5 Crowdfunded products that actually delivered on the hype – Portal Plural
Connect with us

Uncategorized

5 Crowdfunded products that actually delivered on the hype

Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores.

Avatar

Publicado

em

Photo: Shutterstock


Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Nemo enim ipsam voluptatem quia voluptas sit aspernatur aut odit aut fugit, sed quia consequuntur magni dolores eos qui ratione voluptatem sequi nesciunt.

Et harum quidem rerum facilis est et expedita distinctio. Nam libero tempore, cum soluta nobis est eligendi optio cumque nihil impedit quo minus id quod maxime placeat facere possimus, omnis voluptas assumenda est, omnis dolor repellendus.

Nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque laudantium, totam rem aperiam, eaque ipsa quae ab illo inventore veritatis et quasi architecto beatae vitae dicta sunt explicabo.

Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius modi tempora incidunt ut labore et dolore magnam aliquam quaerat voluptatem. Ut enim ad minima veniam, quis nostrum exercitationem ullam corporis suscipit laboriosam, nisi ut aliquid ex ea commodi consequatur.

At vero eos et accusamus et iusto odio dignissimos ducimus qui blanditiis praesentium voluptatum deleniti atque corrupti quos dolores et quas molestias excepturi sint occaecati cupiditate non provident, similique sunt in culpa qui officia deserunt mollitia animi, id est laborum et dolorum fuga.

“Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat”

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem eum fugiat quo voluptas nulla pariatur.

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet ut et voluptates repudiandae sint et molestiae non recusandae. Itaque earum rerum hic tenetur a sapiente delectus, ut aut reiciendis voluptatibus maiores alias consequatur aut perferendis doloribus asperiores repellat.

Uncategorized

Proantar: 39 anos de importantes pesquisas no Continente Antártico

Cabe ao Proantar planejar, coordenar e executar estudos científicos

Pável Bauken

Publicado

em



O Programa Antártico Brasileiro (Proantar) completou, nesta semana, 39 anos. Desde sua criação, em 1982, o Proantar vem estudando o Continente Antártico, seus fenômenos, e a influência que exerce sobre o clima global – garantindo, ao Brasil, a condição de membro consultivo do Tratado da Antártida e, consequentemente, o direto do país em participar das decisões sobre o futuro do continente gelado.

De acordo com a Marinha brasileira, o Brasil é o sétimo país mais próximo da Antártida. Devido a essa proximidade, o país – e o Continente Sulamericano – sofre influência direta dos fenômenos naturais que lá ocorrem.

“A [Região] Antártica tem papel essencial nos sistemas naturais globais e regionais, controlando as circulações atmosféricas e oceânicas, e influenciando o clima e condições de vida no globo, com destaque para o hemisfério sul, por isso, é fundamental para o Brasil estudar a Antártica, origem de fenômenos naturais que atingem o território nacional”, informa a Marinha por meio de seu site, ao destacar circunstâncias e motivações estratégicas que levaram o Brasil a aderir ao Tratado da Antártida, em 1975, dando início ao que viria a ser institucionalizado como Proantar, sete anos depois.

Com a entrada do Brasil no chamado Sistema do Tratado da Antártida (STA), foi aberta à comunidade científica brasileira oportunidade para desenvolver e participar de atividades que, em conjunto com as pesquisas espaciais e oceânicas, constituem, de acordo com a Marinha, “as últimas grandes fronteiras da ciência internacional”.

Segundo o Ministério da Defesa, a implantação da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF) ocorreu em 1984, durante a segunda operação brasileira implementada naquele continente. Em 2012, aconteceu a tragédia: um incêndio destruiu 70% das instalações da estação brasileira. Foram necessários oito anos para que uma nova estação fosse inaugurada, com 4,5 mil metros quadrados.

Cabe ao Proantar planejar, coordenar e executar as operações de pesquisas desenvolvidas na Antártida (denominadas Operantar). “As ações são anuais e, normalmente, ocorrem entre os meses de outubro e novembro com a ida do navio de apoio oceanográfico Ary Rongel e do navio polar Almirante Maximiano”, detalha, em seu site, o Ministério da Defesa.

“A região possui reservas de recursos minerais estratégicos ainda não explorados. Segundo as pesquisas, além de influenciar no clima do nosso país, os recursos minerais da Antártica são capazes de atender a economia mundial por 200 anos”, complementa.

De acordo com a marinha, cerca de 170 tipos de minerais, como ouro, prata, ferro e gás natural, já foram mapeados. A decisão sobre a exploração, ou não, desses recursos está prevista para ser decidida a partir de 2048, quando as partes consultivas ao Sistema do Tratado da Antártida vão se reunir para definir, novamente, o futuro do continente.

ebc

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Uncategorized

Campanha do DetranRS estimula empatia e alerta sobre comportamentos de risco no trânsito

Pável Bauken

Publicado

em



Ultrapassagens perigosas, excesso de velocidade, manuseio do celular, falta do uso do cinto de segurança. Esses são alguns dos comportamentos de risco abordados pelo DetranRS na campanha de verão 2021, veiculada em televisão aberta, rádios, internet e outdoors.

A campanha faz parte do Movimento Empatia no Trânsito, lançado em 2019 para despertar no Estado o reconhecimento do trânsito como espaço de convivência harmônica. Para a diretora institucional do DetranRS, Diza Gonzaga, “a ideia é inspirar motoristas, pedestres, ciclistas motociclistas e todos que se locomovem nas nossas ruas e estradas a se reconhecerem como iguais no trânsito, motivando atitudes positivas e seguras”.

“Todos nós passamos o ano de 2020 nos cuidando por causa da pandemia. Não é hora de relaxar e deixar de lado esses cuidados, com atitudes temerárias no transito que colocam em risco a vida. Para quem vai pegar a estrada ou mesmo ficar na sua cidade neste verão, nosso recado é: tenha cuidado redobrado, pois a vida é o nosso bem maior”, acrescenta Diza.

Flagras do bem

Uma novidade da campanha são vídeos curtos que simulam um cinegrafista amador fazendo “flagras” que levam a crer que os motoristas terão uma atitude negativa nas cenas. Contudo, o observador é surpreendido com ações positivas – um pai que coloca o filho na cadeirinha, um motorista que larga o celular antes de arrancar com o carro, um jovem que está bebendo e entrega a chave do carro para outra condutora e um carro “tunado” que age com gentileza para um ciclista que está passando.

A ideia é estimular que as pessoas façam seus próprios “flagras do bem” e compartilhem em suas redes sociais marcando o DetranRS, proporcionando uma corrente de viralização que estimule atitudes positivas para o trânsito dos gaúchos.

A campanha foi desenvolvida pela agência Global, com supervisão do DetranRS e da Secretaria de Comunicação.

PEÇAS DA CAMPANHA

• Filme principal – verão 2021
• Flagra – álcool e direção
• Flagra – celular
• Flagra – cadeirinha
• Flagra – carro tunado

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Uncategorized

Gisele Bündchen é homenageada em novo selo dos Correios

Pável Bauken

Publicado

em



Um selo com o rosto de Gisele Bündchen foi lançado nesta terça-feira, 29, pelos Correios. Ele faz parte da última emissão de 2020 e integra o Bloco Especial Série Mercosul: Moda.

Além do selo de Gisele Bündchen, inspirado em foto da modelo feita por Nino Muñoz, também há uma estampa em homenagem ao ilustrador Filipe Jardim e a o fotógrafo Bob Wolfenson.

“A arte da emissão foi finalizada em quadricromia e impressão offset, com tiragem de 30 mil blocos, e cada um dos três selos tem valor de 1º Porte da Carta (R$ 2,05)”, informa o comunicado, que ainda destaca os 25 anos da São Paulo Fashion Week em 2020.

Os selos em homenagem a Gisele Bündchen e ao mundo da moda podem ser adquiridos na loja virtual dos Correios e também nas principais agências do País a partir de janeiro de 2021.

Por Redação, O Estado de S. Paulo

[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

ENQUETE

Trending

© 2020 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


error: Conteúdo protegido, para ter acesso seja nosso parceiro entre em contato no whats (55) 984161736
×