Acesse aqui
Rádio Web Portal Plural
700 crianças ainda não se vacinaram contra o Sarampo – Santa Rosa – Portal Plural
Connect with us

Destaque

700 crianças ainda não se vacinaram contra o Sarampo – Santa Rosa

Pável Bauken

Publicado

em



 

O município de Santa Rosa fez uma avaliação quanto à vacinação contra o sarampo desde o início da Campanha Nacional que foi desencadeada no dia (7) em todo o País. Segundo o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC), Santa Rosa possui cerca de 4.593 crianças de 6 meses a 4 anos completos, destes em torno de 518 crianças estão entre 6 meses e 1 ano de idade, faltando vacinar a primeira dose 70 crianças o que equivale a 13.5% do público alvo. Do total geral de crianças de 6 meses a 4 anos faltam buscar comprovação vacinal cerca de 700 crianças, 15% total do público.

Sábado dia 19 foi denominado de “Dia D”, e as UBSs da FUMSSAR permaneceram abertas ao público para que os pais levassem seus filhos para vacinarem e ou atualizarem a carteira de vacinação. Também equipes da VISA percorreram diversos pontos da cidade com mascotes divulgando e alertando os pais e ou responsáveis.

Vale lembrar que estes dados foram extraídos do sistema próprio através da busca pelo cadastro de crianças residentes no município. A criança para ser considerada vacinada, precisa apresentar comprovação do registro da vacina. A Campanha seletiva contra o sarampo encerra na próxima sexta, dia 25/10, e a FUMSSAR comunica aos pais e/ou responsáveis que procurem o seu posto de Saúde para colocar a vacina contra o sarampo em dia.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Desmatamento da Amazônia sobe 9,5% e atinge 11 mil km2

Reporter Global

Publicado

em



 

A área desmatada foi 9,5% maior do que os 10.129 km2 registrados em igual período anterior, entre agosto de 2018 e julho de 2019, informou o Inpe.

 

 

O desmatamento na Amazônia foi de 11.088 quilômetros quadrados (km2) entre agosto de 2019 e julho de 2020, divulgou hoje(30) o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia. A área equivale a quase duas vezes o Distrito Federal (5.802 km2).

O número, divulgado durante visita do vice-presidente Hamilton Mourão à sede do Inpe em São José dos Campos (SP), é uma estimativa do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes), sistema do Estado brasileiro que monitora a Amazônia. “São dados auditados, que tem por trás deles um trabalho muito intenso”, disse o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, também presente ao anúncio.

A área desmatada foi 9,5% maior do que os 10.129 km2 registrados em igual período anterior, entre agosto de 2018 e julho de 2019, informou o Inpe. Trata-se da quarta alta consecutiva. Mourão, que preside o Conselho da Amazônia, disse que a atuação das Forças Armadas no combate ao problema neste ano começou tardiamente, em maio, mas que ainda assim foi capaz de reduzir um aumento ainda mais intenso, que era esperado na casa dos 20%.

“Não estamos aqui para comemorar nada disso, que isso não é para comemorar, mas significa que os esforços que estão sendo empreendidos começam a render frutos”, disse o vice-presidente. Ele frisou que 85% do desmatamento ocorre em quatro estados (Pará, Mato Grosso, Amazonas e Rondônia). “Temos consciência de qual é a área que devemos atuar”, afirmou.

 

 

Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Santa Rosa permanece na bandeira vermelha

Pedidos de reconsideração acatados pelo Gabinete de Crise são das regiões de Cachoeira do Sul e Guaíba

Pável Bauken

Publicado

em



Na 30ª rodada, o mapa definitivo do modelo de Distanciamento Controlado terá, a partir desta terça-feira (1°/12), 19 regiões em bandeira vermelha (risco epidemiológico alto). Apenas dois dos 11 pedidos de reconsideração enviados por municípios e associações regionais foram acatados pelo Gabinete de Crise nesta segunda-feira (30/11). As regiões de Cachoeira do Sul e Guaíba, portanto, permanecem em bandeira laranja (risco epidemiológico médio).

A equipe técnica rejeitou os pedidos das regiões de Capão da Canoa, Taquara, Santo Ângelo, Santa Rosa, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Maria, Porto Alegre e Bagé. As demais regiões não contestaram a classificação do mapa preliminar.

Veja o mapa definitivo em https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br

O pedido de Cachoeira do Sul foi aceito porque a equipe técnica levou em consideração o fato de que o maior impacto na região resultou dos indicadores da macrorregião e da situação do Estado como um todo. O recurso ponderou que quase todos os indicadores da região se mostraram favoráveis ao longo da pandemia. E, ainda, a região recebeu pacientes de outras áreas em leitos de UTI.

A região de Guaíba também foi impactada pela situação geral do Estado. Houve melhora na média ponderada final em comparação com as semanas anteriores e melhora em dois indicadores da própria região, em especial o que monitora os novos casos acumulados na semana dos internados em leitos clínicos. A equipe que monitora o modelo de Distanciamento Controlado segue alertando que a capacidade de atendimento da macrorregião está bastante tensionada.

Suspensão temporária da cogestão

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (30/11) com a Federação das Associações dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) e com os representantes das 27 associações regionais, ficou decidido que o sistema de cogestão, implementado em agosto, será suspenso pelas próximas três semanas.

Sendo assim, as únicas regiões que poderão seguir os protocolos de bandeira laranja são aquelas classificadas em bandeira laranja. Nesta rodada, somente Cachoeira do Sul e Guaíba.

As cidades em bandeira vermelha que se encaixam nos critérios da Regra 0-0, ou seja, que não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, também podem adotar medidas da bandeira laranja desde que a prefeitura crie um regulamento local.

As 19 regiões em bandeira vermelha deverão seguir exclusivamente as regras estabelecidas pelo modelo de Distanciamento Controlado do governo do Estado.

Regra 0-0

Na 30ª rodada, o RS tem 10.725.854 habitantes, o que corresponde a 94,7% da população gaúcha (total de 11,3 milhões de habitantes), em bandeira vermelha, distribuídos entre os 466 municípios (do total de 497) classificados como de alto risco de contágio de coronavírus.

Desses, 194 municípios (861.438 habitantes, 7,6% da população gaúcha) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Dos 31 municípios em bandeira laranja (603.751 habitantes, 5,3% da população gaúcha), 13 se encaixam na Regra 0-0. Isso equivale a 68.962 habitantes (0,6% da população do RS).

Clique aqui e acesse a lista de municípios que se enquadram na Regra 0-0

 

RESUMO DA 30ª RODADA

BANDEIRA VERMELHA (19)
Novo Hamburgo (em cogestão)
Passo Fundo (em cogestão)
Capão da Canoa (em cogestão)
Canoas (em cogestão)
Ijuí (em cogestão)
Palmeira das Missões (em cogestão)
Erechim (em cogestão)
Uruguaiana
Santa Maria (em cogestão)
Lajeado (em cogestão)
Santo Ângelo (em cogestão)
Santa Rosa (em cogestão)
Cruz Alta (em cogestão)
Bagé
Taquara (em cogestão)
Santa Cruz do Sul (em cogestão)
Pelotas (em cogestão)
Caxias do Sul (em cogestão)
Porto Alegre (em cogestão)

BANDEIRA LARANJA (2)
Cachoeira do Sul (em cogestão)
Guaíba

Clique aqui e acesse o levantamento completo da 30ª semana do Distanciamento Controlado após a avaliação dos pedidos de reconsideração 

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Nicette Bruno é internada no CTI após ser diagnosticada com Covid-19

Reporter Global

Publicado

em



 

A informação foi dada pela filha da atriz, Beth Goulart, 59, na tarde deste domingo (29)

 

 

Nicette Bruno, 87, foi internada após ser diagnosticada com Covid-19. A informação foi dada pela filha da atriz, Beth Goulart, 59, na tarde deste domingo (29).

“Eu tenho uma notícia não muito agradável, mas, enfim, estamos numa pandemia. Infelizmente mamãe pegou covid, mas ela está bem. Está internada, sim, está no CTI, sim, mas está com ventilação não-invasiva, não está entubada”, iniciou Beth.

Em seguida, ela disse que acredita na recuperação da mãe e pediu orações para que a atriz veterana se recupere rapidamente. “Com muita força, muita fé, muita energia de luz que ela sempre teve, eu conto com sua oração, seu pensamento positivo, porque isso é o que a gente mais pode fazer para ajudar as pessoas que estão nessa situação”, ponderou a atriz, lembrando daqueles que também sofreram com a doença.

“Minha força e minha fé a todos que estão passando por isso nesse momento e agradeço seu carinho. Eu creio! Ela vai sair dessa. Deus tudo pode. Ela vai sair dessa com muita luz e muita saúde. Que assim seja”, encerrou Beth, cheia de fé na recuperação de Nicette.

 

 

Noticias ao Minuto

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

O que você achou do site novo do Portal Plural?

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×