60 curiosidades sobre gatos – Portal Plural
Connect with us

Pets

60 curiosidades sobre gatos

Publicado

em

Ilustração Google


Sei que pode parecer tendencioso, mas devo dizer que nós os gatos somos animais inteligentes, muito amorosos; numa única palavra: únicos. Deixo aqui algumas curiosidades desvendadas, para que nos conheçam ainda melhor.

Faça da sua Casa um Lar Acolhedor para o seu Gato | Purina Brasil

  1. Em média um gato passa 2/3 do dia dormindo. Isso significa que em 9 anos de vida, apenas está acordado 3 anos.
  2. Os gatos não saboreiam o doce.
  3. Quando um gato persegue uma presa, ao contrário de um cão ou humano, mantém a cabeça sempre para baixo.
  4. As bolas de pelo que vomitamos chamam-se egagropilos.
  5. As gatas tendem a ser destras, enquanto os gatos tendem a ser maioritariamente canhotos.
  6. Um gato faz cerca de 100 sons diferentes, enquanto um cão faz cerca de 10.
  7. O cérebro de um gato é biologicamente mais similar ao de um humano do que o cérebro de um cão. Ambos, humanos e gatos, têm uma região idêntica no cérebro responsável pelas emoções.
  8. Existem mais de 500 milhões de gatos domésticos no mundo, e aproximadamente 40 raças reconhecidas.
  9. O gato doméstico mais antigo foi encontrado numa sepultura no Chipre com mais de 9000 anos.
  10. De acordo com uma lenda hebraica, Noé rezou a Deus para o ajudar a proteger a comida dos ratos na arca. Deus fez um Leão espirrar, e desse espirro nasceu o gato.
  11. A audição de um gato é melhor do que a de um cão. Um gato consegue ouvir sons de alta frequência, cerca de 2 oitavas acima de qualquer humano.
  12. Um gato consegue correr a 49 km por hora, em curtas distâncias.
  13. Um gato salta 5 vezes a sua altura num único salto.
  14. Alguns gatos já sobreviveram a quedas de 20 metros, devido ao reflexo de endireitamento. Os seus olhos, os órgãos e ouvido interno, dizem ao gato onde é que ele está no espaço, para que ele consiga aterrar em pé. Mesmo os gatos sem cauda possuem esta capacidade.
  15. Um gato roça num humano não apenas para mostrar afeto, mas também para marcar o seu território, devido ao odor que as glândulas à volta da sua face libertam. A cauda e as patas também têm o mesmo odor do gato.
  16. Os cientistas não têm a certeza porque é que um gato ronrona. Muitos veterinários acreditam que um gato ronrona fazendo as suas cordas vocais vibrar na zona mais profunda da garganta. Para isto ser possível, um músculo na laringe abre e fecha a passagem do ar 25 vezes por segundo.
  17. No antigo Egito, quando um gato morria, a família mostrava a sua tristeza rapando as sobrancelhas.
  18. Cada gata, em média, dá à luz entre 1 a 9 gatos de cada vez. A maior ninhada até hoje foi de 19 gatinhos, mas apenas 15 sobreviveram.
  19. Atualmente, o maior felino selvagem é o Tigre Siberiano, que tem mais de 3,6 metros de comprimento e pesa mais de 300 kg.
  20. Na Austrália e no Reino Unido, os gatos pretos são sinal de boa sorte.
  21. A raça mais popular de gatos é a persa, seguida pela Maine Coon e Siamesa.
  22. A raça mais pequena de gatos é a Singapura, que pesa cerca de 1,8 kg.
  23. A raça maior de gatos é a Maine Coon, em que um gato pode pesar cerca de 12 kg.
  24. Alguns gatos siameses parecem estrábicos devido aos nervos que se localizam do lado direito do cérebro e que vão maioritariamente para o seu olho direito, e os nervos do lado direito do seu cérebro vão maioritariamente para o olho esquerdo. Isto provoca uma visão dupla, que o gato tenta corrigir, cruzando a visão.
  25. Os gatos normalmente não gostam de água, porque o seu pelo não isola bem o calor quando está úmido. No entanto, a raça Van Turco, uma variação do Angorá, oriunda da Ásia Central, possui um pelo com uma textura única que o torna resistente à água.
  26. Um gato tem geralmente 12 bigodes em cada lado da face.
  27. A visão de um gato é melhor e pior do que a de um humano: é melhor porque os gatos conseguem ver mais em ambientes mais difusos, e têm uma visão esférica superior. É pior porque não conseguem ver a cor tão bem como os humanos. Os cientistas acreditam que os gatos veem a erva em tom vermelho.
  28. Os pequenos tufos de pelo nas orelhas de um gato servem para manter a sujidade fora, direcionar sons para o ouvido e isolar as orelhas.
  29. A capacidade de um gato encontrar a sua casa é chamado de “psi-viagem”. Os especialistas acreditam que os gatos usam o ângulo da luz do sol para encontrar o caminho, ou que existem células magnéticas no seu cérebro que atuam como uma bússola.
  30. O maxilar de um gato movimenta-se em ambos os sentidos, para que um gato possa mastigar pedaços maiores de comida.
  31. Um gato quase nunca mia para outro gato, apenas a humanos. Os gatos apenas cospem, ronronam e silvam a outros gatos.
  32. As costas dos gatos são extremamente flexíveis porque têm mais de 53 vértebras, enquanto os humanos apenas têm 34.
  33. Cerca de 1 em cada 3 donos de gatos acreditam que o seu gato consegue ler a sua mente.
  34. A paixão por gatos chama-se ailurofilia, que advém do grego (gato + paixão).
  35. No Japão, acredita-se que os gatos têm o poder de se tornarem em espíritos mais elevados quando morrem.
  36. A maioria dos gatos tinha pelo curto até cerca de 100 anos atrás, quando começou a ficar na moda ter gatos e experimentar produzir raças de gatos.
  37. Os gatos têm 32 músculos que controlam o ouvido externo, enquanto os humanos têm apenas 6.
  38. Um gato pode rodar a sua orelha em 180 graus.
  39. O motivo pelo qual os gatinhos dormem mais é devido à hormona de crescimento, que apenas é ativada durante o sono.
  40. O gato registado com mais peso chamava-se Himmy, era um gato tigrado da Queensland,
    Austrália e pesava 21 kg.
  41. Um gato tem cerca de 130,000 pelos por cm2.
  42. Um gato, em média, pode viver até aos 20 anos, o que equivale a cerca de 100 anos humanos.
  43. O gato que mais anos viveu até hoje foi o Crème Puff de Austin, Texas, que faleceu 3 dias depois do seu 38º aniversário.
  44. A primeira banda desenhada de um gato surgiu em 1919 e chamava-se Félix o Gato.
  45. A temperatura normal de um gato ronda os 38º e 39º C. Um gato está doente se a temperatura estiver abaixo de 37º e acima de 39º C.
  46. Um gato tem 230 ossos no seu corpo. Um humano apenas tem 206.
  47. Um gato não tem clavículas, por isso, consegue passar em qualquer local que a sua cabeça também passe.
  48. O padrão do nariz de um gato é único, tal como a impressão digital de um humano.
  49. Algumas das comidas que nunca devem ser dadas a um gato são: cebola, alho, tomate verde, batata crua, chocolate, uvas e passas. Embora o leite não seja tóxico, pode causar irritação no estômago, gases e diarreia.
  50. Medicamentos como o paracetamol e a aspirina são extremamente tóxicos para os gatos, tal como grande parte das plantas que existem em casa.
  51. Dar a um gato comida humana ou de cão pode causar má nutrição e provocar doenças.
  52. Um coração felino bate quase 2 vezes mais rápido do que o de um humano: cerca de 110 a 140 batidas por minuto.
  53. Os gatos não têm glândulas sudoríferas no seu corpo como os humanos têm. Em vez disso, suam pelas patas.
  54. Em apenas 7 anos, um par de gatos e os seus rebentos podem dar origem a mais de 420.000 gatinhos.
  55. Um gato passa cerca de 1/3 do seu dia a limpar-se.
  56. Um gato adulto tem 30 dentes. Um gatinho bebé tem apenas 26 dentes temporários, que perde até aos 6 meses de idade.
  57. Os gatos são extremamente sensíveis às vibrações. Um gato deteta um tremor de terra cerca de 10 a 15 minutos antes de um humano.
  58. Nos anos 30, cientistas biólogos russos descobriram que a cor dos gatinhos siameses mudava dependendo da sua temperatura corporal. Os gatos siameses têm os genes do albinismo, que são ativados apenas quando a sua temperatura corporal estiver acima dos 36,6º C. Se estes gatinhos estiverem num local mais quente, ficarão com uma cor mais esbranquiçada.
  59. O gato mais rico do mundo chama-se Blackie, à qual foram deixadas 15 000 000 libras pelo seu dono Ben Rea.
  60. Todos os gatos têm unhas. As unhas das patas traseiras de um gato não são tão afiadas como as das patas dianteiras, porque as unhas das patas traseiras não são retráteis, logo gastam-se mais.

 

50 Imagens Encantadoras De Gatos Fofos Lindos E Engraçados

 

 

Fonte: ronronar.com

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pets

Filhotes de cachorro correm atrás de motorista após serem abandonados em calçada

Publicado

em



 

Câmeras de segurança flagraram quando homem retira os animais do carro e os deixa sozinhos.

 

Um motorista foi flagrado abandonando um casal de filhotes de cachorro em uma calçada de Rio Verde, região sudoeste de Goiás. Câmeras de segurança de uma casa flagraram que, após serem deixados no local, os cães saíram correndo na rua para tentar alcançar o carro, mas o condutor não parou.

O caso aconteceu na última quinta-feira (3), no Bairro Ataídes 2. O vídeo mostra quando o motorista sai do carro, abre o porta-malas, pega os dois cachorros e os abandona na calçada. Em seguida, o homem entra no carro e foge.

O eletricista Roberto Vieira cuidou dos dois filhotes, batizados de Hulk e Hana, até que eles fossem adotados.

“Hulk e Hana já ganharam uma nova família. É desumano, é uma atrocidade abandonar esses animais tão indefesos, eu acho que essas pessoas não têm amor ao próximo”, desabafa o morador.

Motorista abandona filhotes de cachorro em calçada, em Rio Verde — Foto: Roberto Vieira/Arquivo pessoal

A empresária Liyzan Winder conta que outros animais já foram abandonados no local e, por isso, os moradores fizeram uma “casinha” na calçada, com alimento e água para proteger cães sem um lar.

“Eu tenho uma cachorrinha que foi abandonada aqui. Pessoas vêm quando não tem ninguém na rua, chegam de carro e abandonam os cachorrinhos. Só neste ano, quatro pessoas já abandonaram cães aqui no bairro. Eu acho que eles deixam aqui porque sabem que tem comida e água”, conta Liyzan.

Os moradores não registraram boletim de ocorrência. A Polícia Civil informou que abandono de animais é crime. Se condenada, a pessoa responsável pelo ato pode pegar até cinco anos de prisão.

 

FONTE: G1

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Mundo

Marinheiros russos resgatam cão encontrado em placa de gelo no Ártico

Publicado

em



 

Aika havia se perdido do dono uma semana antes

Um cão foi resgatado à deriva em uma placa de gelo no norte da Rússia.

Um navio quebra-gelo estava trabalhando em uma região já próxima ao Círculo Polar Ártico quando a tripulação avistou o animal, da raça Samoieda.

Com o movimento dos navios e do próprio gelo, que já contava com várias rachaduras, o animal – chamado Aika – poderia ter se machucado ou até morrido se não tivesse sido resgatado pelos marinheiros.

Nas imagens, o cachorrinho é visto balançando a cauda e mancando ao se aproximar do barco. A imprensa internacional acredita que ele tenha se machucado no gelo.

O dono de Aika foi encontrado e afirmou que vinha procurando pelo animal há uma semana.

O cão havia fugido por uma porta aberta em sua casa, em um vilarejo na costa local. Depois, peregrinou por cerca de 6 km até o ponto onde foi encontrado.

 

FONTE: BAND

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Pets

Cães detectam melhor a Covid-19 em humanos do que os testes rápidos

Publicado

em



 

Os animais foram capazes de detectar a presença do coronavírus com 97% de precisão, mostrou estudo francês

 

Um estudo francês mostra que cães foram capazes de detectar a presença do novo coronavírus com 97% de precisão. Uma percentagem superior a muitos testes rápidos de fluxo lateral (LFTs) e semelhante aos testes PCR, revelou o The Guardian.

O ensaio, conduzido em março e abril pela escola veterinária nacional e pela unidade de investigação clínica do hospital Necker-Cochin, em Paris, mostrou que, além de detectarem, a partir do suor, os casos positivos em 97% das vezes, também detectaram 91% dos casos negativos.

Os animais podem ser úteis para triagem em massa em locais tipicamente lotados, incluindo aeroportos, concertos e estações de trem.

“Os resultados são a confirmação científica da capacidade dos cães em detectar a assinatura olfativa da Covid-19”, disse o hospital de Paris, acrescentando que o estudo – que deverá ser publicado numa revista científica – foi o primeiro do seu tipo.

“São resultados excelentes, comparáveis ​​aos de um teste de PCR”, disse o professor Jean-Marc Tréluye, que acrescenta que os cães não substituem os testes PCR, mas são significativamente mais confiáveis ​​do que os testes de LFT.

Para chegar a esta conclusão, os investigadores recolheram amostras de suor de 335 pessoas com idades entre os seis e 76 anos que se apresentaram para um teste de PCR em Paris.

 

 

FONTE: NOTICIAS AO MINUTO

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2021 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×