Agricultura o pilar do nosso desenvolvimento – Portal Plural
Connect with us

Geral

Agricultura o pilar do nosso desenvolvimento

Publicado

em



Agricultura o pilar do nosso desenvolvimento 🍃🚜

No programa esquerda x direita, especial Dia do Agricultor, acompanhe um bate papo sobre agricultura em nosso município, com apresentação de Carol Haag.

📲 Aconteceu? Está no Portal Plural!

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Patrões têm até hoje para pagar a primeira parcela do 13º salário

Publicado

em



A primeira parcela do 13º salário será paga a 51 milhões de trabalhadores do mercado formal até esta terça-feira (30). A outra metade da remuneração extra precisa ser depositada até o dia 20 de dezembro.

Instituída pela Lei 4.749, de 1965, a gratificação natalina beneficia todos profissionais que atuam com carteira assinada, incluindo funcionários domésticos, urbanos e rurais.

Fonte: terra

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Mais de 27 mil horas de treinamentos na Prefeitura

Publicado

em



Capacitar, qualificar e oportunizar o aprimoramento. Estes são objetivos da Gestão, que busca com isso melhorar a eficiência e qualidade no atendimento público. Para isso, diversas ações estão sendo realizadas desde o início do ano, visando a melhoria continua no atendimento prestado para os contribuintes de Santa Rosa.

Nesse sentido, a Prefeitura tem realizado treinamentos em todas as áreas de serviços do município, totalizando mais de 27 mil horas neste ano. Se somadas as horas de treinamento da Fundação Municipal de Saúde já foram realizadas 59.469 horas.

Entre os vários treinamentos já realizados, um dos destaques foi para o de preenchimento da caderneta dos veículos. Após uma auditoria, foi percebido a maior atenção e até mesmo controle do uso. Esta atividade teve abrangência em 100% dos motoristas, operadores de máquinas e suas chefias.

Para o Secretário de Gestão, Ademir Rosa, este assunto era recorrente em sindicâncias e solicitações do Ministério Público, “A Secretaria de Gestão, através de seus propósitos, vem intensificando a importância da elaboração dos procedimentos padrões e também na execução de treinamentos aos servidores. Este é mais um que foi realizado e estamos alcançando o nosso objetivo, mostrando que podemos avançar ainda mais”.

Todas as semanas, são realizados treinamentos em diversas áreas, com destaque para a digitalização dos processos que já oportunizou um grande avanço no atendimento da Prefeitura. O projeto para 2022 é avançar ainda mais com o Planejamento Estratégico.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Geral

Jeferson alerta Santa Rosa para abismo entre lucro da nova empresa e ganho do município

Publicado

em



O deputado estadual Jeferson Fernandes (PT) ficou horrorizado ao ter acesso aos números referentes às projeções de arrecadação da empresa que comprar a Corsan com serviços de água e esgoto nos municípios. Um aplicativo do Sindiágua/Sindicato faz o cálculo e permite visualizar o lucro estrondoso que o futuro dono da Companhia terá em detrimento dos municípios que assinarem os aditivos com esta nova empresa. “A discrepância de valores é assustadora. É vergonhoso deixar uma empresa privada lucrar bilhões e oferecer poucos milhões aos municípios, sendo que é a população quem vai pagar esta conta”, indignou-se o parlamentar, que está divulgando o aplicativo aos demais 306 municípios aos quais o governo vem pressionando para romper com a Companhia.

Preocupado com o caso de Santa Rosa, que possui na atualidade um vantajoso contrato com a Corsan, Jeferson fez os cálculos e confirmou o mau negócio que a assinatura de um aditivo com a nova empresa representaria para o município. A estimativa é de que, ao longo de 41 anos de novo contrato, os novos donos da Corsan poderão arrecadar mais de R$ 3,4 bi, ao longo de 41 anos de vigência, enquanto o município, no mesmo período, se cobrar 5% pela outorga dos serviços de água e esgoto, poderá ganhar cerca de R$ 173 milhões no mesmo período. “E não há garantia ainda de que se receba este valor, porque os aditivos que estão sendo assinados agora, na verdade não são com a Corsan. Se assinados estes novos contratos, a Corsan deixa de existir. Uma empresa que ainda nem se sabe qual é poderá ou não cumprir esses acordos com os quais sequer se comprometeu”, alertou o deputado.

O aplicativo também simula a projeção de ganhos caso Santa Rosa, ao invés dos 5% pela outorga, opte por cobrar 1 vez e meia de faturamento mensal do município, que é de R$ 6,8 milhões. “Ainda assim, Santa Rosa ficaria com um valor anual de R$ 10,2 milhões, chegando a R$ 418 milhões ao longo de 41 anos, o que nem se compara com os R$ 3,4 bi da empresa privada”, reforçou Jeferson.

Para o parlamentar, os cálculos evidenciam a falácia do governo, que justifica a necessidade de venda da Corsan pela suposta incapacidade da Companhia de realizar os investimentos determinados pelo novo Marco do Saneamento. “Os números não mentem; mas o governo, sim. Somei a arrecadação dos 40 maiores municípios atendidos pela Corsan e cheguei a R$ 180 bi para a empresa privada. E Leite alega que a Corsan precisa ser vendida porque não teria R$ 10 bi para investir no setor. É um engodo que não resiste à calculadora”, frisou.

Além disso, o deputado lembra que a assinatura dos aditivos contratuais, sem a devida apreciação da matéria pelas Câmaras de Vereadores nega à comunidade entendimento sobre “o que está em jogo”. “O governo gastou R$ 6 milhões para que renomados escritórios de advocacia digam aos prefeitos que não há necessidade de apreciação dos aditivos nas Câmaras. Mas, na verdade, o prefeito que o fizer desta forma, arcará sozinho com a responsabilidade pelo que ocorrer ou não com o saneamento. E pior: pode ser penalizado futuramente por renúncia de receita, como bem mostram os cálculos”, finalizou.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×