Ajude a Anahí a vencer a epilepsia!
Connect with us

Saúde

Ajude a Anahí a vencer a epilepsia!

Publicado

em

portal plural ajude a anahí a vencer a epilepsia (1)
Foto: Arquivo pessoal

  • Academia Persona
  • FAST AÇAÍ

Anahí é uma menina de 7 anos que enfrenta desafios de saúde. Ela precisa passar por uma cirurgia para retirada das amígdalas e adenoides devido a complicações relacionadas à epilepsia. Por conta da epilepsia ela não consegue dormir e nem respirar direito.

A família está buscando apoio financeiro para cobrir os custos da cirurgia e tratamento médico. Qualquer contribuição, por menor que seja, fará uma grande diferença para a Anahí.

Se você puder ajudar de alguma forma ou compartilhar esta mensagem, ficaríamos imensamente gratos.

Para saber mais e contribuir, acesse o link da vakinha: https://www.vakinha.com.br/4607852

Compartilhe

Good News

Profissionais da saúde criam uma rede voluntária para auxiliar vítimas das inundações no Rio Grande do Sul

Publicado

em

portal plural profissionais da saúde criam uma rede voluntária para auxiliar vítimas das inundações no rio grande do sul
Foto: Divulgação
  • Academia Persona
  • FAST AÇAÍ

A recente onda de enchentes que assolou o estado do Rio Grande do Sul deixou um rastro de destruição e desamparo para muitas famílias. Em meio a esse cenário de emergência, surge uma iniciativa crucial: a oferta de assistência médica e psicológica online gratuita para aqueles afetados por essa tragédia.

O propósito dessa iniciativa é claro: fornecer suporte médico e emocional para indivíduos que enfrentam os desafios resultantes das enchentes. O serviço é direcionado a diversos grupos dentro da comunidade impactada:

  • Pessoas deslocadas ou que perderam seus pertences: Para aqueles que foram obrigados a abandonar suas casas e enfrentar a incerteza do futuro.
  • Indivíduos que sofreram enfermidades durante as inundações: Oferecendo cuidados médicos para aqueles que foram afetados diretamente pela situação de emergência.
  • Portadores de doenças crônicas ou pré-existentes: Garantindo acompanhamento médico contínuo para aqueles que precisam de cuidados especiais mesmo em meio ao caos.
  • Aqueles manifestando sintomas de estresse, ansiedade, depressão ou outros distúrbios mentais: Reconhecendo e respondendo às necessidades emocionais daqueles que enfrentam desafios mentais relacionados à crise.
  • Famílias enfrentando dificuldades para superar o trauma: Oferecendo suporte emocional e prático para ajudar essas famílias a lidar com o impacto psicológico das enchentes.

Os serviços disponíveis abrangem uma ampla gama de necessidades:

  • Consultas médicas online: Para proporcionar assistência médica oportuna e acessível, garantindo que mesmo aqueles em áreas remotas tenham acesso aos cuidados necessários.
  • Atendimento psicológico online: Conduzido por profissionais experientes em lidar com crises e traumas, oferecendo suporte emocional e orientação para aqueles que estão lutando para lidar com o estresse e a ansiedade.
  • Direcionamento sobre cuidados de saúde física e mental: Fornecendo informações práticas e conselhos úteis para ajudar as pessoas a cuidarem de si mesmas durante esse período desafiador.
  • Suporte emocional e escuta ativa: Para auxiliar na gestão de sentimentos e desafios, oferecendo um espaço seguro para expressar preocupações e buscar orientação.

O acesso a esses serviços é simples: os interessados podem preencher o formulário e aguardar o contato do profissional designado para atendê-los. O cadastro também pode ser feito pelo site: https://doctor8.app/ que está disponível para aqueles que buscam assistência imediata.

Em meio à devastação das enchentes, essa iniciativa representa um raio de esperança e solidariedade, demonstrando que, mesmo diante da adversidade, a comunidade está unida para oferecer apoio mútuo e cuidado.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Campanha “Maio Roxo” Destaca Importância da Conscientização sobre Doenças Inflamatórias Intestina

Publicado

em

portal plural campanha maio roxo destaca importância da conscientização sobre doenças inflamatórias intestina
Foto: Divulgação
  • FAST AÇAÍ
  • Academia Persona

As doenças inflamatórias intestinais (DIIs) afetam mais de cinco milhões de pessoas em todo o mundo, com 100 a cada 100 mil brasileiros sofrendo de uma dessas condições de saúde, conforme dados da Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP). Para promover a conscientização sobre esse tema, foi lançada a campanha “Maio Roxo”, que visa alertar sobre a importância do diagnóstico precoce e do tratamento adequado para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

As DIIs são um conjunto de condições inflamatórias que afetam o trato digestivo, sendo as principais a Doença de Crohn e a retocolite ulcerativa. “A doença de Crohn pode afetar qualquer parte do sistema digestivo, desde a boca até o ânus”, explica o gastroenterologista Guilherme Berenhauser Leite. “Já a retocolite ulcerativa afeta principalmente o cólon e o reto”, acrescenta.

Embora a causa exata das doenças intestinais inflamatórias ainda não seja conhecida, há fatores comuns que podem contribuir para o seu desenvolvimento. Por exemplo, há evidências de que as bactérias normais do intestino podem desencadear uma resposta imunológica inadequada em pessoas com predisposição genética.

Sintomas e Diagnóstico

Tanto a doença de Crohn quanto a retocolite ulcerativa compartilham sintomas semelhantes, como explica a gastroenterologista Maira Marzinotto, do Centro Especializado em Aparelho Digestivo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. “Normalmente, ambas causam dor abdominal, distensão e desconforto, geralmente acompanhados de diarreia e, muitas vezes, presença de sangue, principalmente se o intestino grosso estiver comprometido”, afirma.

Como parte desse quadro, é comum ocorrer perda de peso. “É uma doença que consome muita energia do paciente, levando a um emagrecimento significativo”, destaca a especialista. Em casos mais graves, as DIIs podem causar complicações como fístulas, abcessos e estreitamento do canal retal.

O diagnóstico das doenças inflamatórias intestinais é baseado na avaliação dos sintomas e da história clínica do paciente. Além disso, vários exames, como ultrassom abdominal, tomografia computadorizada, colonoscopia, exames de sangue e biópsias, podem ajudar a identificar a causa da inflamação.

Fonte: CNN Brasil

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Santa Rosa amplia vacinação contra a gripe para toda a população a partir dos 6 meses

Publicado

em

portal plural santa rosa amplia vacinação contra a gripe para toda a população a partir dos 6 meses
Foto: Divulgação/ Prefeitura de Santa Rosa
  • Academia Persona
  • FAST AÇAÍ

A Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa ampliou o público que pode receber a vacina contra a gripe. Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, agora toda a população, a partir dos 6 meses de idade, pode ser imunizada. As doses estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde, no turno da tarde, das 13h30min às 17h. A campanha vai até o dia 31/05.

Atualmente, já foram aplicadas mais de 10 mil doses da vacina contra a gripe nos grupos prioritários que haviam sido convocados anteriormente. A Diretora da Atenção Primária à Saúde, Dra. Fabiana Breitenbach, destaca que Santa Rosa atingiu até o momento, 34,69% do público alvo (gestantes, puérperas, idosos e crianças de 6 meses a 6 anos incompletos) e ressalta a importância da imunização, “Esta é uma oportunidade que toda a população tem de se proteger contra a gripe. Reforçamos a importância da vacinação, principalmente em crianças e idosos que são mais suscetíveis a complicações da doença. O objetivo desta campanha é reduzir as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza”.

As doses ofertadas são trivalentes, ou seja, protegem contra influenza A (H1N1 e H3N2) e o influenza B. É importante destacar que as doses dos grupos prioritários estão mantidas e devem ser garantidas. Além disso, não há impedimento em receber, no mesmo dia, a vacina contra a gripe juntamente com outras vacinas. No momento da vacinação, é indispensável que seja apresentado o documento de identificação com foto, CPF e a caderneta de vacinação.

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Compartilhe

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Trending

×

Entre em contato

×