser aprofundados com mais informações após o evento, a ser realizado na tarde desta quarta-feira (09).

 

FONTE: GABINETE DEPUTADO ALOISIO CLASSMAN

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×