“Ai que ódio!” – Portal Plural
Connect with us

Estrada Iluminada

“Ai que ódio!”

Nilton Moreira

Publicado

em



É comum ouvirmos pessoas se expressarem a respeito de algo dizendo “ai que ódio!”, outras, “eu odeio tal pessoa” e tem aquelas que em momentos decisivos dizem “vou te odiar para sempre”. Resumindo: são todas manifestações que ensejam desejo de amaldiçoar.

Quem diz ter ódio diante de circunstâncias se sente momentaneamente realizado, aliviado, e acredita que está assim atingindo outrem, mas engana-se quem pensa assim, pois o ódio é uma energia tão pesada que ao ser mentalizada dissemina no próprio corpo uma energia tão destruidora que normalmente vai ensejar moléstia, que pode ser mínima ou até grave.

O primeiro a ser atingido pelo ódio somos nós mesmos quando o exteriorizamos. Seria menos grave, muito embora não saudável, se investíssemos contra quem temos algo contra e tirássemos satisfação sobre o que aconteceu do que ficarmos com o sentimento de ódio.

Ódio é uma energia tão maléfica que fica impregnada em nossa alma/espírito e nos acompanha depois da morte física. É normal nas reuniões de nosso grupo chegar espíritos cujas pessoas mantiveram ódio quando vivas, e agora fora do corpo continuam com esse ruim sentimento, sentindo a necessidade de continuar a perseguição.

Jesus em momento algum nos ensinou a ter ódio quando esteve por aqui, portanto é um sentimento conservado pelas pessoas que ainda não descobriram o caminho do amor.

Às vezes ficamos buscando motivos pelos quais desenvolvemos doenças graves, principalmente câncer, mas esquecemos de fazer uma avaliação de como andam nossos pensamentos e atos. É comum ficarmos doentes, afinal não somos perfeitos, mas em muitas ocasiões poderíamos ter um pequeno mal estar, no entanto nos deparamos com um diagnóstico de gravidade que vem para nos chamar atenção de como estamos conduzindo nossa vida, possibilitando uma melhoria na nossa maneira de viver e ver as pessoas que estão a nosso redor.

Em nada soma a gente desenvolver ódio no coração, pois é normal a pessoa para qual mantemos um ódio profundo nem saber. Então é o mesmo que tomarmos veneno e querer que o outro morra.

É lógico que não vamos desejar coisas boas a quem nos faz mal, mas pelo menos sejamos fortes e sigamos nosso caminho sem desejar desgraça à pessoa que nos prejudicou, pois certamente se fomos ofendidos ou perseguidos fez parte de uma provação ou expiação.

Busquemos na prece a força para nos livrar desse sentimento mórbido, e seremos mais felizes.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estrada Iluminada

Objetivo do vírus

Nilton Moreira

Publicado

em



O único lugar que temos para ficar fisicamente é a Terra. Isto nos impõe que a tratemos bem, com respeito e a veneremos, pois só sairemos daqui no momento que desencarnarmos e assim mesmo vamos via de regra para uma das colônias espirituais existentes na crosta terrestre, ou seja, na área fluídica da Terra.

Diante de tais circunstâncias se faz necessário uma harmonia entre os povos deste planeta, nos obrigando a que cuidemos uns dos outros, pois somos todos irmãos, filhos do mesmo Criador, muito embora existam pessoas que não admitam esta teoria, mas é minoria.

Falando em se cuidar, fico abismado em ver pessoas se aglomerando, compartilhando copos de bebidas, chimarrões, cigarros, abraços, e desaconselhando o uso de máscaras, como uma agente de saúde que conhecemos. Estas são as responsáveis pela contaminação de outras pessoas e das que vão parar nos hospitais lotados. Certamente não agem assim por prazer de disseminar o vírus mortal, mas por mera irresponsabilidade e acreditar que não vai acontecer consigo. A maioria são as obsidiadas por entidades invisíveis na crença de algumas religiões.

Em razão de sermos responsáveis pelo mal que fazemos ou pelo bem que deixamos de fazer, vamos ter de prestar contas ao Criador de todos nossos atos e atitudes, e relativo à epidemia que assola a Terra não será diferente.

Os cientistas, que são os representantes de Deus na Terra, conseguiram desenvolver os imunizantes os quais demandaram um tempo mínimo de estudos e experimentos, e alguns governantes que detém as rédeas de alguns países demoraram a tomar atitudes de preservação de seus respectivos povos, o que também contribuiu para que a doença se propagasse volumosamente.

O vírus tem por objetivo sacudir a humanidade sobre como somos impotentes, a exemplo de catástrofes como tsunamis, terremotos, tornados, granizo e doenças incuráveis cuja medicação só prolonga por mais tempo a vida.

Certamente vai passar como passa uma tempestade, mas é preciso que reflitamos o motivo disso tudo!

Quem ainda persiste em ser refratário ao momento que está a Terra vivenciando certamente sofrerá consequências, seja fisicamente ou mentalmente, pois não é um mero acaso a epidemia, já que só acontece algo na Terra se Deus assim o permitir. Lembremo-nos das palavras do nosso Irmão Maior Jesus: “Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem”!

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Estrada Iluminada

Lixo e casa mental

Nilton Moreira

Publicado

em



Dependendo da cidade, o caminhão que recolhe os resíduos sólidos passa na frente de nossas residências algumas vezes por semana. É uma atividade essencial, pois afinal o que aconteceria se os resíduos ficassem armazenados por muito tempo na nossa morada?

É da vontade de todos nós que esse “lixo” saia da nossa volta possibilitando que ao nosso redor tudo fique limpo, com aspecto agradável a todos e isento de mau cheiro!

Analisando vemos que produzimos uma quantidade considerável de resíduos, é só olhar na frente de nossa casa e ver a quantidade que depositamos para que o transportador carregue, e se quisermos ter uma visão maior ainda, é só olhar o caminhão a cada fim de etapa, o qual sai de nossas cidades, abarrotado de resíduos sólidos.

Antigamente denominávamos de lixo e cisco os restos de sujeira que produzíamos em nossas residências, hoje denominados de resíduos sólidos, inclusive que rendem uma quantia volumosa a quem se dedica a explorar esse comércio.

Mas existe outro tipo de lixo, este que não é comercializado e que também é produzido por nós! É o chamado lixo mental.

O lixo mental é tudo aquilo que não presta e se origina do pensamento negativo ou maldoso que emitimos pela nossa mente. É algo tão volumoso e também contendo um mau cheiro que é notado por quem se acerca de nós.

Neste caso o caminhão que passa carregado é a nossa tela mental, a qual é notada por outras mentes. É algo invisível aos nossos olhos físicos, mas que através da aura de ambos quando estamos próximos se notam, e isso causa um mal estar a quem está com a mente leve. É por isso que ao chegarmos perto de determinadas pessoas, embora elas estejam com o corpo limpo, perfumado e bem vestidas, sentimos uma aversão. Vontade de sairmos de perto! É o mental dela que está carregado de lixo e exterioriza.

Jesus sempre dizia que pecamos até em pensamento, portanto quando estamos com pensamentos de baixo padrão vibratório vamos produzir lixo pesado. Também o sensitivo americano Edgar Cayce, disse certa ocasião que “somos aquilo que pensamos”. Então se estamos pensando em maldade, maledicência, falcatruas, vamos exteriorizar essa energia, embora nossa aparência possa ser das melhores.

Procuremos ter bons pensamentos, pois só assim produziremos pérolas por nossa mente e não será preciso nenhum caminhão passar por nossa casa mental, já que não encontrará nada de carga perniciosa.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Estrada Iluminada

E-mail, carta, testamento, futuro

Nilton Moreira

Publicado

em



Costumamos dizer que o futuro pertence a Deus. Não deixa de ser real esta afirmativa, pois acima de tudo está o Criador e o que acontece é porque Ele o permite. Em nossa crença a denominação é que “Deus é a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas”.

Não sabemos o que acontecerá no futuro, muito embora todos os dias planejemos no sentido que se realizem nossos desejos, e certamente existe uma relação entre o agora e o depois, como também é verdade que existe a capacidade de nos comunicarmos com o futuro!

Os médiuns clarividentes podem adentrar no futuro e tomar conhecimento de fatos que vão acontecer. Isto pode ser em relação a eles próprios ou relacionados a pessoas que buscam esclarecimentos, embora os espíritos nos digam depender da permissão de Deus para que o futuro nos seja revelado, e isto não é comum, já que no momento que nascemos esquecemos tudo que nos aconteceu em vidas passadas, e muitas vezes nos ser revelado algo do futuro que possa estar relacionado com outras vidas, poderá nos ser prejudicial a resgates ou provas.

Dizemos que podemos nos comunicar com o futuro, pois que, por exemplo, ao escrevermos uma carta, e esta ficar oculta por algum período poderá influenciar em fatos que vão acontecer! Assim também é um testamento idealizado, que depois do passamento de quem o editou vem ao conhecimento, interferindo assim na vida das pessoas que estão relacionadas com a herança. Também ao enviamos um e-mail estamos adentrando pelo futuro.

Portanto, tudo que fazemos agora ou realizamos tanto de bom como de mau repercutirá de alguma maneira no futuro, e em razão de sermos eternos vamos também nos inserir no acontecimento.

Acumulamos bens, riquezas, e em dado momento da vida deixamos de estender a mão a alguém que nos procura. Isso certamente gerará resgate. Pois bem, morrem então aquele que acumulou bens e não prestou o auxílio a quem necessitava, e numa outra vida poderá acontecer que aquele que não foi ajudado nasça no mesmo núcleo familiar e juntos terão de resgatar a situação vivenciada na vida pretérita.

Felizmente a lei de ação e reação existe e se faz cumprir a todo o momento, e isso é testemunhado por todos nós nas situações de dificuldades, tanto financeiras como físicas que permeiam na Terra.

É importante que dividamos o que temos com quem precisa. Isso é da Lei Divina.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×