7 presos e drogas apreendidas em Santa Rosa – Portal Plural
Connect with us

Destaque

7 presos e drogas apreendidas em Santa Rosa

4º BPAF Santa Rosa ações de combate ao Tráfico de Entorpecentes

Publicado

em



A Brigada Militar de Santa Rosa em menos de 24 horas realizou diversas ações no combate ao Tráfico de Entorpecentes, que resultaram na prisão de 7 pessoas, apreensão de 10gr de cocaína, 160gr e 22 porções de maconha, 01 balança de precisão, R$ 417,00 reais e 01 celular.

OCORRENCIA 1:
Por volta das 15h de sexta-feira (17/04), a guarnição da Brigada Militar durante policiamento ostensivo na rua Pirapó no bairro Petrópolis em Santa Rosa, abordou um indivíduo e em revista pessoal foi localizado no bolso de sua calça, uma porção de substância semelhante à maconha. Entorpecente apreendido e confeccionado o presente termo.

OCORRÊNCIA 2:
Por volta das 16h44 de sexta-feira (17/04), a guarnição da Brigada Militar em patrulhamento na rua Apolo Paz no bairro Flores em Santa Rosa, abordou um individuo, onde em revista pessoal foi encontrado em sua cueca 01 (um) torrão de substância semelhante à maconha.

OCORRÊNCIA 3:
A Força Tática da Brigada Militar em patrulhamento de rotina na Avenida Expedicionário Weber em Santa Rosa na tarde de sexta-feira (17/04), por volta das 17h35, avistou no interior do Parcão o indivíduo R.M.D.V, em atitude suspeita, sendo que foi realizada a abordagem, onde o meliante tentou esconder uma sacolinha preta, no interior foi encontrado 19 (dezenove) porções de substância semelhante à maconha. A Polícia informa que o local é conhecido como ponto de traficância. Em contato com a Autoridade Policial foi determinado à apuração por Inquérito Policial, por ausente investigação prévia. É o registro.

OCORRÊNCIA 4:
O Policiamento Ostensivo da Brigada Militar na tarde de sexta-feira (17/04) na Avenida Firmino de Paula no bairro Cruzeiro em Santa Rosa, avistou em via pública o indivíduo, sendo que ao tentar realizar a abordagem ele fugiu, realizado então o acompanhamento, durante a fuga o meliante caiu nas pedras do trilho de trem, sendo então foi realiza a abordagem. Durante a fuga o indivíduo jogou o celular e um objeto embrulhado em uma sacola plástica, que posteriormente foi constatado que se tratava de um tijolo de maconha. O local é conhecido como ponto de traficância, motivo do patrulhamento dos Policiais. Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao meliante apresentado na Delegacia de Polícia. Em contato com a Autoridade Policial foi determinado o flagrante delito. O indivíduo se negou a fornecer contato de familiares para informar de sua prisão, pedindo que a comunicação fosse realizada ao seu Defensor.

OCORRÊNCIA 5:
A guarnição da Brigada Militar durante patrulhamento na noite de sexta-feira (17/04), na Rua José Bonifácio na vila Balneária em Santa Rosa, abordou um veículo, com o carona foi encontrado, após revista pessoal, três porções de substância semelhante a cocaína. A substância foi apreendida.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Pista para caminhada e Playground no Carlos Denardin

Publicado

em



Anúncio foi feito pelo Secretário de Esportes Fernando Classmann

Em entrevista concedia ao programa Imprensa Livre, do Portal Plural News, o Secretário de Esportes de Santa Rosa, Fernando Classmann, acompanhado do Diretor de Esportes, Fernando Borella, informou que a sede da secretária está desde o mês passado atendendo junto ao Estádio Municipal Carlos Denardin de Santa Rosa.

Classmann também anunciou um projeto, que já está pronto, de uma pista para caminhada ao redor do campo de futebol do estádio, segundo ele, “será uma pista de saibro, com cordão e iluminação para garantir a caminhada nas noites e maior segurança.”

O secretário também ressaltou que será instalado um playground para as crianças poderem se divertir, enquanto os pais fazem sua caminhada.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Bioabsorventes: apenadas do RS são pioneiras na produção

Publicado

em



O Rio Grande do Sul é pioneiro na produção de bioabsorventes com mão de obra das apenadas. A iniciativa se tornou referência nacional e está num projeto-piloto do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) para ser expandido para outros Estados. Também chamados de absorventes ecológicos, são confeccionados com tecido tecnológico desenvolvido pela Herself, marca fundada em 2017 por estudantes de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Eles podem ser reutilizáveis e, com a lavagem adequada, duram até três anos.

O Presídio Feminino de Torres já está realizando a confecção de protetores menstruais sustentáveis com máquinas há um semestre. Na semana passada, apenadas do Presídio Feminino de Lajeado também iniciaram a produção. Esse modelo já tinha sido estudado em 2019 com apenadas do Presídio Feminino de Guaíba e com o Instituto Penal Feminino de Porto Alegre.

Para acompanhar o trabalho realizado por 28 apenadas na oficina de costura casa prisional de Torres, a equipe do Depen visitou o local na quinta-feira (29/7). A chefe da Divisão de Atenção a Mulheres e Grupos Específicos do Depen, Ana Lívia Fontes, disse que o objetivo da vinda ao Rio Grande do Sul foi visualizar a situação dessa população no sistema prisional e fomentar políticas públicas direcionadas.

“Mulheres e grupos específicos já se encontram em situação de vulnerabilidade antes de entrar no cárcere e, durante o cárcere, essa vulnerabilidade é intensificada. Por isso o Depen tem interesse em ampliar para outros Estados ações relevantes como essa”, pontuou.

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Destaque

Erro de ortografia em placa chama atenção em São Miguel do Oeste

Publicado

em



Um erro de ortografia em uma placa de sinalização no trevo de acesso ao município de São Miguel do Oeste, no Extremo-Oeste de Santa Catarina, chama atenção de quem passa pelo local. Isso porque na placa a palavra cultural está escrita de maneira errada quando indica o local do “Centro Cutlural”.

Um morador do município, que não quis se identificar, informou que o erro na placa está assim há cerca de 4 anos e, até o momento, não foi corrigido. A responsabilidade, segundo ele, é do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes).

O que diz o DNIT?

De acordo com o Chefe do Serviço da Unidade Local de Chapecó do DNIT, Diego Fernando da Silva, o Departamento foi informado há alguns dias sobre a situação e já repassou à empresa responsável para efetuar a correção.

Ele explica que a estrutura foi implantada há cerca de 4 anos, mas que as letras podem ter sido trocadas quando foi feito algum reparo e a empresa responsável acabou não se atentando na hora de aplicar a película das letras.

“Na verdade, só inverteram a película correspondente às letras. Como precisa de uma estrutura um pouco maior para subir e fazer essa correção, eles irão providenciar os equipamentos para fazer o serviço, mas acreditamos que no decorrer deste mês já se resolva”, esclarece.

Fonte: Rádio Peperi

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PLURAL AGÊNCIA DE PUBLICIDADE LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Powered by WhatsApp Chat

×