4 Verdades reveladoras sobre comprar seguidores no Instagram – Portal Plural
Connect with us

Curiosidades

4 Verdades reveladoras sobre comprar seguidores no Instagram

Publicado

em



 

Não dá pra julgar ninguém, por querer ter vários seguidores, afinal, em terra de Digital Influencer, todo mundo gostaria de ser um. Fala a verdade, quem não iria gostar de receber mimos das grandes marcas, ser convidado para as melhores festas, ganhar comida de graça e mais um monte de coisa legal? Todo mundo! Mas para isso, você precisa ter vários seguidores no Instagram e ter grande influência sobre eles. Assim, as grandes marcas começariam a notar você. Mas nem todo mundo tem muitos seguidores, e na tentativa de mudar isso, algumas pessoas resolvem “comprar” seguidores online.

O mais interessante de comprar seguidores, antigamente, era o preço. Era muito barato mesmo conseguir 10 mil seguidores rapidamente. Para conseguir isso de forma orgânica, pode se levar muito tempo e ainda seria preciso ter mais outras coisas, mas principalmente, oferecer um conteúdo elaborado e interessante. Assim, bastava fazer uma conta, comprar alguns milhares de seguidores, e pronto, em uma semana você poderia ser um influenciador. Só que tem um porém, você não estaria influenciando ninguém, porque seriam “seguidores fantasmas”. Confira a seguir, 5 verdades reveladores sobre comprar seguidores em redes sociais.

1 – Seguidores fakes são óbvios

Imagine um perfil sem foto, com dois seguidores, no máximo três postagens aleatórias e sem nenhuma biografia. É obviamente uma conta fake, porque ninguém usa o Instagram assim. E se você acredita que ninguém vai procurar seus seguidores, está completamente enganado, porque as pessoas vão sim. Principalmente, uma marca que considere um perfil para fazer parte do seu time de influenciadores. E olha que conferir isso, nem é tão difícil assim.  Basta clicar, para ver quem são os seguidores e logo ficará nítido se são seguidores fakes ou não.

2 – Seguidores falsos não geram engajamento

Como explicar um perfil aumentando consideravelmente o seu número de seguidores, mas continuar recebendo o mesmo número de curtidas? É muito suspeito quando um perfil conta com milhares de seguidores e tem menos de 20 curtidas, não acha? Esse é um indicativo bastante óbvio, de que os seguidores não veem o que está sendo compartilhado pelo perfil. E esse é um sinal fácil para o Instagram e também para que as marcas notem que o perfil comprou seguidores. Ao dividir o número de seguidores pela média de engajamento por postagem, você obtém o que é chamado de taxa de engajamento. E esse número é um indicador infalível, para ver se os seguidores são falsos.

3 – Seguidores não importam mais

Antigamente, apenas o número de seguidores importava, para considerar um perfil influenciador ou não. Mas as marcas começaram a analisar métricas diferentes, como o número de comentários e a taxa de engajamento. Essas que mensuram melhor o real poder influenciador de um influencer. As marcas notaram que trabalhar com um influenciador, que tem um número menor de seguidores, mas que se adapta melhor ao seu nicho de público, funciona bem mais. O fato é que, agora, as marcas procuram por métricas de engajamento, mais do que apenas seguidores.

4 – O Instagram excluirá a sua conta

.

É muito fácil para o Instagram descobrir se um perfil está comprando seguidores. Até porque ninguém recebe milhares de seguidores de repente, em poucos minutos. E além do mais, o Instagram faz um trabalho de excluir contas falsas. Então, se você comprar 1000 seguidores por exemplo, semanas depois, serão apenas 800. Isso porque o próprio site exclui algumas dessas contas, visivelmente falsas. E se o site identificar que você não está seguindo as regras e que está comprando seguidores, os moderadores excluirão a sua conta.

E então, agora que você já sabe disso, o que acha de comprar seguidores? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Fonte: Fatos Desconhecidos

Compartilhe
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Curiosidades

O que aconteceu com Rosa Nienau, a jovem Judia amiga de Hitler

Publicado

em



A insólita amizade surgiu durante a primavera de 1933, mas foi abruptamente interrompida

O líder nazista Adolf Hitler foi o responsável pela morte de mais 6 milhões de judeus em todo o mundo durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, o que poucas pessoas sabem, é da amizade insólita do brutal ditador com uma garotinha de ascendência judaica. 

A insólita amizade

Rosa Bernile Nienau era filha única de mãe solo. Seu pai havia falecido pouco antes dela nascer, e foi criada pela sua mãe enfermeira, filha de uma judia. 

Durante a primavera de 1933 na Berghof, Rosa Bernile Nienau viajou com a sua mãe de Munique até a residência que o ditador tinha nos Alpes bávaros, na Alemanha. “A menina do Führer, como ficou conhecida, tinha apenas seis anos quando conheceu Hitler.

Na ocasião, a garotinha de ascendência judaica viajou à residência de Führer para comemorar o aniversário do ditador, que assim que soube que Rosa fazia aniversário no mesmo dia que ele, pediu para conhecê-la pessoalmente. 

Era comum o fotógrafo pessoal do ditador, Heinrich Hoffmann, fotografá-lo ao lado de crianças para vender a ideia que Hitler era um líder carismático, próximo e carinhoso. Em 2018, uma imagem em branco e preto de Rosa e Hitler foi leiloada em Maryland, Estados Unidos, por 11.520 dólares — cerca de 43.600 reais.

A imagem autografada por Hitler, sob o título “A querida e apreciada Rosa Nienau e Adolf Hitler, Munique, 16 de junho de 1933”, foi capturada por Heinrich Hoffmann e leiloada na Alexander Historical Auctions.

Nos anos seguintes, Rosa e Hitler trocam diversas cartas, além de posarem para campanhas publicitárias. Entretanto, cinco anos depois, a cúpula nazista descobriu que a jovem era de origem judia e imediatamente forçou o fim da amizade. 

O fim da amizade 

Segundo os Arquivos Federais Alemães (Bundesarchive), entre 1935 e 1938, Rosa escreveu 17 cartas ao seu “querido tio Hitler” e ao chefe de ajudantes nazistas, Wilhelm Brückner. De acordo com os documentos, Hitler logo soube sobre a origem de Rosa, mas seja por motivos pessoais ou publicitários, não rompeu o vínculo com a pequena judia. 

“Estimado tio Brückner! Hoje eu tenho muito a te dizer. Quando durante as férias estivemos em Obersalzberg e me deixaram ver o querido tio Hitler duas vezes! Infelizmente, você nunca estava acordado”, escreveu Rosa em uma das missivas disponibilizadas pelos Arquivos Federais Alemães. 

No entanto, a amizade chegou ao fim quando o secretário particular de Hitler, Martin Bormann, soube da herança genética de Rosa. O oficial nazista ordenou que fosse proibido o acesso da garota e de sua mãe na casa de Führer. 

Bormann ordenou, ainda, que Hoffmann não utilizasse mais imagens de Rosa nas propaontegandas. Segundo o escritor James Wilson, autor da obra Hitler’s Alpine Headquarters (O Quartel-general Alpino de Hitler, em tradução livre), de 2014, Hitler não aceitou de forma amigável as ordens de Bormann. 

“Hitler ficou tão enfurecido por terem denunciado sua pequena amiga que lhe disse [a Hoffmann]: ‘Existem pessoas que têm verdadeiro talento para arruinar minha alegria’”, escreveu James Wilson em seu livro. 

Rosa Bernile, por sua vez, veio a falecer em 5 de outubro de 1943, aos 17 anos, em decorrência de pólio, no Hospital Schwabing. De acordo com pesquisas posteriores, a jovem judia estudou desenho técnico durante a adolescência, sendo uma de suas primeiras obras de arte inspirada em sua fotografia com Hitler.

 Fonte: AH 

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Curiosidades

Bar coloca lista de caloteiros na porta: ‘Esses foram premiados’

Publicado

em



Um bar na zona norte de Sorocaba (SP) ficou conhecido nas redes sociais após o dono do estabelecimento instalar uma placa com uma lista dos “caloteiros premiados de 2021”, na última semana.
Em novembro deste ano, um aviso foi colocado na entrada do bar indicando que, no mês seguinte, seria colocada a lista dos “caloteiros 2021” na grade do estabelecimento. Conforme prometido, os nomes dos devedores foram expostos na placa, o que despertou a curiosidade de um jovem.

Ao g1, o estudante Nicolas Pereira Pedroso contou que foi comprar um refrigerante na “Adega do Márcio”, que fica no bairro Mineirão, quando viu a placa indicando que seria divulgada a lista.

Por achar a situação engraçada, ele tirou uma foto e publicou em uma página no Facebook.

PAGAMENTO DEPOIS DA POSTAGEM

Dias depois, outras páginas começaram a compartilhar a imagem registrada pelo jovem até que a “Parte 2” da história, com a lista das pessoas que estavam devendo, foi divulgada na sexta-feira (10).

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Curiosidades

Bebê nasce com 7kg e pode ser um dos maiores do mundo

Publicado

em



Um bebê nascido em Belém, no Pará, pode ser uma das maiores que já chegaram ao mundo. De acordo com reportagem do Bora Brasil, da Band, Estefany Araújo Evangelista nasceu no dia 15 de novembro com incríveis 7,038 kg e 61 cm, o que assustou até os médicos da maternidade.

A recém-nascida, que está sob cuidados intensivos e saúde estável, não coube na incubadora do hospital.
Além disso, todas as roupinhas que os pais compraram para o enxoval da filha viraram prejuízo, já que nada serviu para o bebê.

Segundo a reportagem, Estefany Araújo Evangelista pode entrar na lista dos 10 maiores bebês nascidos em todo o mundo.
Fonte: terra

Compartilhe
[mailpoet_form id="1"]
Continue Lendo

Trending

PORTAL PLURAL LTDA
ME 33.399.955/0001-12

© 2022 PORTALPLURAL.COM.BR Todos os direitos reservados.


×

Entre em contato

×